×
ContextoExato

Contexto Exato

Brasil - Brasília - Distrito Federal - 24 de outubro de 2021

Junho Vermelho. Campanha destaca a importância da doação de sangue

Junho Vermelho. Campanha destaca a importância da doação de sangueFoto: Marcelo Camargo-Agência Brasil

A recomendação da Organização Mundial de Saúde (OMS) é de que cada país tenha, entre 3% e 5% de sua população doadora de sangue frequente. No Brasil, o índice fica em 1,8%, enquanto em alguns países da Europa, cerca de 7%.

Por Flávia Albuquerque - Agência Brasil São Paulo - 23/06/2019 - 18:02:08

O mês de junho é tipicamente o período que as temperaturas começam a cair, propiciando aumento da incidência de infecções respiratórias, além da temporada de provas em universidades, escolas e do início das férias escolares. Por isso é o período em que se costuma registrar quedas significativas nos estoques dos bancos de sangue, públicos e privados. Para destacar a importância da doação de sangue nesse momento do ano, começou no último sábado (1º) a campanha Junho Vermelho.

A campanha iluminará com a cor vermelha, durante todo o mês, instituições públicas e privadas, prédios históricos e monumentos em diferentes localidades do país. Serão feitas ações especiais durante a semana do Dia Mundial do Doador de Sangue, que é comemorado no dia 14 de junho. Lançada no estado de São Paulo, a campanha Junho Vermelho ganhou status de lei estadual em 15 de março de 2017 (nº 16.386) e passou a ser promovida em todo o país.

Segundo a fundadora do Eu Dou Sangue, Debi Aronis, a ideia de criar o movimento veio depois de seu pai precisar de sangue devido a uma doença delicada e de perceber que o período estava com estoques baixos nos hemocentros e hospitais. “Somente aqueles que enfrentam uma dificuldade e precisam da doação para que familiares ou amigos possam sobreviver sabem da importância desse ato. É um pequeno gesto, individual e gratuito, mas com consequências expressivas”.

Debi explicou que o fato de as pessoas estarem menos propensas a sair de casa não diminui, e por vezes até aumenta, a rotina dos hospitais que atendem desde vítimas de acidentes de trânsito e da violência urbana até os portadores de doenças que requerem transfusões sanguíneas como câncer, anemia falciforme e outras patologias, incluindo os procedimentos cirúrgicos de alta complexidade, como transplantes e cirurgias cardíacas. "É importante ressaltar que a demanda de sangue permanece inalterada, apesar da redução da oferta nos estoques dos hemocentros".

De acordo com uma pesquisa feita em 2017 pelo Eu Dou Sangue em parceria com o Instituto Datafolha, cerca de 92% dos brasileiros disseram não ter doado sangue entre junho de 2016 e junho de 2017. De acordo com o levantamento, além do recesso e do clima mais frio, feriados e dias chuvosos também impactam negativamente os hemocentros, que costumam registrar queda de 30% em seus estoques no período.

Os dados também mostraram que 39% dos brasileiros admitem não saber qual é seu tipo de sangue. O estudo, que ouviu 2.771 entrevistados em todo o país, mostrou que o desconhecimento é maior entre os homens (44%) do que entre as mulheres (35%). Assim como a maioria dos jovens (52%), na faixa dos 16 aos 24 anos, também desconhecem esse aspecto de seu próprio corpo.

A recomendação da Organização Mundial de Saúde (OMS) é de que cada país tenha, entre 3% e 5% de sua população doadora de sangue frequente. No Brasil, o índice fica em 1,8%, enquanto em alguns países da Europa, cerca de 7%.

Edição: Valéria Aguiar




Comentários para "Junho Vermelho. Campanha destaca a importância da doação de sangue":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório
Câmara Legislativa terá ciclo de exposições de trabalhos artísticos de pessoas com deficiência

Câmara Legislativa terá ciclo de exposições de trabalhos artísticos de pessoas com deficiência

A Câmara Legislativa já abrigou diversas exposições organizadas em parceria com seu Conselho Curador de Cultura

Cientistas e políticos reagem a mentira dita por Bolsonaro sobre vacinas e aids

Cientistas e políticos reagem a mentira dita por Bolsonaro sobre vacinas e aids

Manuela D'Ávila (PCdoB), que concorreu à vice-presidência da República em 2018, disse que o presidente "segue com seu projeto de morte" ao espalhar a fake news em sua Live.

Brasileira Paloma Costa promove ação pelo clima

Brasileira Paloma Costa promove ação pelo clima

Paloma Costa na Greve Mundial pelo Clima, em 2020

Estudantes cobram da Capes pagamento de bolsas

Estudantes cobram da Capes pagamento de bolsas

UNE protocolou um ofício cobrando uma urgente reunião com a presidência da CAPES

Com autorização da Aneel, conta de luz no DF terá reajuste de 11,6%

Com autorização da Aneel, conta de luz no DF terá reajuste de 11,6%

A tarifa residencial no DF, que ocupava o 51º lugar do ranking nacional sendo uma das mais baixas do país, passa a ocupar a 36º posição.

Biotic sedia lançamento do programa ‘Centelha’ no DF

Biotic sedia lançamento do programa ‘Centelha’ no DF

Presente à cerimônia de lançamento, o vice-governador Paco Britto assegurou que o Centelha será um programa-modelo no DF

Sindicato dos Professores do DF critica possibilidade de retorno 100% presencial das aulas

Sindicato dos Professores do DF critica possibilidade de retorno 100% presencial das aulas

Sindicato aponta que 136 escolas públicas no DF registraram casos de contaminação por covid-19. Fotos: Acácio Pinheiro/Agência Brasília

Desembargadores negam pedido para instalar CPI da Pandemia no DF

Desembargadores negam pedido para instalar CPI da Pandemia no DF

Deputados distritais fazem manifestação pela instalação da CPI da Pandemia no DF

Movimentos se reúnem em ato para defender permanência do projeto Jovem de Expressão

Movimentos se reúnem em ato para defender permanência do projeto Jovem de Expressão

Em defesa do espaço cultural, foi aprovada uma vigília cultural de 24 horas para a próxima sexta-feira (22)

Oficinas para revisão do PDOT têm participação popular limitada

Oficinas para revisão do PDOT têm participação popular limitada

São Sebastião e Sobradinho debatem neste sábado o Plano de Ordenamento Territorial

Lei que prevê a distribuição de absorventes higiênicos no DF está só no papel

Lei que prevê a distribuição de absorventes higiênicos no DF está só no papel

Dignidade menstrual é permitir que as meninas mais pobres também possam ter o mesmo acesso ao absorvente higiênico que as meninas da classe média e alta