×
ContextoExato

Contexto Exato

Brasil - Brasília - Distrito Federal - 25 de junho de 2022

Evento em São Paulo discute soluções para lixo plástico nos oceanos

Evento em São Paulo discute soluções para lixo plástico nos oceanosFoto:

Campanha Mares Limpos visa combater poluição dos oceanos causada pelo consumo e produção de plástico.

Da Assessoria De Imprensa / Da Onu - Br / Foto: Onu Meio Ambiente / Shawn Heinrichs - 07/12/2018 - 08:32:51

Promovido pela organização Proteção Animal Mundial e pela ONU Meio Ambiente, o evento “Oceano Plástico: como escapar desse emaranhado?” acontece na sexta-feira (7) na Unibes Cultural, em São Paulo (SP), para debater a situação atual e as soluções inovadoras para a questão da “pesca fantasma” e do lixo plástico nos oceanos.

A “pesca fantasma” ocorre quando equipamentos e redes de pesca são perdidos ou abandonados nos oceanos, prejudicando a vida marinha. Um dos grandes desafios ambientais dos dias de hoje, a poluição plástica nos oceanos também afeta diretamente boa parte da fauna marinha e traz consequências para a vida humana.

A abertura do evento será feita por membros da Família Schurmann, que irão relatar as mudanças que vivenciaram nos mares em mais de 30 anos de navegação. Em seguida, a mesa voltada para o tema de inovação debaterá o futuro dos plásticos, com foco na economia circular.

Na área de políticas públicas, o Ministério do Meio Ambiente irá apresentar a iniciativa que cria o Plano Nacional de Combate ao Lixo Marinho, enquanto vereadores das cidades de São Paulo e de Florianópolis (SC) falam do trabalho para regulamentar plásticos de uso único, como os canudinhos.

O encerramento traz as contribuições da sociedade civil e do terceiro setor, quando o ator Mateus Solano falará do seu papel enquanto defensor da campanha Mares Limpos, da ONU Meio Ambiente.

Paralelamente às apresentações, o lobby do centro cultural dará espaço para uma feira de expositores com iniciativas inovadoras que lidam com a poluição plástica dos oceanos e a pesca fantasma.

O Instituto Oceanográfico da Universidade de São Paulo, o Senac Alagoas, a Positiva – Produto de Limpeza Consciente, o Meu Copo Eco e a MentaH – Movimento para uma alimentação sustentável – são alguns dos participantes.

Durante o evento, a Proteção Animal Mundial irá lançar a prévia do relatório “Maré Fantasma – Situação atual, desafios e soluções para a pesca fantasma no Brasil”, com dados sobre petrechos de pesca perdidos e abandonados nos mares brasileiros e seu impacto na fauna marinha do país.

Na ocasião, também será a apresentada a Iniciativa Global de Combate à Pesca Fantasma (GGGI, na siga em inglês), que desde 2015 reúne países e organizações no combate a essa prática.

O evento é livre e gratuito, mas requer inscrição prévia: https://www.sympla.com.br/oceano-plastico-lixo-marinho-e-impacto-na-vida-animal__411529]

Serviço
Data: Sexta-feira, 7 de dezembro de 2018
Horário: Diálogos Oceano Plástico – 09h45 – 17h
Feira de Ideias – 12h – 18h
Local: Unibes Cultural – Rua Oscar Freire, 2500 – Pinheiros (ao lado do metro Sumaré)

Palestrantes
Mateus Solano, defensor da campanha Mares Limpos
Família Shurmann, defensora da campanha Mares Limpos
Helena Pavese, diretora-executiva da Proteção Animal Mundial
Régis Lima, coordenador de gerenciamento costeiro do Ministério do Meio Ambiente
Regina Cavini, coordenadora de programas da ONU Meio Ambiente
Fernanda Daltro, gerente de campanhas da ONU Meio Ambiente

Comentários para "Evento em São Paulo discute soluções para lixo plástico nos oceanos":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório
DF tem 110 mil crianças ainda não vacinadas contra a Covid-19

DF tem 110 mil crianças ainda não vacinadas contra a Covid-19

Secretaria de Saúde amplia estratégias para aumentar a cobertura vacinal para todos os públicos

Justiça restaurativa e violência de gênero é tema de último seminário

Justiça restaurativa e violência de gênero é tema de último seminário

Foram realizados quatro encontros em que especialistas brasileiros e australianos discutiram violência doméstica e familiar contra as mulheres

‘Apesar de recém-criada, a UnDF já oferta vagas de educação superior’

‘Apesar de recém-criada, a UnDF já oferta vagas de educação superior’

Em entrevista a reitora pro tempore da UnDF destaca o trabalho que já é feito e os próximos passos na primeira universidade pública distrital

UnB abre 60 vagas para Licenciatura em Educação do Campo

UnB abre 60 vagas para Licenciatura em Educação do Campo

Inscrições serão de 29 de junho a 18 de julho; seleção será via nota do Enem

Contagem regressiva para a 69ª edição dos JUBs

Contagem regressiva para a 69ª edição dos JUBs

A 69ª edição dos Jogos Universitários Brasileiros será realizada em Brasília, entre os dias 18 e 25 de setembro

DF recebe Circuito Meta do CineSolar, movido a energia solar e sessões gratuitas

DF recebe Circuito Meta do CineSolar, movido a energia solar e sessões gratuitas

Distrito Federal recebe Circuito Meta do CineSolar, cinema movido a energia solar, com três sessões gratuitas

Agências do trabalhador têm vagas com salários de até R$ 3 mil

Agências do trabalhador têm vagas com salários de até R$ 3 mil

Das quase 200 oportunidades disponíveis nesta sexta-feira (24), cinco são para cargos com a remuneração neste valor

Estudo mostra predomínio da violência psicológica em casos da VIJ-DF

Estudo mostra predomínio da violência psicológica em casos da VIJ-DF

Os dados foram coletados pela equipe interdisciplinar da SASR/VIJ e consolidados pelas supervisoras Niva Campos e Letícia Flores.

Feira do Livro homenageia programa de incentivo à leitura no DF

Feira do Livro homenageia programa de incentivo à leitura no DF

O programa Mala do Livro foi homenageado pela 36ª edição da Feira do Livro de Brasília

Deputados criticam sistema de proteção social do Governo do DF

Deputados criticam sistema de proteção social do Governo do DF

Para Arlete, o governo exagera números para passar uma imagem de competência na área social.

Prosus solicita arquivamento sobre máfia na Secretaria de Saúde do DF

Prosus solicita arquivamento sobre máfia na Secretaria de Saúde do DF

Governador Ibanez Rocha não forneceu provas e indícios contundentes de autoria e materialidade da existência de máfias na saúde