×
ContextoExato

Estudante com Deficit de Atenção tem direito a tempo adicional para realizar prova do Enem

Estudante com Deficit de Atenção tem direito a tempo adicional para realizar prova do EnemFoto: TRF1

A decisão do Colegiado foi unânime, acompanhando o voto do relator.

Tribunal Regional Federal Da 1ª Região - 02/06/2021 - 07:05:36

A 5ª Turma do Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF1) reconheceu o direito de um aluno, diagnosticado com o Transtorno de Deficit de Atenção (TDA), realizar a prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) com tempo adicional de uma hora.

O processo chegou ao Tribunal por meio de remessa oficial, instituto do Código de Processo Civil (artigo 496), também conhecido como reexame necessário ou duplo grau obrigatório, que exige que o juiz encaminhe o processo ao tribunal de segunda instância, havendo ou não apelação das partes, sempre que a sentença for contrária a algum ente público.

Ao analisar o caso, o relator, desembargador federal Carlos Augusto Pires Brandão, explicou que o aluno tem direito a atendimento especializado, caso comprove estar na mesma situação de desigualdade dos demais candidatos que possuem deficiência, ou outra condição especial, garantindo-lhe a igualdade de acesso à educação superior.

De acordo com o magistrado, conta dos autos laudo médico atestando que o aluno tem Deficit de Atenção e estaria em tratamento neurológico, fazendo uso de medicação controlada, “devendo ser mantida a sentença que lhe assegurou o tempo adicional de prova”.

A decisão do Colegiado foi unânime, acompanhando o voto do relator.

Processo 1008552-78.2019.4.01.3500


Comentários para "Estudante com Deficit de Atenção tem direito a tempo adicional para realizar prova do Enem":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório