×
ContextoExato
Responsive image

Flávio Bolsonaro: “O desespero de Paulo Marinho causa um pouco de pena”

Flávio Bolsonaro: “O desespero de Paulo Marinho causa um pouco de pena”Foto: O Antagonista

“Não passam de invenção de alguém desesperado e sem votos.”

O Antagonista - 17/05/2020 - 11:27:35

Em reação às revelações feitas por Paulo Marinho, o senador Flávio Bolsonaro divulgou uma nota neste domingo afirmando que os relatos do empresário “não passam de invenção de alguém desesperado e sem voto”.

Como registramos mais cedo, Marinho afirmou que um delegado da PF antecipou para o filho do presidente que a Operação Furna da Onça — que tinha Fabrício Queiroz como um dos alvos — seria realizada.

Eis a nota de Flávio:

Leia também: JORNALISMO DE VERDADE NÃO É PARA AGRADAR AOS PODEROSOS

“O desespero de Paulo Marinho causa um pouco de pena. Preferiu virar as costas a quem lhe estendeu a mão. Trocou a família Bolsonaro por Dória e Witzel, parece ter sido tomado pela ambição. É fácil entender esse tipo de ataque ao lembrar que ele, Paulo Marinho, tem interesse em me prejudicar, já que seria meu substituto no Senado. Ele sabe que jamais teria condições de ganhar nas urnas e tenta no tapetão. E por que somente agora inventa isso, às vésperas das eleições municipais em que ele se coloca como pré-candidato do PSDB à Prefeitura do Rio, e não à época em que ele diz terem acontecido os fatos, dois anos atrás?

Sobre as estórias, não passam de invenção de alguém desesperado e sem votos.”

Comentários para "Flávio Bolsonaro: “O desespero de Paulo Marinho causa um pouco de pena”":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório