×
ContextoExato

Contexto Exato

Brasil - Brasília - Distrito Federal - 22 de setembro de 2021

Governo do Haiti pede ajuda internacional para esclarecer morte de presidenteFoto: ONU/Cia Pak

Governo do Haiti pede ajuda internacional para esclarecer morte de presidente

Conselho de Segurança condenou o assassinato do presidente do Haiti, Jovenel Moise

Portal Onu News De Noticias - 08/07/2021 - 16:48:05

Solicitação partiu do embaixador do país junto à ONU em reunião fechada do Conselho de Segurança; enviada do secretário-geral diz que pedido deve ser relevado; organização diz-se pronta a apoiar investigações com perícia necessária.

O assassinato do presidente do Haiti, Jovenel Moise, foi destaque numa reunião às portas fechadas do Conselho de Segurança que esta quinta-feira teve um informe da representante especial do secretário-geral no país Helen La Lime.

A também chefe do Escritório Integrado da ONU no Haiti, Binuh, anunciou que o embaixador haitiano junto à organização solicitou apoio internacional para as investigações. Ela advertiu que esse pedido deve ser levado a sério pela comunidade internacional.

Assistência

Face à solicitação de assistência para a investigação, La Lime disse que a missão política está disposta a ajudar com o que for preciso e nas perícias. Ela acrescentou que deve ser especificado o tipo de assistência de segurança.

ONU assegura que continuará ao lado do povo do Haiti e das autoridades nacionais.

Minujusth/Leonora Baumann

ONU assegura que continuará ao lado do povo do Haiti e das autoridades nacionais.

A enviada realçou que as próximas duas semanas serão cruciais para que as investigações ocorram e os culpados sejam levados à justiça.

A representante frisou que pelo menos seis pessoas foram presas e a polícia haitiana trabalha arduamente para prender o “comando que entrou no complexo residencial e atacou o presidente e a esposa”. Antes da reunião do Conselho, agências de notícias informaram que as autoridades policiais anunciaram a morte de quatro suspeitos e que outros continuam foragidos.

Tragédia

Para a representante da ONU “é ainda muito cedo para comentar exatamente o que aconteceu” e examinar as circunstâncias em redor da violência, mas as investigações nacionais começaram e vão continuar.

La Lime considerou ainda que a situação é muito séria neste momento após o que chamou “assassinato de forma covarde”. Ela assegurou que a ONU continuará ao lado do povo do Haiti e das autoridades nacionais.

A representação da ONU trabalha “muito e de forma bastante próxima de todos os envolvidos”. La Lime elogiou a resiliência do povo haitiano “que permaneceu calmo após essa tragédia nacional”.

Polícia ao serviço da missão da ONU no Haiti

Minustah/Logan Abassi

Polícia ao serviço da missão da ONU no Haiti

A chefe da Binuh disse incentivou às partes envolvidas na questão a permanecerem unidas, realçando que estas precisam “deixar de lado suas diferenças e traçar um caminho comum a seguir e para superar de forma pacífica o momento difícil”.

Calendário eleitoral

Na quarta-feira, o primeiro-ministro haitiano se encontrou com representantes da comunidade internacional e assegurou que o seu governo está empenhado no diálogo e na continuidade do processo para a realização das eleições. De acordo com o calendário eleitoral, divulgado na semana passada, a votação para as legislativas e presidenciais será realizada em 26 de setembro deste ano.

Antes, o Conselho de Segurança condenou o assassinato “nos mais veementes termos” pedindo que os autores do crime hediondo fossem prontamente levados à justiça.

Aos políticos do Haiti, os 15 Estados-membros do Conselho apelaram que se abstenham de quaisquer atos de violência ou incitamento e tenham calma, contenção evitando atos que piore a instabilidade.

O Conselho pediu diálogo e reafirmou sua determinação em monitorar a situação em curso reiterando que é essencial “respeitar o Estado de direito e garantir a segurança das pessoas e operações da ONU” no Haiti

Comentários para "Governo do Haiti pede ajuda internacional para esclarecer morte de presidente":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório