×
ContextoExato

Contexto Exato

Brasil - Brasília - Distrito Federal - 03 de julho de 2022

Estudo da OIT mostra salto no número de trabalhadores migrantes no mundo

Estudo da OIT mostra salto no número de trabalhadores migrantes no mundoFoto:

Trabalhadores da construção civil atuam em projeto de expansão do Canal do Panamá.

Da Assessoria De Imprensa / Da Onu - Br / Foto: Banco Mundial / Onu - Br - 12/12/2018 - 10:21:16

Um novo estudo divulgado na quarta-feira (5) pela Organização Internacional do Trabalho (OIT) mostrou que o número de trabalhadores migrantes saltou na casa de milhões, deixando alguns países sem “a parte mais produtiva de sua força de trabalho”.

De acordo com a segunda edição do relatório “Estimativas Globais sobre Trabalhadores Migrantes Internacionais” https://www.ilo.org/wcmsp5/groups/public/—dgreports/—dcomm/—publ/documents/publication/wcms_652029.pdf, aproximadamente 164 milhões de pessoas deixaram suas casas em busca de emprego entre 2013 e 2017 – um aumento de 9% desde 2013, quando o número era de 150 milhões.

Desse total, 96 milhões são homens, um aumento de 2%, enquanto 68 milhões são mulheres, uma queda de 2% na comparação 2013.

“Embora números crescentes de mulheres estejam migrando autonomamente em busca de emprego nas últimas duas décadas, a discriminação que frequentemente sofrem por conta de gênero e nacionalidade reduz as oportunidades de emprego nos países de destino, em comparação aos homens”, disse Manuela Tomei, diretora do departamento de Condições de Trabalho e Igualdade, na OTI.

Quase 87% dos trabalhadores migrantes têm entre 25 e 64 anos, o que sugere que alguns países de origem estão perdendo o segmento mais produtivo de sua força de trabalho. Este fator pode afetar negativamente o crescimento econômico destes países.

Uma amostra de trabalhadores migrantes mostra que 23% estão na América do Norte; 23,9% no norte, sul e oeste da Europa; e 13,9% em países árabes.

Outras regiões que hospedam mais de 5% de trabalhadores migrantes incluem leste da Europa, África subsaariana, sudeste da Ásia e o Pacífico, e Ásia central e ocidental. Em comparação, o norte da África hospeda menos de 1%.

Os autores também destacam a importância de coletar dados estatísticos mais abrangentes sobre migração em todos os níveis. A OIT planeja produzir estimativas globais de trabalhadores migrantes internacionais regularmente para informar e contribuir para a implementação do Pacto Global para Migração Segura, Ordenada e Regular.

Onde migrantes vivem?

Dos 164 milhões de migrantes em todo o mundo, aproximadamente:

· 11,2 milhões, ou 67,9%, vivem em países de renda alta.

· 30,5 milhões, ou 18,6%, vivem em países de renda média-alta.

16,6 milhões, ou 10,1%, vivem em países de renda média-baixa.

5,6 milhões, ou 3,4%, vivem em países de renda baixa.

Destacando que a migração trabalhista internacional é uma prioridade política crescente, Rafael Diez de Medina, diretor do Departamento de Estatística da OIT, afirmou:

“A 20ª Conferência Internacional de Estatísticos do Trabalho endossou recentemente diretrizes específicas sobre como medir melhor a migração trabalhista internacional em todo o mundo”.

“Estamos confiantes que, através disso, países irão produzir dados melhores, logo, haverá uma precisão cada vez maior em estimativas globais”, acrescentou.

Comentários para "Estudo da OIT mostra salto no número de trabalhadores migrantes no mundo":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório
Hong Kong 25 anos depois: Um vínculo cultural entre a China e o mundo

Hong Kong 25 anos depois: Um vínculo cultural entre a China e o mundo

Hong Kong é um lugar onde as culturas chinesa e ocidental se misturam, a tradição e a modernidade se fundem, e o antigo e o novo se unem para apresentar um contraste único.

Noruega implementa Lei de Transparência para empresas

Noruega implementa Lei de Transparência para empresas

De acordo com Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (Pnud), o país é detentor do maior Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) do mundo

'Queremos atrair mais recursos do setor privado', diz presidente do BID

'Queremos atrair mais recursos do setor privado', diz presidente do BID

Em entrevista, Claver-Carone diz que pretende financiar projetos que substituam parte da produção feita hoje fora da região. Para isso, ele tem liderado uma reforma no BID Invest

Desenvolvimento de energia renovável impulsiona China por metas de carbono

Desenvolvimento de energia renovável impulsiona China por metas de carbono

Até o final de maio deste ano, a capacidade instalada de energia renovável do país atingiu um novo recorde, ultrapassando 1,1 bilhão de quilowatts, observou o relatório.

G7 quer investir US$ 600 bilhões em programa mundial para conter avanço chinês

G7 quer investir US$ 600 bilhões em programa mundial para conter avanço chinês

No campo tecnológico, a iniciativa contempla o desenvolvimento e a expansão da tecnologia das comunicações e a informação trabalhando com "provedores confiáveis", que forneçam 5G e 6G, conforme apontou a Casa Branca.

Abuso de entorpecentes e tráfico têm impacto sobre crises humanitárias e de saúde

Abuso de entorpecentes e tráfico têm impacto sobre crises humanitárias e de saúde

Drogas ilegais apreendidas.

Suprema Corte dos EUA suspende legalização do aborto

Suprema Corte dos EUA suspende legalização do aborto

Decisão foi tomada por seis votos a três e abre margem para que estados possam vetar o procedimento.

China pede solidariedade e abertura à medida que o mundo enfrenta mudanças

China pede solidariedade e abertura à medida que o mundo enfrenta mudanças

A comunidade internacional deve defender a Carta das Nações Unidas e se esforçar para manter a paz em um mundo volátil, disse ele.

Vitória de Gustavo Petro fortalece avanço da esquerda na América do Sul

Vitória de Gustavo Petro fortalece avanço da esquerda na América do Sul

Segundo analistas, trata-se de uma "mudança de maré" provocada pelo descontentamento com governantes anteriores.

Major Carvalho, apelidado de 'Pablo Escobar' brasileiro, é preso na Hungria

Major Carvalho, apelidado de 'Pablo Escobar' brasileiro, é preso na Hungria

A Polícia Federal brasileira informou que a prisão decorreu das investigações desenvolvidas no âmbito da Operação Enterprise

Itamaraty parabeniza Gustavo Petro por vitória eleitoral na Colômbia

Itamaraty parabeniza Gustavo Petro por vitória eleitoral na Colômbia

Jair Bolsonaro na abertura do Fórum de Investimentos Brasil 2022, em 14 de junho de 2022 © Alan Santos / Palácio do Planalto / CCBY 2.0