×
ContextoExato
Responsive image

Governo Bolsonaro é proibido de anunciar em sites que promovem atividades ilegais

Governo Bolsonaro é proibido de anunciar em sites que promovem atividades ilegaisFoto: O Antagonista

Além de proibir os novos gastos, o ministro Vital do Rêgo determinou que o Ministério das Comunicações explique em 15 dias sobre as despesas, diz a Folha.

O Antagonista - 11/07/2020 - 08:53:34

O TCU proibiu que o governo Jair Bolsonaro anuncie em sites e canais que promovem atividades ilegais ou cujo conteúdo não tenha relação com o público-alvo de suas campanhas.

Além de proibir os novos gastos, o ministro Vital do Rêgo determinou que o Ministério das Comunicações explique em 15 dias sobre as despesas, diz a Folha.

Como registramos, o governo Bolsonaro veiculou publicidade sobre a reforma da Previdência em sites de jogo do bicho e até em canais do YouTube destinados ao público infantojuvenil, além de irrigar páginas bolsonaristas.

Leia também:

Moraes decidirá se investiga manifestantes que chamaram Bolsonaro de nazista

Quem lucra com a cloroquina

Covid-19: exame de Paulo Skaf, que esteve com Bolsonaro, dá negativo

Bolsonaro aparelhou o MEC com mais olavistas antes de nomear o novo ministro

Vídeo: "Denúncia é bomba de fumaça e forma de intimidação", diz Renan Santos, do MBL

Vital também ordenou que o ministério, comandado por Fábio Faria, investigue os fatos e apresente ao TCU “evidências robustas que afastem a ocorrência dos indícios de irregularidade”.

Leia mais: Comprovação do elo entre a Presidência da República e o gabinete do ódio complica Bolsonaro. Clique e leia

Comentários para "Governo Bolsonaro é proibido de anunciar em sites que promovem atividades ilegais":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório