×
ContextoExato

Contexto Exato

Brasil - Brasília - Distrito Federal - 26 de janeiro de 2022

Gilmar Mendes critica atraso do governo Bolsonaro em vacinação; “passou do tolerável”

Gilmar Mendes critica atraso do governo Bolsonaro em vacinação; “passou do tolerável”Foto: Fellipe Sampaio /STF

"Os atrasos e recalcitrâncias na importação das vacinas já passam do tolerável. Países vizinhos já estão iniciando a imunização", afirmou o ministro Gilmar Mendes

Portal Brasil 247 - 04/01/2021 - 08:06:04

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Gilmar Mendes usou a sua página nas redes sociais na noite deste domingo (3) para criticar a demora do governo brasileiro em adquirir vacina contra o coronavírus.

"Os atrasos e recalcitrâncias na importação das vacinas já passam do tolerável. Países vizinhos já estão iniciando a imunização", repudiou o ministro.

Mais de 40 países, inclusive da América Latina, começaram a imunizar suas populações contra a Covid. Vacinas da Pfizer/BioNTech, Moderna, Sputnik V, Sinovac e Sinopharm já imunizaram mais de 11 milhões de pessoas em todo o mundo. China foi o país que mais vacinou até agora.

O governo Bolsonaro, no entanto, apresentou um plano de vacinação para começar até o fim de janeiro, mas sequer conseguiu fazer a compra de seringas e agulhas e também não há nenhuma data definitiva.

"Estabelecer um cronograma de vacinação é medida urgente. A ignorância não pode prevalecer sobre a ciência", acrescentou o ministro Gilmar Mendes.

O ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, pediu ao Ministério da Economia que restrinja a exportação de seringas e agulhas para a imunização da Covid-19.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários para "Gilmar Mendes critica atraso do governo Bolsonaro em vacinação; “passou do tolerável”":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório
Moradores denunciam ação policial em chacina que matou quatro pessoas na Chapada dos Veadeiros

Moradores denunciam ação policial em chacina que matou quatro pessoas na Chapada dos Veadeiros

Armas e plantas de maconha que teriam sido apreendidas pela Polícia Militar no local da chacina

Processo criminal da tragédia em Brumadinho pode voltar à estaca zero

Processo criminal da tragédia em Brumadinho pode voltar à estaca zero

Possível federalização do caso anularia setenças da Justiça estadual

Há 13 anos no topo da lista, Brasil continua sendo o país que mais mata pessoas trans no mundo

Há 13 anos no topo da lista, Brasil continua sendo o país que mais mata pessoas trans no mundo

De outubro de 2020 a setembro de 2021 foram registrados 375 assassinatos no mundo, o que representa um aumento de 7% em relação ao ano anterior

Intolerância religiosa:

Intolerância religiosa: "Brasil vive negação de direitos", afirma especialista

Violência aumentou nos últimos anos e políticas de combate foram enfraquecidas

Garimpo ilegal em alta no PA: Lama escurece águas do

Garimpo ilegal em alta no PA: Lama escurece águas do "Caribe Amazônico" em Alter do Chão

Faixa de areia separa águas barrentas e claras no balneário turístico de Alter do Chão (PA)

Mais de 500 coletores de sementes atuam na recuperação da Amazônia e do Cerrado

Mais de 500 coletores de sementes atuam na recuperação da Amazônia e do Cerrado

Rede de Sementes do Xingu já recuperou mais de 6 mil hectares de floresta na bacia do rio Xingu e Araguaia

Desejos de Ano Novo: Fora Bolsonaro, Democracia e Justiça Ambiental para todos

Desejos de Ano Novo: Fora Bolsonaro, Democracia e Justiça Ambiental para todos

Em Minas Gerais, as fortes chuvas elevam o risco do rompimento de barragens com rejeitos da mineração, a exemplo do que aconteceu nas cidades de Mariana, em 2015, e de Brumadinho, em 2019

Primeira vacinada do Brasil deseja um 2022 com 100% vacinados e sem uso de máscara

Primeira vacinada do Brasil deseja um 2022 com 100% vacinados e sem uso de máscara

Mônica Calazans, enfermeira e primeira vacinada no Brasil

Brumadinho: Três anos depois, o que mudou ?

Brumadinho: Três anos depois, o que mudou ?

Fotografia tirada após o rompimento da barragem da Vale, em Brumadinho, que matou 272 pessoas

"A luta dos povos indígenas é uma luta válida e importante para todo o povo"

A Festa do Murici e Batiputá acontece entre os dias 12 e 15 de janeiro

Brasil precisará de um exército de profissionais agroflorestais para liderar a transição regenerativa no mundo

Brasil precisará de um exército de profissionais agroflorestais para liderar a transição regenerativa no mundo

Hoje a agricultura é considerada ainda uma vilã do clima e não resolve o problema da fome no mundo