×
ContextoExato
Responsive image

Fiscalização vai notificar quem não usar máscaras e jogar lixo ao longo das margens do lago

Fiscalização vai notificar quem não usar máscaras e jogar lixo ao longo das margens do lagoFoto: Arquivo / Agência Brasília

Orla do Lago Paranoá tem recebido atenção especial do GDF em tempos de pandemia

Agência Brasília * | Edição: Fábio Góis - 10/10/2020 - 20:57:49

Multa para falta de respeito na orla do Paranoá

A partir desse final de semana, a Secretaria DF Legal vai ser mais rígida na fiscalização da orla do Lago Paranoá. O motivo: a insistência dos frequentadores em desrespeitar protocolos sanitários como o uso de máscaras e o descarte correto de lixo nos pontos de banho.

Após quase 200 dias de fiscalização da força-tarefa do GDF aos protocolos sanitários da Covid-19, 150 transeuntes que desobedeceram à obrigatoriedade do uso de máscaras acabaram punidos. Também foram registradas mais de 330 multas a estabelecimentos, que descumpriram as normas.

507.089 vistoriasresultaram em 1.559 interdições por descumprimento de norma

“Temos intensificado a fiscalização na orla do Lago, tanto Sul quanto Norte. Lá as pessoas não têm respeitado os protocolos sanitários. A partir desse final de semana intensificaremos ainda mais as fiscalizações e aplicaremos multas a todas aquelas pessoas que não fizerem o uso correto da máscara ou fizerem a deposição irregular de resíduos ao saírem dos espaços”, alerta o secretário da DF Legal, Cristiano Mangueira.

“Advertimos a população do Distrito Federal que, muito embora os números da Covid-19 no Distrito Federal tenham diminuído, não chegou a hora de flexibilizar o uso da máscara. As multas continuam sendo aplicadas às pessoas que insistem em não usar a máscara, no valor de R$ 2 mil, e aos estabelecimentos comerciais que não seguirem os protocolos sanitários, no valor de R$ 3.648,00”, acrescenta Mangueira.

A força-tarefa também usou seu poder de fiscalização para ajudar a população a ter acesso ao principal insumo de proteção contra o coronavírus, a máscara. Se por um lado foram multadas 152 pessoas, por outro os fiscais e apoios distribuíram mais de dois milhões de protetores faciais em tecido.

Leia também

Com redução de casos de Covid-19, sobram leitos

Começa desmobilização de leitos exclusivos para Covid-19

Atualização diária das medidas de combate pelo GDF

Como lembrou o secretário, a multa para quem desobedece a obrigatoriedade do uso de máscaras é de R$ 2 mil para pessoa física. Para comércios que não cobram dos clientes o uso da peça, quando estes não estão se alimentando, é de R$ 4 mil. Já para aqueles estabelecimentos que descumprem os protocolos de funcionamento a multa mínima é de R$ 3.648,00.

Vistorias

Por todas as cidades 507.089 vistorias foram realizadas. Além das multas, desse total de fiscalizações 1.559 resultaram em interdição por descumprimento de normas, como aferição de temperatura dos clientes, cobrança do uso obrigatório de máscaras e disponibilização de álcool gel para todos.

Por não ter previsão de funcionamento legal, especialmente durante o período mais rígido das medidas, 24.160 foram fechados compulsoriamente.

* Com informações da Secretaria de DF Legal

Comentários para "Fiscalização vai notificar quem não usar máscaras e jogar lixo ao longo das margens do lago":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório