×
ContextoExato

Contexto Exato

Brasil - Brasília - Distrito Federal - 18 de janeiro de 2022

Governador RJ: Conduta na pandemia pode derrubar Bolsonaro

Governador RJ: Conduta na pandemia pode derrubar BolsonaroFoto: Deutsche Welle

Sem máscara, em meio à multidão: presidente tem desafiado consequentemente orientações sanitárias

Deutsche Welle - 11/04/2020 - 18:55:26

Para Wilson Witzel, repetidos apelos do presidente a fim da quarentena da covid-19 são "desprezo pela vida", podendo resultar em "destituição". Bolsonaro causa aglomeração em Goiás, é criticado por ministro da Saúde.

O governador do estado do Rio de Janeiro, Wilson Witzel, afirmou que o presidente brasileiro, Jair Bolsonaro, pode ser processado pelo Tribunal Penal Internacional (TPI), além de estar sujeito a um processo de destituição no Brasil se adotar atitudes de "desprezo pela vida" por sua conduta durante a crise do novo coronavírus.

"O comportamento de um chefe de Estado que não está em conformidade com as diretrizes da Organização Mundial da Saúde [OMS] pode ter repercussões internacionais. O Tratado de Roma inclui no seu artigo sobre crimes contra a humanidade que causam sofrimento, causando danos à integridade física das pessoas", comentou o ex-juiz e ex-fuzileiro naval em entrevista à agência de notícias Efe.

"Já existe uma queixa no Tribunal Penal Internacional [contra Bolsonaro], e isso pode ser uma consequência de uma conduta que não segue as determinações da OMS", acrescentou, referindo-se à relativização da pandemia de covid-19 e exigência do fim do isolamento social pelo chefe de Estado.

O chefe do governo fluminense também mencionou que se Bolsonaro interferir na administração dos estados brasileiros, cometerá crime de responsabilidade, o que permitiria a abertura de um processo de destituição. Ele enfatizou que Bolsonaro "precisa ter uma noção clara de que o que diz pode ter repercussões políticas para ele e, eventualmente, caracterizar um crime de responsabilidade".

Segundo ele, o presidente criticou reiteradamente o isolamento social, mas não invalidou as restrições impostas por governantes locais, portanto, "o que ele diz, não está fazendo de maneira concreta". Ressalvando não ser capacitado para avaliar a sanidade mental de Bolsonaro Witzel, comentou que esta teria que ser avaliada no âmbito de um processo de destituição.

"Não sou psiquiatra, não sou psicólogo, e mesmo quando eu era juiz, para dizer se uma pessoa tinha a condição de entender a natureza criminal do ato, eu precisava sujeitar essa pessoa a uma avaliação por um profissional adequado. Portanto, não posso avaliar se o presidente tem problemas psiquiátricos ou não, porque não sou o profissional qualificado para isso."

Bolsonaro causa aglomerações, Mandetta critica

Neste sábado (11/04), o presidente Bolsonaro foi alvo de críticas do ministro da Saúde Luiz Henrique Mandetta, ao visitar as obras de um hospital de campanha em Águas Lindas, município de Goiás a 57 quilômetros de Brasília, criando aglomerações e, mais uma vez, ignorando as orientações das autoridades sanitárias no combate ao alastramento do vírus letal.

Mandetta, que acompanhou as aglomerações à distância, comentou, após a partida do presidente: "Posso recomendar, não posso viver a vida das pessoas. Os que fazem uma atitude dessas hoje, daqui a pouco vão ser os mesmos que vão estar lamentando." O chefe de pasta lembrou que as medidas de isolamento valem "para todos os brasileiros".

O governador de Goiás, Ronaldo Caiado, igualmente condenou o comportamento presidencial, descartando uma liberação das medidas sanitárias antes de 19 de abril. Antes de cumprimentar Bolsonaro, ele aplicou demonstrativamente álcool em gel nas mãos.

O Brasil ultrapassou os mil mortos em decorrência do novo coronavírus, contabilizando 1.056 óbitos entre 19.638 infetados, o que representa uma taxa de letalidade de 5,4%, informou o Ministério da Saúde do país nesta sexta-feira. Comparando: essa porcentagem é atualmente de 12,8% na Itália, 10% na Espanha, 3,8% nos Estados Unidos e 2,2% na Alemanha.

AV/lusa,efe,ots

____________

A Deutsche Welle é a emissora internacional da Alemanha e produz jornalismo independente em 30 idiomas. Siga-nos no Facebook | Twitter | YouTube
| App | Instagram | Newsletter

Comentários para "Governador RJ: Conduta na pandemia pode derrubar Bolsonaro":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório
Ministro de Minas e Energia quer o Cade investigando preços abusivos da Petrobras

Ministro de Minas e Energia quer o Cade investigando preços abusivos da Petrobras

Na avaliação do ministro, a investigação do Cade não tem atribuição de segurar o preço dos combustíveis. Mas pode corrigir práticas da empresa, caso fique configurada alguma distorção.

Coronavírus: Ciência e Tecnologia suspende trabalho presencial em quatro órgãos

Coronavírus: Ciência e Tecnologia suspende trabalho presencial em quatro órgãos

O Brasil enfrenta uma nova onda de aumentos de casos de covid-19 por causa da variante Ômicron

Câmara deve retomar trabalho remoto após aumento de casos de Covid-19

Câmara deve retomar trabalho remoto após aumento de casos de Covid-19

Medida ainda não foi oficializada pelo presidente da Casa

Marco temporal, operações policiais e vacina: conheça os principais julgamentos do STF em 2022

Marco temporal, operações policiais e vacina: conheça os principais julgamentos do STF em 2022

Pauta do ano coloca Supremo Tribunal Federal novamente em evidência, apontam especialistas

No Recife, crianças vacinadas contra a covid-19 ganham livro de presente

No Recife, crianças vacinadas contra a covid-19 ganham livro de presente

No Recife, quem recebe a vacina contra a covid leva um livro para casa

Indígena é a 1ª criança vacinada contra a Covid-19 no país

Indígena é a 1ª criança vacinada contra a Covid-19 no país

Em ato simbólico, xavante de 8 anos de Piracicaba recebeu imunizante

Médicos da atenção primária decidem entrar em greve em São Paulo

Médicos da atenção primária decidem entrar em greve em São Paulo

Decisão pode ser revista caso prefeitura revise planejamento

Confirmado segundo caso de Candida auris em Pernambuco

Confirmado segundo caso de Candida auris em Pernambuco

Anvisa trata o caso como o terceiro surto do superfungo no país

Vacina brasileira contra a Covid-19 é aplicada pela primeira vez

Vacina brasileira contra a Covid-19 é aplicada pela primeira vez

Estudo clínico aplicará o imunizante em 90 voluntários

Justiça Federal no Brasil se moderniza, mas tribunais ainda amargam demoras

Justiça Federal no Brasil se moderniza, mas tribunais ainda amargam demoras

Essa grandiosidade em termos de acesso à justiça, também vem ao encontro da morosidade com o que cidadão tem que enfrentar, em função ao tempo de decisão com relação a um processo

Estados voltam a ter medidas restritivas com aumento de casos de covid

Estados voltam a ter medidas restritivas com aumento de casos de covid

Aumento no número de infectados é resultado da variante Ômicron