×
ContextoExato

IBRAM aprova reforma de Centro de Informação Ambiental de Planaltina, no DF

IBRAM aprova reforma de Centro de Informação Ambiental de Planaltina, no DFFoto: Estação Ecológica de Águas Emendadas | Divulgação

O projeto visa requalificar o espaço para a realização de atividades de educação ambiental e apoio à pesquisa científica na unidade de conservação

Estadão Conteúdo - 11/06/2021 - 15:53:19

O Instituto Brasília Ambiental (IBRAM), aprovou a primeira etapa do projeto de reforma e ampliação do Centro de Informação Ambiental da Estação Ecológica de Águas Emendadas (ESECAE), em Planaltina, saída norte do Distrito Federal. Esta fase, além de diagnosticar e propor os reparos necessários às edificações e infraestruturas elétrica, hidráulica, telefônica, de combate a incêndios, sinalização e guarita, também prevê a criação de duas áreas fundamentais às atividades de educação ambiental: um Mirante e o Museu da Água.

O Mirante consiste em uma área aberta destinada a dinâmicas com o público em geral, como relaxamento e meditação. Já o Museu da Água propõe a valorização da vista da edificação para a Lagoa Bonita, nascente do ribeirão Mestre D'Armas e local de relevante beleza e importância ambiental. O Museu será um lugar destinado a disseminar temas relacionados à água e para a exposições do acervo da ESECAE

Foto: Imagem: Reprodução Daniel Costa / DINO

A reforma prevê ainda a criação de acomodações para pesquisadores e um laboratório para dar incentivo e suporte a atividades de pesquisa científica na unidade de conservação.

O projeto está sendo desenvolvido pela empresa Urbanizadora Paranoazinho como compensação ambiental devida pelas obras de adequação de infraestrutura de drenagem de águas pluviais e pela regularização fundiária dos parcelamentos irregulares do setor habitacional Grande Colorado, na Fazenda Paranoazinho, também na saída norte do DF.

A Estação de Águas Emendadas

É uma das mais importantes áreas naturais do Distrito Federal, onde ocorre o fenômeno único da união de duas grandes bacias da América Latina, a Tocantins/Araguaia e a Platina, em uma vereda de 6 km de extensão.

Sua área de Cerrado, praticamente intacta, abriga fauna ameaçada de extinção como a anta, a suçuarana, o tamanduá, o lobo-guará, entre outros, sendo de grande importância para a realização de pesquisas científicas. Por se tratar de uma Unidade de Conservação de Proteção Integral, as visitas ao local são restritas e apenas ocorrem de forma guiada.


Website:

http://www.upsa.com.br/

Comentários para "IBRAM aprova reforma de Centro de Informação Ambiental de Planaltina, no DF":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório