×
ContextoExato
Responsive image

Homem é detido após incêndio em ônibus em frente ao Palácio do Planalto

Homem é detido após incêndio em ônibus em frente ao Palácio do PlanaltoFoto: Reprodução tv Globo

PM afirma que rapaz jogou gasolina no veículo e depois ateou fogo. Suspeito foi levado à delegacia

Por Afonso Ferreira, Pedro Alves E Roniara Castilhos, G1 Df E Tv Globo - 25/06/2020 - 19:00:48

Um ônibus pegou fogo em frente ao Palácio do Planalto, em Brasília, no fim da tarde desta quinta-feira (25). As chamas foram controladas pelo Corpo de Bombeiros.

Segundo a corporação e a Polícia Militar, o incêndio teria sido causado por um homem que estava no veículo. Em nota, a PM disse que ele "teria espalhado gasolina dentro do veículo e depois ateado fogo. Em seguida, ele desceu do ônibus e gritou "Fora Bolsonaro!".

O suspeito foi detido e encaminhado à 5ª Delegacia de Polícia, na Asa Norte. De acordo com a Polícia Militar, havia cerca de dez pessoas no ônibus. Ninguém ficou ferido.

À TV Globo, a cobradora do ônibus, Deusilde Santana Moreira, disse que o homem embarcou na Rodoviária do Plano Piloto ( veja vídeo abaixo ). Ela afirma que ele entrou pela porta traseira, "por ser deficiente" e sentou em um dos últimos bancos.

Ela disse ainda que não percebeu qualquer atitude estranha do suspeito. "Quando ele desceu como o fogo aqui, aí ele gritou assim: 'Fora Bolsonaro'".

Cobradora conta detalhes do ônibus que pegou fogo em frente ao Planalto

Já o motorista do ônibus, Adilson José, disse ao G1 que o homem entrou no ônibus usando uma bengala. Disse também que não viu o suspeito jogar gasolina no veículo, só percebeu a evolução das chamas.

“Todos os passageiros gritavam que foi ele”, disse.

Comentários para "Homem é detido após incêndio em ônibus em frente ao Palácio do Planalto":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório