×
ContextoExato

Contexto Exato

Brasil - Brasília - Distrito Federal - 16 de agosto de 2022

FIA, Fórmula 1 e Mercedes manifestam apoio a Hamilton após Piquet usar termo racista referindo-se ao piloto

FIA, Fórmula 1 e Mercedes manifestam apoio a Hamilton após Piquet usar termo racista referindo-se ao piloto

Foto: Mercedes / Grande Prêmio

Ex-automobilista brasileiro chamou Hamilton de

Portal Brasil 247 - 28/06/2022 - 18:57:02

Do Portal Brasil 247 - A Federação Internacional de Automobilismo (FIA), a Fórmula 1 e a equipe da Mercedes-AMG se manifestaram em defesa do piloto britânico Lewis Hamilton nesta terça-feira (28), após a popularização de um vídeo em que o ex-piloto brasileiro Nelson Piquet se refere ao inglês como "neguinho" reiteradas vezes.

A FIA, responsável pela organização da Fórmula 1, afirmou que "condena veementemente qualquer linguagem e comportamento racista ou discriminatório, que não tem lugar no esporte ou na sociedade em geral." Além disso, a entidade expressou solidariedade a Hamilton, "apoiando seu compromisso com a igualdade, diversidade e inclusão no esporte a motor."

O posicionamento da Fórmula 1 seguiu a mesma linha de condenar o racismo e ressaltar admiração pelo piloto inglês: "Discursos racistas ou discriminatórios são inaceitáveis em todas as formas e não possuem espaço na nossa sociedade. Lewis é um embaixador incrível do nosso esporte e merece respeito."

A competição também reforçou a importância da atuação de Hamilton em prol da diversidade e inclusão: "é uma lição para muitos e algo com o qual estamos comprometidos na Fórmula 1."

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

MAIS POPULAR

A Mercedes-AMG, equipe de Hamilton na Fórmula 1, escreveu: "Nós condenamos, de forma enérgica, o uso de linguagem racista ou discriminatória de qualquer natureza. Lewis liderou os esforços do nosso esporte para combater o racismo e é um verdadeiro campeão de diversidade, dentro e fora das pistas. Juntos compartilhamos uma visão por um esporte a motor mais diverso e inclusivo, e este incidente sublinha a importância fundamental de continuar a lutar por um futuro

A Mercedes-AMG, equipe de Hamilton na Fórmula 1, escreveu: "Nós condenamos, de forma enérgica, o uso de linguagem racista ou discriminatória de qualquer natureza. Lewis liderou os esforços do nosso esporte para combater o racismo e é um verdadeiro campeão de diversidade, dentro e fora das pistas. Juntos compartilhamos uma visão por um esporte a motor mais diverso e inclusivo, e este incidente sublinha a importância fundamental de continuar a lutar por um futuro melhor."

Comentários para "FIA, Fórmula 1 e Mercedes manifestam apoio a Hamilton após Piquet usar termo racista referindo-se ao piloto":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório