×
ContextoExato
Responsive image

Governador de Brasília critica circulação de pessoas na orla do Lago Paranoá

Governador de Brasília critica circulação de pessoas na orla do Lago ParanoáFoto: Rafaela Felicciano - Metrópoles

Ibaneis Rocha critica circulação de pessoas na orla do Lago Paranoá.

Cézar Feitoza - Especial Para O Correio - 12/01/2019 - 16:52:57

O governador Ibaneis afirmou que a liberação da orla do Paranoá deve ser feita por razões ambientais e que a circulação de pessoas leva sujeira ao espelho d'água.

O governador Ibaneis Rocha (MDB) participou, na manhã deste sábado (12/1), da cerimônia de posse do administrador do Lago Sul, Rubens Santoro Neto. Morador da região há 20 anos, Ibaneis disse que pretende fazer do lugar um "bairro realmente residencial", rebatendo a proposta de Rodrigo Rollemberg pela liberação da orla do Lago Paranoá.


"A liberação tem de ser feita, cumprindo a decisão judicial integralmente no que diz respeito à preservação ambiental, cumprindo os 30m, com nenhum tipo de construção. Mas aquilo ali tem de ser preservado, não pode ser asfaltado, não pode ter gente circulando, porque isso traz sujeira para dentro do nosso lago", argumentou Ibaneis.

A proposta do governador é revitalizar os parques vivenciais do Lago Sul para a população de todo o Distrito Federal fazer uso do espaço. Na próxima semana, o programa SOS DF chega ao bairro para fazer a poda das árvores, conserto das calçadas e tampar buracos nas vias. "No fim da próxima semana o Lago Sul já estará limpo, bem cuidado como deve ser", garantiu Rubens.

Pechinchando na feira

Depois da posse no Lago Sul, Ibaneis Rocha seguiu para uma visita a feiras da cidade. Passou no Núcleo Bandeirante, acompanhado do embaixador da Espanha, Fernando Casas, e de lá seguiu para a Feira do Guará.

"Tem que reformar esse banheiro, não pode deixar assim. Essa feira tem que ser modelo", disse Ibaneis, no Guará.

Os feirantes aproveitaram para tirar fotos e fazer pedidos ao governador do Distrito Federal. "Ele é simples, meu filho. Pode tirar foto com ele", disse uma mulher, que solicitou ao governador mais segurança na cidade.

Ainda no Guará, Ibaneis aproveitou para comprar 10kg de pimentas, do tipo malagueta, bode e cumari-vermelha, ao custo inicial de R$ 500 no Rei das Pimentas. Após pechinchar um pouco, o governador conseguiu levar os produtos por R$ 400, pagos em dinheiro.

Comentários para "Governador de Brasília critica circulação de pessoas na orla do Lago Paranoá":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório