×
ContextoExato

Brasil - Brasília - Distrito Federal - 23 de outubro de 2018


Face recebe representantes da administração superior

Face recebe representantes da administração superior

Comunidade local discutiu com gestores alternativas para agilizar tramitação de processos e questões ligadas a infraestrutura e quadro de docentes

Da Secretaria De Comunicação Da Unb / Foto: André Gomes / Secom Unb - 09/10/2018 - 10:50:18

Professores, estudantes e técnicos da Faculdade de Economia, Administração, Contabilidade e Gestão de Políticas Públicas (Face) da UnB receberam, nesta sexta-feira (5), a visita de representantes da administração superior da Universidade. A comunidade apresentou demandas aos gestores e levou a debate temas como rigidez excessiva de órgãos de controle e condições para tramitação de projetos na instituição.

“Percebemos que a administração pública vem enfrentando uma série de engessamentos. Às vezes demoramos demais para avançar em algumas etapas e, logo em seguida, surge uma nova regra que nos obriga a retroceder”, explicou o diretor da Face, Eduardo Tadeu Vieira. “Há casos em que o esforço para aprovar um projeto é maior do que para executá-lo. É o molho saindo mais caro que o peixe”, comparou o professor Paulo Bermejo, do Departamento de Administração.

Responsável pela Diretoria de Pesquisa do Decanato de Pesquisa e Inovação (Dirpe/DPI), Cláudia Amorim explicou que o decanato tem procurado mapear a tramitação dos projetos e, assim, facilitar os processos. “A burocracia que existe tem um bom sentido, porque é o zelo, o cuidado que protege a instituição e os professores”, afirmou. À frente da Diretoria de Apoio a Projetos Acadêmicos (DPA/DPI), João Bosco orientou os docentes a procurar a área técnica antes de dar início à tramitação, para tirar dúvidas.

Neste ano, o Conselho Universitário (Consuni) aprovou a criação da Câmara de Projetos, Convênios, Contratos e Instrumentos Correlatos (Capro). “Essa era uma demanda de órgãos de controle, para que a UnB tivesse uma instância específica para apreciar projetos. Nos inspiramos na Unicamp, que conseguiu reduzir o tempo de tramitação com uma iniciativa parecida”, detalhou a reitora Márcia Abrahão.

DOCENTES – A comunidade da Face, em especial do Departamento de Gestão de Políticas Públicas (GPP), reclamou do número insuficiente de docentes. “Hoje, há 40 estudantes para cada professor no departamento, uma proporção muito ruim. Consideramos fundamental ter mais vagas”, defendeu o chefe do GPP, Daniel Bin. “Há professores que têm mais de 15 alunos sob sua orientação”, reclamou a estudante Nathalia Uchôa.

A reitora contou já ter levado a situação ao conhecimento do Ministério da Educação, em encontro recente. “Reconhecemos essa dificuldade. Ela foi relatada ao ministro Rossieli Soares, mas as perspectivas não são boas. O MEC pretende criar mais universidades, mas sem que isso signifique mais orçamento para a rede de federais”, disse.

Outros desafios apontados pela comunidade da Face dizem respeito à qualidade dos quadros nas salas de aula, às condições de limpeza da unidade e à descentralização das colações de grau, que ocorre a partir deste semestre.

O prefeito Valdeci Reis orientou professores, técnicos e estudantes a reportarem à Prefeitura ou aos administradores prediais os problemas de limpeza e segurança, para que as empresas possam ser cobradas.

Em relação às colações de grau, a reitora afirmou que a mudança retoma uma antiga tradição da UnB e permite mais liberdade para as unidades acadêmicas. “Continuaremos dando o apoio necessário. Se vocês quiserem continuar realizando o evento do Centro Comunitário, também não haverá problema.”

Comentários para "Face recebe representantes da administração superior":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório