×
ContextoExato

Contexto Exato

Brasil - Brasília - Distrito Federal - 26 de maio de 2022

Justiça anula licitação para prestação de serviços funerários no DF

Justiça anula licitação para prestação de serviços funerários no DFFoto: © Tribunal de Justiça do Distrito Federal e dos Territórios – TJDFT

Cabe recurso

© Tribunal De Justiça Do Distrito Federal E Dos Territórios – Tjdft - 26/01/2022 - 06:57:50

O juiz da 3ª Vara da Fazenda Pública do DF declarou nula a licitação da Secretaria de Estado de Justiça e Cidadania do Distrito Federal – SEJUS/DF para seleção de 49 empresas para outorga de permissões para prestação de serviços funerários. O magistrado concluiu que houve transgressão aos princípios da administração pública.

Autor do mandado de segurança, a San Matheus Serviços Póstumos questiona os atos praticados pelo secretário da SEJUS em favor de umas empresas participantes da licitação. O autor afirma que o procedimento apresenta diversas irregularidades que vão da abertura dos envelopes de habilitação até o julgamento de recursos. Relata que diversas empresas foram habilitadas, mesmo descumprindo normas do edital. Pede a concessão da segurança para declarar a nulidade da licitação.

O Distrito Federal, em sua defesa, assevera que há regularidade no processo licitatório e que foram observadas todas as regras do edital. Pede que o pedido seja julgado improcedente. No entanto, ao analisar o caso, o magistrado observou que as provas dos autos mostram que, ao reformar as decisões da Comissão Especial de Licitação, a autoridade superior usou argumentos genéricos e contrários tanto ao edital quanto à Lei de Licitações.

“Em face do descumprimento de cláusulas do Edital, não pode a Autoridade Superior amparar sua decisão, com a finalidade de habilitar as empresas no certame, sob o argumento de se buscar maior competitividade, para, deste modo, aceitar a apresentação de documentos em desacordo à Lei e às regras do Edital. Neste norte, obviamente, a Autoridade Superior ao analisar os recursos administrativos deve apresentar suas razões de forma clara e objetiva, de maneira fundamentada, com amparo nas normas de regência e nas regras do Edital, o que, a meu ver, não restou observado nos autos, visto que nem de longe pode-se falar que a Comissão interpretou o edital desconsiderando a legislação de regência e a jurisprudência pertinente”, registrou.

O magistrado observou ainda que, no caso, “é possível se constatar ofensa aos princípios norteadores da Administração Pública, precisamente à igualdade de condições entre os licitantes, à vinculação ao edital, à legalidade, à transparência e à imparcialidade, dentre outros, de modo que o procedimento licitatório se encontra eivado de vícios, devendo, portanto, a licitação ser anulada”.

Dessa forma, foi declarado nulo o procedimento licitatório referente ao Edital de Concorrência 01/2019 – SUAF/SEJUS.

Cabe recurso.

Acesse o PJe1 e conheça o processo: 0707478-60.2021.8.07.0018


Comentários para "Justiça anula licitação para prestação de serviços funerários no DF":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório
Novos processos seletivos do IBGE ampliam vagas para o Censo 2022

Novos processos seletivos do IBGE ampliam vagas para o Censo 2022

Concurso terá 220 vagas em 159 municípios de 15 estados

Vagas para ganhar R$ 6 mil continuam abertas nas agências do trabalhador

Vagas para ganhar R$ 6 mil continuam abertas nas agências do trabalhador

São todas para quem tem curso superior. Mas a maioria das oportunidades do dia é para nível médio (62), com salários de R$ 1.212 a R$ 2 mil

TSE e conselhos estaduais de direitos humanos assinam acordo contra a desinformação

TSE e conselhos estaduais de direitos humanos assinam acordo contra a desinformação

Adesão de oito colegiados marcou a abertura de evento nacional realizado nesta quarta (25)

Justiça do Distrito Federal autoriza autista embarcar em voo com cão de assistência emocional

Justiça do Distrito Federal autoriza autista embarcar em voo com cão de assistência emocional

Cabe recurso da decisão.

Governo do Distrito Federal vai contratar mais professores substitutos

Governo do Distrito Federal vai contratar mais professores substitutos

Inscrições para o processo seletivo poderão ser feitas de 6 a 10 de junho. Convocação dos candidatos classificados obedecerá à ordem de pontuação

Mais prazo para concorrer a carteira de motorista de graça

Mais prazo para concorrer a carteira de motorista de graça

Interessados podem se inscrever até 6 de junho. São 5 mil vagas disponíveis para pessoas de baixa renda

Criadores de pássaros precisam renovar o cadastro ambiental

Criadores de pássaros precisam renovar o cadastro ambiental

Sistema de monitoramento dessa atividade deve ser acessado a partir de 1º de junho

Lojas fazem promoção irregular de produto que compete com amamentação

Lojas fazem promoção irregular de produto que compete com amamentação

Conclusão é de estudo do Observatório de Saúde na Infância

Hoje é dia de reforçar a importância de cuidados com a tireoide

Hoje é dia de reforçar a importância de cuidados com a tireoide

Desde 2008, o 25 de maio chama a atenção para o acompanhamento regular e o diagnóstico precoce

CNJ e Distrito Federal vão implantar programa de gestão de conflitos em escolas

CNJ e Distrito Federal vão implantar programa de gestão de conflitos em escolas

Projeto tem como objetivo a adoção de gestão de conflitos

Há 26 vagas de emprego para quem quer trabalhar em Águas Claras

Há 26 vagas de emprego para quem quer trabalhar em Águas Claras

Ao todo, são 211 oportunidades disponíveis nas agências do trabalhador do DF nesta quarta-feira (25), para diferentes profissões e em várias RAs