×
ContextoExato

Justiça determina quebra de sigilo de hackers brasileiros suspeitos de atacar TSE

Justiça determina quebra de sigilo de hackers brasileiros suspeitos de atacar TSEFoto: Sputnik / Aleksei Malgavko

A Justiça Eleitoral do Distrito Federal ordenou a quebra de sigilos de e-mails de três brasileiros suspeitos de serem responsáveis pelo suposto ataque hacker ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Sputnik Brasil - 30/11/2020 - 22:16:00

No sábado (28), uma operação da Polícia Federal (PF) e da polícia portuguesa prendeu em Portugal um hacker, cidadão português de 19 anos, também suspeito de ter participado do ataque.

O pedido de quebra de sigilos dos três brasileiros atende a uma solicitação da PF e se estende de janeiro até dezembro. A corporação busca, a partir das investigações, estabelecer a relação dos brasileiros com o português. As informações foram publicadas pelo portal G1.

Prédio do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) em Brasília.

© Folhapress / Lalo de Almeida

Prédio do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) em Brasília.

Postagens na Internet mostram que o cidadão português teria trocado mensagens com os brasileiros. O português teria enviado um link do TSE para os brasileiros em um chat. Após uma análise nos dados, os brasileiros teriam identificado uma área a ser atacada.

Os policiais conseguiram identificar sete conexões no dia 15 de novembro, data do primeiro turno das eleições municipais, e dez conexões no dia 19. Os investigadores apontam que isso mostra que os supostos ataques foram realizados por um grupo de hackers.

Comentários para "Justiça determina quebra de sigilo de hackers brasileiros suspeitos de atacar TSE":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório