×
ContextoExato

Brasil - Brasília - Distrito Federal - 19 de novembro de 2018


Há cicatrizes que ninguém vê. Combata o mosquito e não os macacos

Há cicatrizes que ninguém vê. Combata o mosquito e não os macacos

Lágrimas que não molham. Feridas que não sangram,

Mundo das patas/Google/Foto:Divulgação - 30/01/2018 - 05:12:41

Há cicatrizes que ninguém vê.

Lágrimas que não molham. Feridas que não sangram,

E gritos que ninguém ouve.

Combatam os mosquitos e não os macacos, eles não são os culpados pela febre amarela.

Comentários para "Há cicatrizes que ninguém vê. Combata o mosquito e não os macacos":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório