×
ContextoExato

Contexto Exato

Brasil - Brasília - Distrito Federal - 22 de outubro de 2021

Governo de Brasília apresenta tabela de preços finais em 54 condomínios de Sobradinho

Governo de Brasília apresenta tabela de preços finais em 54 condomínios de SobradinhoFoto: Correio Braziliense

Reunião tensa marca a divulgação dos valores de lotes em 54 condomínios de Sobradinho. Cada terreno deverá ser legalizado por até R$ 90 mil

Por Helena Mader-correio Braziliense - 30/04/2019 - 12:29:54

Em uma reunião tensa, que contou com a presença do governador Ibaneis Rocha (MDB), representantes da empresa Urbanizadora Paranoazinho S.A. apresentaram a tabela com os preços finais de terrenos de 54 condomínios de Sobradinho. Os loteamentos englobam 6 mil imóveis, que serão legalizados por valores entre R$ 11 mil e R$ 90 mil por lote. O encontro de conciliação durou quase duas horas e foi marcado por negociações, propostas, contrapropostas e pelo bate-boca entre o chefe do Buriti e uma advogada que representa moradores de condomínios da região. A discórdia teve início a partir da resistência de alguns síndicos e advogados em fechar um acordo para regularizar a área.


Desde que assumiu o governo, Ibaneis anunciou que o GDF atuaria para acelerar a regularização de parcelamentos em terras particulares, por meio da criação de um comitê de mediação. Foram realizados encontros conciliatórios entre representantes do Executivo local, da Urbanizadora Paranoazinho e moradores, mas a reunião de ontem foi a primeira com a participação do governador.


Ibaneis contou que conhece bem o problema porque, há mais de duas décadas, comprou um lote no Condomínio Solar de Athenas. “Paguei em 30 parcelas, com muita dificuldade, no início da minha carreira. Conheço muito bem a situação e sei que a melhor saída é o acordo. A ideia é todo mundo ceder um pouco, para chegarmos a uma solução”, argumentou Ibaneis, na abertura da reunião.


O secretário de Desenvolvimento Urbano e Habitação, Mateus de Oliveira, lembrou que, desde o início das tratativas, houve avanços significativos. “Conseguimos construir um entendimento sobre os principais aspectos que dificultavam o acordo”, disse. O secretário acrescentou que havia três possibilidades para definir os preços: estabelecer valores de mercado, realizar a venda dos terrenos a partir do custo para regularizá-los ou definir os valores em uma livre negociação. A última proposta prevaleceu.


“O papel do governo tem sido importante para demonstrar às partes a importância do acordo para que a demora não prejudique ainda mais a regularização de todo o setor. Isso atrasa a realização de obras de infraestrutura, que serão feitas pela empresa”, alertou Mateus. “A nossa visão é de que a última proposta foi bastante razoável, bem abaixo dos preços de mercado”, explicou.


Na reunião, o diretor presidente da Urbanizadora Paranoazinho, Ricardo Birmann, avaliou que a regularização da região solucionará problemas urbanos, como os causados por uma enxurrada na Avenida São Francisco, na semana passada. “Queremos qualificar a região, trazer comércio e serviços, equipamentos públicos, escolas e postos de saúde”, comentou.


Depois de aceitar reduzir os valores pelo menos duas vezes no encontro, Ricardo fez uma proposta final que prevê cobranças que variam de R$ 68,50 por metro quadrado no Setor Contagem 1 a R$ 117,65 por metro quadrado no Setor Grande Colorado (veja O custo). Pela proposta, quem pagar à vista ou financiar os terrenos pelo BRB terá desconto de 15% sobre esse valor. Com isso, os lotes no Condomínio Solar de Athenas, um dos maiores da região sairão pelo valor médio de R$ 82 mil.


Tensão
Representando moradores e condomínios da região, a advogada Maria Olímpia Costa Stival insistia em um preço final médio de R$ 60 por metro quadrado, valor rejeitado pelos representantes da Urbanizadora Paranoazinho S.A. Diante da resistência dela em aceitar uma proposta para colocar fim ao imbróglio, Ibaneis se irritou e bateu boca com Maria Olímpia. “Você está ganhando na sua advocacia em cima das dificuldades dos outros. Você quer que a coisa se arraste”, alegou Ibaneis. Maria Olímpia disse que recebeu os honorários e que, agora, trabalha de graça para os moradores. Com o embate, a reunião foi encerrada e remarcada para 13 de maio. Até lá, os condomínios poderão realizar assembleias para debater os valores.


Apesar do clima tenso no encerramento do encontro, Ricardo Birmann está otimista quanto a um acordo definitivo. “A gente tem confiança de que haverá adesão grande dos moradores. O preço foi subsidiado e está muito baixo. Os moradores ainda terão condições extremamente favoráveis, como o desconto de 15% para pagamentos à vista ou para financiamento pelo BRB. A nossa aposta é de que os moradores vão querer virar essa página e que poderemos começar a fazer obras e realizar as compensações ambientais”, ressaltou Ricardo.


DER libera trecho do Torto-Colorado
O Departamento de Estradas de Rodagem (DER) liberou ontem o acesso à DF-150 por dois novos viadutos que fazem parte da obra Torto-Colorado (LTC) e integra a obra do Trevo de Triagem Norte (TTN). O trecho é o primeiro a ser finalizado e entregue para a passagem de veículos naquela região. O DER/DF estima que, a partir de agora, a cada 30 dias, faça a entrega de uma parte do empreendimento. As liberações parciais darão fluidez ao trânsito gradativamente. A conclusão completa está prevista para a segunda quinzena de julho. Atualmente, cerca de 100 mil veículos passam pela DF-003 diariamente

Comentários para "Governo de Brasília apresenta tabela de preços finais em 54 condomínios de Sobradinho":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório
Inquérito que investiga loja da Zara por abordagem racista será enviado ao MP

Inquérito que investiga loja da Zara por abordagem racista será enviado ao MP

Segundo as investigações da polícia, o gerente cometeu atitude discriminatória contra a delegada Ana Paula Barroso, que é negra no último dia 14 de setembro.

Campanha da ONU chama atenção para direitos das crianças refugiadas

Campanha da ONU chama atenção para direitos das crianças refugiadas

Quase 1 milhão de crianças nasceram como refugiadas entre 2018 e 2020

Mulher acusada de homofobia em padaria de SP é condenada a indenizar balconista

Mulher acusada de homofobia em padaria de SP é condenada a indenizar balconista

"Ainda que a ré seja incapaz, sobre o que não produziu sequer começo de prova, tal condição não afasta sua responsabilidade pelos prejuízos a que der causa", observou a juíza.

Distribuição de absorventes faz cair evasão escolar

Distribuição de absorventes faz cair evasão escolar

A "pobreza menstrual" era um tema de pouca repercussão na época e não motivava projetos de lei como hoje, a exemplo do vetado nesta semana pelo presidente Jair Bolsonaro. E passava longe de ser associado ao cotidiano de meninas.

Fachin manda União distribuir testes de covid e máscaras N95 entre quilombolas

Fachin manda União distribuir testes de covid e máscaras N95 entre quilombolas

Em decisões anteriores, Fachin já havia determinado à União que apresentasse as medidas sanitárias relativas à covid-19 nas comunidades quilombolas

Coletivo vai mapear cultura LGBTQI+ do Distrito Federal

Coletivo vai mapear cultura LGBTQI+ do Distrito Federal

Prazo para repostas ao mapeamento é até 17 de dezembro - Foto: Antonio Cruz/Agência Brasil

Dia Internacional promove educação e maior consciência da não-violência

Dia Internacional promove educação e maior consciência da não-violência

Selo emitido pela Administração Postal da ONU com uma pintura de Mahatma Gandhi de Ferdie Pacheco em Comemoração do Dia Internacional da Não-Violência

ONU quer agir rápido em favor da igualdade de gêneros na liderança global

ONU quer agir rápido em favor da igualdade de gêneros na liderança global

Apenas 18 mulheres discursaram nos debates de alto nível da Assembleia Geral em 2021

Refugiados LGBTQIA+ no Brasil enfrentam discriminação, violência e desemprego

Refugiados LGBTQIA+ no Brasil enfrentam discriminação, violência e desemprego

Refugiados venezuelanos são registrados na Polícia Fedral de Boa Vista para emissão e regularização de documentos.

Senador Contarato dá aula a quem não merece um segundo de fama

Senador Contarato dá aula a quem não merece um segundo de fama

O Zé Ninguém

Campanha foca em conversa com família para aumentar doação de órgãos

Campanha foca em conversa com família para aumentar doação de órgãos

Em 2020, recusa à doação de órgãos por parentes ficou em 37,8%