×
ContextoExato

Contexto Exato

Brasil - Brasília - Distrito Federal - 16 de maio de 2022

Janeiro Branco abre importante debate sobre a saúde mental no Distrito Federal

Janeiro Branco abre importante debate sobre a saúde mental no Distrito FederalFoto: Hospital Sagrada Familiar

Campanha destaca a necessidade de discutir o tema principalmente em tempo de pandemia. Secretaria de Saúde oferece atendimento especializado na área

Agência Brasília* | Edição: Freddy Charlson - 11/01/2021 - 16:16:00

Janeiro é o mês dedicado à saúde mental e, para promover discussões acerca do tema, foi criada a campanha Janeiro Branco . A data foi idealizada pelo psicólogo mineiro Leonardo Abrahão, na cidade de Uberlândia (MG). Inicialmente, a campanha contou com a participação de diversos profissionais e estudantes de psicologia de variadas regiões do país com o objetivo de estimular reflexões em relação à saúde mental e atenção psicossocial.

De acordo com Priscila Estrela, diretora de Serviços de Saúde Mental substituta, o Janeiro Branco é uma ação importante para sensibilizar a população quanto à necessidade do cuidado e atenção para a saúde mental. Porém, ela destaca que essa atenção deve ser uma campanha contínua e não somente em janeiro.

“Um fator agravante em 2020 e 2021 é que nesse período de pandemia, o isolamento social e o aumento da desigualdade são alguns dos fatores que facilitam o sofrimento psíquico”, explica.

Tratamento na rede

A Secretaria de Saúde oferece atendimento especializado na área em toda a rede. A pessoa que precisa de cuidado ou tratamento de saúde mental pode procurar a Unidade Básica de Saúde (UBS) mais próxima de sua casa ou os Centros de Atenção Psicossocial (Caps).

Os Caps são serviços especializados de saúde mental inseridos na comunidade e que funcionam de porta aberta, ou seja, não é necessário encaminhamento para ser acolhido. Atualmente a Secretaria de Saúde conta com 18 Caps de todas as modalidades, distribuídos pelas Regiões de Saúde do Distrito Federal.

Priscila informa que, caso uma pessoa apresente sofrimento psíquico, como depressão, ansiedade, pânico, delírios, faça uso de drogas e tenha pensamentos de suicídio, ela pode procurar um Caps de acordo com o tipo de serviço oferecido: transtorno, infantil ou uso de álcool e outras drogas.

Atendimento especializado

*Centro de Atenção Psicossocial Infanto-Juvenil (Capsi ) – é um serviço público de saúde que atende crianças e adolescentes que apresentem intenso sofrimento psíquico decorrente de transtornos mentais graves e persistentes (até os 17 anos, 11 meses e 29 dias) ou sofrimento psíquico decorrente do uso de substâncias psicoativas (até 15 anos, 11 meses e 29 dias). Funciona de segunda a sexta-feira em horário comercial.

*Centro de Atenção Psicossocial – (Caps I) – é um serviço público de saúde para pessoas de todas as idades e que apresentem sofrimento psíquico intenso decorrente de transtornos mentais graves e persistentes ou do uso de álcool e outras drogas. Funciona de segunda a sexta-feira em horário comercial.

*Centro de Atenção Psicossocial (Caps II) – é um serviço público de saúde que atende pessoas a partir de 18 anos que apresentem intenso sofrimento psíquico. Funciona de segunda a sexta-feira em horário comercial.

*Centro de Atenção Psicossocial – (Caps III) – é um serviço público de saúde que atende pessoas a partir de 18 anos que apresentem sofrimento psíquico intenso decorrente de transtornos mentais graves e persistente. Funciona 24 horas por dia, incluindo finais de semana e feriados.

*Centro de Atenção Psicossocial Álcool e outras Drogas (Caps AD II) – é um serviço público de saúde que atende pessoas a partir dos 16 anos que apresentem sofrimento psíquico intenso decorrente do uso de álcool e outras drogas. Funciona de segunda a sexta-feira em horário comercial.

*Centro de Atenção Psicossocial Álcool e outras Drogas (Caps AD III) – é um serviço público de saúde que atende pessoas a partir de 16 anos que apresentem sofrimento psíquico intenso decorrente do uso de álcool e outras drogas. Funciona 24 horas por dia, incluindo finais de semana e feriados.

*Com informações da Secretaria de Saúde

Comentários para "Janeiro Branco abre importante debate sobre a saúde mental no Distrito Federal":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório
1ª primeira parcela e cota única do IPTU vencem hoje no DF

1ª primeira parcela e cota única do IPTU vencem hoje no DF

Imposto pode ser pago em até seis cotas

Procurando emprego? Há 335 vagas nesta segunda-feira

Procurando emprego? Há 335 vagas nesta segunda-feira

São oportunidades disponíveis em diversas áreas de atuação e em todas as regiões administrativas do DF

Receita Federal alerta para golpe na restituição do Imposto de Renda

Receita Federal alerta para golpe na restituição do Imposto de Renda

Órgão lembra que é preciso ter cuidado com e-mails

Exposição apresenta olhar de embaixadores sobre Brasília

Exposição apresenta olhar de embaixadores sobre Brasília

Mostra de fotos foi inaugurada no Museu de Arte de Brasília (MAB) e evidencia o olhar de diplomatas sobre a capital federal

Pesquisa da UFMG mostra subnotificação de casos de covid-19 em 2020

Pesquisa da UFMG mostra subnotificação de casos de covid-19 em 2020

Estudo analisou dados em Belo Horizonte, Salvador e Natal

Racismo torna mulheres negras invisíveis na política do DF

Racismo torna mulheres negras invisíveis na política do DF

"Se não estamos no mercado de trabalho ou no parlamento, não estamos em lugar nenhum”, diz representante de Frente

Anvisa para de testar presença de agrotóxicos nos alimentos

Anvisa para de testar presença de agrotóxicos nos alimentos

A agência suspendeu monitoramento em 2020 , usando pandemia como justificativa

Diretora da Anvisa diz que há pressão de líderes do Centrão para tirá-la

Diretora da Anvisa diz que há pressão de líderes do Centrão para tirá-la

"Fico assustada com as coisas que acontecem lá dentro (da Anvisa). Existe uma influência enorme das indústrias, uma influência enorme do Congresso", disse ao blog.

Incra suspende atividades que envolvam deslocamentos por falta de recursos

Incra suspende atividades que envolvam deslocamentos por falta de recursos

A autarquia informou que o motivo é a falta de recursos do Orçamento

Golpe do leilão cresce na pandemia e 2 mil sites falsos são identificados

Golpe do leilão cresce na pandemia e 2 mil sites falsos são identificados

"O pagamento das mercadorias arrematadas em leilão é feito por meio de Documento de Arrecadação Federal (Darf) e nunca mediante depósitos ou transferências para contas de terceiros"

Falta de engajamento da população para finalizar ciclo vacinal contra à Covid-19 preocupa

Falta de engajamento da população para finalizar ciclo vacinal contra à Covid-19 preocupa

Disponibilidade de leitos pós-pandemia, dengue e planejamento orçamentário da SES foram outros itens debatidos em reunião entre o MPDFT e a SES nesta quarta-feira, 11 de maio