×
ContextoExato

Contexto Exato

Brasil - Brasília - Distrito Federal - 19 de outubro de 2021

Inédita no Brasil, iniciativa promove repovoamento de garoupas para salvar espécie da extinção

Inédita no Brasil, iniciativa promove repovoamento de garoupas para salvar espécie da extinçãoFoto: Atevi

Em 2019, cerca de 10 mil alevinos foram introduzidos na natureza

Por Central Press, Para Neo Mondo - 19/05/2019 - 20:01:51

Ao todo, 10 mil alevinos produzidos em cativeiros foram introduzidos na natureza. Última soltura ocorreu na praia da Ilha das Cabras, região sul de Ilhabela (SP)

Com o objetivo de garantir o equilíbrio ecológico marinho e impedir que as garoupas entrem em extinção, a Associação Ambientalista TerraViva (Atevi) promoveu nesta quarta-feira (15) a soltura de 2 mil alevinos criados em cativeiro. A introdução dos peixes ocorreu na praia da Ilha das Cabras, na região sul de Ilhabela (SP), um santuário municipal onde a pesca não é permitida.

Essa foi a quinta expedição de repovoamento promovida pela Atevi, com o apoio da Fundação Grupo Boticário de Proteção à Natureza. A iniciativa, inédita no Brasil, introduziu 10 mil alevinos ao longo da costa paulista em 2019. A previsão é de que, em 2020, mais 10 mil sejam soltos em habitat natural, totalizando 20 mil indivíduos reintroduzidos.

Mergulhadores fizeram a soltura na costa paulista Foto: Atevi

Solitária e territorialista, a garoupa possui escamas pequenas e pode atingir 50 quilos. Sua carne tem grande importância comercial, principalmente para a região Sudeste do país, onde é mais consumida. Todos os indivíduos da espécie nascem fêmeas e, somente com cerca de 15 anos, passam a ser do sexo masculino, o que, somado ao consumo excessivo da carne do animal, o coloca em risco de extinção.

Responsável técnica do projeto, Claudia Kerber destaca que a produção de alevinos em laboratório e a introdução em ambiente marinho é fundamental para garantir a sobrevivência da espécie. “Tivemos o cuidado de fazer o programa de repovoamento com animais iguais aos que estão na natureza. Pegamos todo o plantel de garoupas selvagens, fizemos o perfil genético e escolhemos todos os acasalamentos para obter um nível de parentesco muito baixo e o mais próximo possível da população que nós temos aqui na região”, afirma.

A previsão é de que o projeto tenha duração de dois anos, com monitoramentos a cada 60 dias. Os dados coletados vão embasar políticas públicas para a formulação de programas de repovoamento em vários locais da costa brasileira onde as garoupas já desapareceram.

Segundo o coordenador de Ciência e Conservação da Fundação Grupo Boticário, Robson Capretz, a ausência das garoupas gera consequências em todo o ecossistema marinho. “Assim como os tubarões e os meros, as garoupas são topo de cadeia na região que habitam e são muito importantes para manter o resto da cadeia equilibrada. Sem a sua presença, outros animais marinhos podem se reproduzir em larga escala, desequilibrando o ecossistema”, destaca.

Confira os vídeos da ação: VÍDEO1 / VÍDEO 2

Comentários para "Inédita no Brasil, iniciativa promove repovoamento de garoupas para salvar espécie da extinção":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório
Estudo liga plano do Brasil para o clima a maior aquecimento

Estudo liga plano do Brasil para o clima a maior aquecimento

Na véspera da COP-26, na Escócia, que começa no dia 31, há uma expectativa sobre o que o Brasil vai apresentar.

Chefe do PNUD elogia esforços da China para proteger biodiversidade, depositando grandes esperanças na COP15

Chefe do PNUD elogia esforços da China para proteger biodiversidade, depositando grandes esperanças na COP15

Foto tirada em 27 de setembro de 2021 mostra uma vista no parque de Jiuzhaigou, no distrito de Jiuzhaigou, Província de Sichuan, sudoeste da China.

Comitê dos Direitos da Criança responsabiliza Brasil, Argentina, França, Alemanha e Turquia por falta de ação climática

Comitê dos Direitos da Criança responsabiliza Brasil, Argentina, França, Alemanha e Turquia por falta de ação climática

Ativista Greta em protesto junto da ONU

Projeto dos EUA para reduzir impacto do desmatamento pode afetar exportações do Brasil?

Projeto dos EUA para reduzir impacto do desmatamento pode afetar exportações do Brasil?

A Sputnik Brasil conversou com dois especialistas sobre o impacto que um novo projeto de lei norte-americano sobre desmatamento ilegal no mundo pode ter para as exportações brasileiras

Amazonas vira epicentro da exploração madeireira da Amazônia

Amazonas vira epicentro da exploração madeireira da Amazônia

O desmatamento em junho deste ano, conforme Imazon, apontam para o terceiro maior índice de destruição da vegetação nos últimos 10 anos.

Ação salva 70 jacarés que disputavam poça no Pantanal

Ação salva 70 jacarés que disputavam poça no Pantanal

Desde o início da intervenção na Ponte 3 da Rodovia Transpantaneira, caminhões-pipa de 16 mil litros fazem a reposição diária da água do corixo para beneficiar a população que permaneceu. Um trabalho de "enxugar gelo", segundo Martins, da Ecotrópica, porque o volume é consumido diariamente pelo uso e evaporação.

Paraíba perdeu 0,28 milhões de hectares de Caatinga nos últimos 36 anos

Paraíba perdeu 0,28 milhões de hectares de Caatinga nos últimos 36 anos

Caatinga é o único bioma exclusivamente brasileiro e está sendo devastado, segundo Mapbiomas.

Seca histórica no Pantanal provoca maior vazante em 121 anos

Seca histórica no Pantanal provoca maior vazante em 121 anos

Expectativa é que chuva na região seja acima do esperado

Jaques Wagner cobra posição do Brasil para COP-26

Jaques Wagner cobra posição do Brasil para COP-26

O projeto em questão é o PL 528/21, que cria o Sistema Brasileiro de Comércio de Emissões (SBCE) para regular o mercado nacional de carbono

Área ocupada pela agricultura na Caatinga cresce 1456% em 36 anos; pastagens têm salto de 48%

Área ocupada pela agricultura na Caatinga cresce 1456% em 36 anos; pastagens têm salto de 48%

Estudo do MapBiomas mostra que 112 municípios da Caatinga perderam 0,3 milhões de hectares de vegetação nativa em 36 anos

Perfuração foi 'potencial gatilho' de tragédia em Brumadinho, diz relatório

Perfuração foi 'potencial gatilho' de tragédia em Brumadinho, diz relatório

O relatório também deu atenção especial às operações realizadas no ano anterior ao rompimento, que envolveram perfuração horizontal para instalação de drenos e perfuração de furos verticais para instalação de piezômetros, diz o MPF.