×
ContextoExato

Contexto Exato

Brasil - Brasília - Distrito Federal - 08 de dezembro de 2021

Futebol e filantropia unidos no combate ao câncer no Brasil

Futebol e filantropia unidos no combate ao câncer no BrasilFoto: Rovena Rosa/Agência Brasil

Projeto Driblando o Câncer alerta para o diagnóstico precoce da doença

Por Agência Brasil Brasília - 01/12/2019 - 18:28:47

No próximo dia 15 de dezembro, às 14h, jogadores e ex-jogadores de futebol estarão no Parque São Jorge, em São Paulo, com a camisa do projeto Driblando o Câncer, participando de uma partida de futebol para divulgar a necessidade do diagnóstico precoce para a cura da doença. “O objetivo do projeto é chamar a atenção da opinião pública para a grave incidência do câncer no país, que atinge 600 mil brasileiros por ano e mata 240 mil. E o nosso intuito é unir todos os times de futebol para uma ação conjunta contra o câncer porque essa doença não escolhe time, raça, cor ou credo. Atinge a todos os cidadãos, de forma indiscriminada e cruel”, disse Gil Santos, presidente da Craques Master, promotora da campanha.

Um estudo feito pela Organização Mundial da Saúde (OMS) estima que o câncer caminha para se tornar a principal causa de morte no mundo, caso medidas de intensificação da prevenção à doença não sejam tomadas. Segundo a OMS, entre os homens, são esperados 295.200 novos casos, e entre as mulheres, 300.870. O tipo de câncer mais incidente em ambos os sexos será o de pele não melanoma (175.760 casos novos a cada ano), o que corresponde a 29% do total estimado.


Driblando o Câncer quer envolver os times de futebol na divulgação da importância da prevenção e diagnóstico precoce da doença

O projeto Driblando o Câncer quer envolver jogadores e times de futebol na divulgação da importância da prevenção e diagnóstico precoce do câncer - Divulgação Craques Master

No Brasil, de acordo com o Instituto Nacional de Câncer (Inca), estima-se, no biênio 2018-2019, a ocorrência de 600 mil casos novos de câncer, para cada ano. Os dados mostram que “os cânceres de próstata (68 mil) em homens e mama (60 mil) em mulheres serão os mais frequentes”. Segundo o oncologista Hezio Fernandes, diretor da Sociedade Brasileira de Cancerologia, o diagnóstico precoce e o tratamento imediato podem evitar que o número de mortes causadas pela doença aumente no país.

“Com relação ao câncer, e assim como as demais doenças, quando mais cedo fizermos o diagnóstico, quando mais cedo nós investigamos e quando mais cedo nós completamos o diagnóstico de um determinado câncer, maiores são as chances de sucesso, inclusive de cura definitiva dessa doença, que nos arrasa e traz enormes complicações. Então, o diagnóstico precoce deve ser perseguido por todos os médicos, por todos os clínicos gerais”, disse.

Driblando o Câncer

De acordo com Gil, unir futebol e filantropia é importante na conscientização da população para que faça os exames preventivos. A partida envolverá jogadores, times de futebol e artistas na campanha inédita contra a doença.

Jogadores como Cafu, capitão de seleção brasileira pentacampeã mundial, além de Müller, Veloso, Biro Biro, Júnior, Aloísio, Luizão, Amaral, Edilson, Gustavo Nery, Pavão, Zenon, Zé Carlos, Diney, César Sampaio, Gilmar, Ademir da Guia, Jamelli e Ronaldão, entre outros, estarão com a camisa da luta contra o câncer no Brasil.

Cafu, ex-lateral da Seleção Brasileira pentacampeã mundial, é o padrinho da Campanha Driblando o Câncer.

O pentacampeão mundial Cafu (Marcos Evangelista de Morais), um dos pioneiros no futebol a se envolver em projetos sociais, disse que abraçou a causa, tornando-se padrinho do Driblando o Câncer, pela sua importância na conscientização da população para o diagnóstico, que pode levar à cura.

“Primeiro que, quando se fala em projeto social, eu sou um dos pioneiros em projeto sociais, eu tenho a Fundação Cafu com 950 crianças. Então sempre que se fala em ajudar, em solidariedade, em ajudar o próximo, em ajudar as pessoas, eu estarei sempre disponível. Então, essa campanha, Driblando o Câncer, assim que tomei conhecimento, eu me engajei na hora. Até porque, eu perdi meu pai e minha mãe para essa doença, que a gente sabe o quanto isso é sofrido e quantas pessoas precisam de carinho e tratamento nesse momento”, disse Cafu.

As mulheres também participarão da campanha, que tem Adriana Restum, empresária da Planet Girl, como coordenadora do jogo feminino que ocorrerá antes da partida masculina.

No time feminino estarão em campo, além da ex-jogadora Milena Rodrigues, atual embaixadora do futebol feminino do Corinthians, sete jogadoras do time oficial da Escola do Bolinha Futebol Clube, de Manaus, que incluem índias do Amazonas.

Saiba mais

Edição: Aécio Amado

Comentários para "Futebol e filantropia unidos no combate ao câncer no Brasil":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório
De olho na natureza, crianças participam do Natal no Cerrado

De olho na natureza, crianças participam do Natal no Cerrado

A ação contou com exposição de fotos, plantação de sementes e contação de história

Rede pública de ensino do DF amplia oferta de idiomas

Rede pública de ensino do DF amplia oferta de idiomas

Sofia de Souza, de 15 anos, pretende cursar alemão no Cemi Gama e conhecer a Alemanha

Festival de Brasília do Cinema Brasileiro começa hoje

Festival de Brasília do Cinema Brasileiro começa hoje

Por causa da pandemia, evento terá formato online

Grafite muda a paisagem da avenida W3 Sul

Grafite muda a paisagem da avenida W3 Sul

Douglas Retok conta que muitas vezes percorreu a W3 Sul em busca de um muro que servisse de suporte para sua arte

Artesãos brasilienses participam de feira em Belo Horizonte

Artesãos brasilienses participam de feira em Belo Horizonte

A artesã Tânia Rodrigues com a secretária de Turismo, Vanessa Mendonça

Trânsito é liberado aos domingos e feriados na W3 Sul

Trânsito é liberado aos domingos e feriados na W3 Sul

A avenida volta a ter circulação de veículos

Museu da República no Distrito Federal exibe três mostras simultaneamente

Museu da República no Distrito Federal exibe três mostras simultaneamente

Cecília Lima, Raíssa Studart e Cléber Cardoso Xavier apresentam trabalhos produzidos durante residência artística em Olhos D’Água

Jardim Zoológico de Brasília recebe ursa ameaçada de extinção

Jardim Zoológico de Brasília recebe ursa ameaçada de extinção

Liz veio da Bahia especialmente para encontrar Ney. Expectativa é que o casal contribua para a preservação da espécie, ameaçada de extinção.

Natal no Cerrado une espírito festivo e meio ambiente

Natal no Cerrado une espírito festivo e meio ambiente

Ação de conscientização ambiental acontece, simultaneamente, nos parques ecológicos Sucupira e Riacho Fundo

Dezembro começa com eventos culturais on-line e presenciais no DF

Dezembro começa com eventos culturais on-line e presenciais no DF

Bruna Mendez atração do Festival

Semana Nacional de Ciência e Tecnologia começa hoje em Brasília

Semana Nacional de Ciência e Tecnologia começa hoje em Brasília

Evento tradicional desperta curiosidades e instiga saber científico