×
ContextoExato

Contexto Exato

Brasil - Brasília - Distrito Federal - 27 de outubro de 2021

Farmacêutico antivacina sabota doses nos EUA

Farmacêutico antivacina sabota doses nos EUAFoto: Dw - Deutsche Welle

Preso por danificar mais de 500 doses de vacina contra o novo coronavírus, dezenas delas mais tarde aplicadas em pessoas, americano admite ser adepto de teoria fantasiosa de que imunizante altera DNA humano

Dw - Deutsche Welle - 05/01/2021 - 15:23:42

Um farmacêutico americano preso no mês passado acusado de sabotar mais de 500 doses de vacina contra o coronavírus é um adepto confesso de teorias da conspiração e acredita, erroneamente, que os imunizantes fazem mal.

A informação foi apresentada na segunda-feira (04/01) pelos investigadores, durante o primeiro comparecimento de Steven Brandenburg ao tribunal. Ele é acusado de remover 57 frascos da vacina da empresa Moderna, cada um com dez doses, dos refrigeradores de um centro médico no estado do Wisconsin, numa tentativa de destruí-los.

Segundo os investigadores, Brandenburg acredita na tese infundada, baseada em teorias da conspiração, de que as vacinas são perigosas e podem alterar o DNA humano.

As vacinas da Moderna e Pfizer-BioNTech são baseadas na tecnologia de RNA mensageiro (mRNA), que fornece informações genéticas ao corpo humano para ajudar a produzir anticorpos contra o coronavírus. Especialistas dizem que não há evidência que sugira que elas alterem o DNA humano, e milhões de pessoas já foram imunizadas usando estas vacinas na Europa e nos EUA.

Ambas requerem temperaturas muito baixas de armazenamento e podem ser danificadas ou destruídas facilmente caso não sejam guardadas corretamente. Foi justamente isso que Brandenburg tentou fazer em duas ocasiões.

"Sua intenção... era torná-las ineficazes porque ele tinha formado esta crença de que elas não são seguras, que o método RNA de criar estes medicamentos os tornava inseguros", disse o promotor público Adam Gerol, durante a audiência.

Brandenburg havia inicialmente dito às autoridades hospitalares que as vacinas foram deixadas sem refrigeração por acidente, porém mais tarde admitiu que as retirou de propósito do refrigerador.

Sem provas de danos a pessoas vacinadas

O farmacêutico, de 46 anos, também admitiu, em uma ocasião, ter colocado as vacinas não refrigeradas de volta, que mais tarde foram injetadas em 57 pessoas.

As pessoas foram notificadas, e não há provas de que as vacinas tenham causados danos a elas, de acordo com o hospital onde elas foram aplicadas.

O farmacêutico foi demitido, e o hospital informou as autoridades, inclusive o FBI (a polícia federal americana), sobre o caso. Ele foi preso na quinta-feira da semana passada.

"Brandenburg, um conspirólogo confesso, disse aos investigadores que acredita que a vacina para covid-19 não é segura para as pessoas e poderia prejudicá-las e mudar seu DNA", afirma uma declaração da polícia, divulgada pela mídia local.

O Ministério Público disse que as acusações podem ser rebaixadas se for constatado que as vacinas ainda podem ser usadas. Brandenburg foi libertado sob fiança.

Comentários para "Farmacêutico antivacina sabota doses nos EUA":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório
Golpe de Estado no Sudão: Premiê é liberado, Alemanha deixará de prestar ajuda ao país africano

Golpe de Estado no Sudão: Premiê é liberado, Alemanha deixará de prestar ajuda ao país africano

China diz que Taiwan não tem 'direito nenhum de se juntar às Nações Unidas'

Biden será 1º presidente dos EUA a participar da cúpula da ASEAN em 4 anos

Biden será 1º presidente dos EUA a participar da cúpula da ASEAN em 4 anos

Erdogan muda de ideia quanto a expulsão de embaixadores após escândalo diplomático

Ministério Público da Argentina recomenda suspensão de trigo transgênico discutido no Brasil

Ministério Público da Argentina recomenda suspensão de trigo transgênico discutido no Brasil

Iniciativas tentam barrar o trigo transgênico no Brasil e na Argentina; trigo HB4 já é cultivado em cinco províncias do país vizinho.

China vai defender paz mundial, diz presidente Xi no aniversário do retorno à ONU

China vai defender paz mundial, diz presidente Xi no aniversário do retorno à ONU

Ministros e líderes partidários são detidos no Sudão

Rússia bate novo recorde de mortes por Covid-19

Rússia bate novo recorde de mortes por Covid-19

A Rússia foi o primeiro país do mundo a autorizar uma vacina contra covid-19 com o lançamento do Sputnik V em agosto de 2020

Moscou adotará medidas de lockdown para conter alta da Covid-19

Moscou adotará medidas de lockdown para conter alta da Covid-19

Regras entram em vigor a partir do dia 28

130ª Feira de Cantão: China continua a abertura e compartilha oportunidades com o mundo

130ª Feira de Cantão: China continua a abertura e compartilha oportunidades com o mundo

Em sua carta, Xi observou que a feira fez contribuições significativas para facilitar o comércio internacional, o intercâmbio externo-interno e o desenvolvimento econômico desde sua criação em 1957

Paraguai reforça segurança na fronteira com Brasil

Paraguai reforça segurança na fronteira com Brasil

Congressistas americanos pedem recuo na relação com Brasil

Desenvolvimento é a força motriz da erradicação da pobreza na China

Desenvolvimento é a força motriz da erradicação da pobreza na China

Entre 1990 e 2010, no contexto da arrancada industrial, proporção de população pobre chinesa passou de 66,3% para 11,2%, de acordo com o Banco Mundial

China emite selos comemorativos da COP15

China emite selos comemorativos da COP15

Foto tirada em 11 de outubro de 2021 mostra os detalhes de um selo comemorativo para a 15ª reunião da Conferência das Partes da Convenção das Nações Unidas sobre Diversidade Biológica (COP15) realizada em Kunming, Província de Yunnan, sudoeste da China.

ONG austríaca denuncia Jair Bolsonaro a tribunal internacional por 'crimes contra a humanidade'

ONG austríaca denuncia Jair Bolsonaro a tribunal internacional por 'crimes contra a humanidade'

O tribunal não tem obrigação de julgar todos os casos apresentados.