×
ContextoExato

Contexto Exato

Brasil - Brasília - Distrito Federal - 20 de janeiro de 2022

Justiça do DF condena dono de empresa que cometeu assédio contra funcionária

Justiça do DF condena dono de empresa que cometeu assédio contra funcionáriaFoto: Reprodução Pixabay divulgou - O Tempo

A defesa do réu argumentou que ele deveria ser absolvido pois não haviam provas para incriminá-lo.

© Tribunal De Justiça Do Distrito Federal E Dos Territórios – Tjdft - 01/12/2021 - 20:56:48

O juiz titular do Juizado Especial Cível e Criminal do Riacho Fundo condenou réu pela prática de assédio sexual cometido contra funcionária de sua empresa. O acusado também terá que indenizar a vítimapelos danos morais causados.

Segundo a denúncia do Ministério Público do Distrito Federal e Territórios, o acusado é dono e diretor de uma empresa do ramo de saúde, e teria assediado sua funcionária em diversas oportunidades. Com frequência, solicitava à vítima beijos e abraços, além de cheirar seu cabelo e pescoço sem o seu consentimento. Também a constrangia com palavras, forçando situação de intimidade ou a desqualificando na frente de outros empregados, fato que a levou a pedir o desligamento da empresa.

A defesa do réu argumentou que ele deveria ser absolvido pois não haviam provas para incriminá-lo.

Contudo, o magistrado entendeu que os documentos juntados aos autos e depoimentos das testemunhas e vítima são suficientes para comprovar a autoria do crime. Na decisão, ressaltou que “ todos os depoimentos confirmam o relato prestado na fase inquisitorial, no sentido de que a vítima foi assediada sexualmente pelo réu durante o período em que trabalhou na empresa, que era de propriedade do acusado e funcionava na residência deste". Acrescentou ainda que “provas demonstram que o denunciado se insinuava, forçava carícias, beijos e abraços sem o consentimento da vítima, a tratava por apelidos sem autorização para tanto e, ao ser afastado ou quando demonstrado desconforto com a situação, retrucava de forma grosseira, valendo-se de sua posição de superior hierárquico”.

Diante disso, o magistrado condenou o acusado pela prática do crime descrito no artigo 216-A do Código Penal, aplicando-lhe a pena de 1 ano e 6 meses de prisão, a ser cumprido em regime aberto. O réu também estou condenado a reparar a vítima, quanto ao dano moral causado, na quantia fixada em R$ 5 mil.

Da sentença cabe recurso.


Comentários para "Justiça do DF condena dono de empresa que cometeu assédio contra funcionária":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório
Bachelet: “Decisões sobre a paz sem refletir vozes, realidades e direitos das mulheres não são sustentáveis”

Bachelet: “Decisões sobre a paz sem refletir vozes, realidades e direitos das mulheres não são sustentáveis”

Bachelet apontou ainda o efeito negativo da violência baseada no gênero e do uso da violência sexual como tática de guerra

Estudante de 62 anos formada na EJA inicia o ano na UnB

Estudante de 62 anos formada na EJA inicia o ano na UnB

Quem quiser seguir o mesmo caminho da diarista Maria da Conceição pode se matricular no programa, que abrirá vagas remanescentes em fevereiro

“Temos capacidade para fazer, somos empreendedoras e muito valentes”, afirma venezuelana

“Temos capacidade para fazer, somos empreendedoras e muito valentes”, afirma venezuelana

Yidri foi uma das mulheres empreendedoras beneficiadas em Roraima pelo Programa Conjunto LEAP

OCDE mostra como a desigualdade de gênero afeta brasileiras

OCDE mostra como a desigualdade de gênero afeta brasileiras

A Organização de Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) é composta por 38 países membros e por 8 países parceiros, grupo do qual o Brasil faz parte

Maior acampamento de refugiados sírios sem mortes maternas após 14 mil partos

Maior acampamento de refugiados sírios sem mortes maternas após 14 mil partos

Unfpa administra operações dentro das instalações de saúde no maior acampamento acolhendo cidadãos da Síria

Natália Bonavides vai recorrer ao Judiciário por direito de resposta a Ratinho

Natália Bonavides vai recorrer ao Judiciário por direito de resposta a Ratinho

Segundo Natália, o direito de resposta "evidencia as mentiras contadas no programa e mostra a necessidade urgente de enfrentar a intolerância e o preconceito. A recusa em divulgá-la é uma confirmação daquilo que foi dito"

O trabalho das mulheres no enfrentamento às desigualdades sociais que pioraram com a pandemia

O trabalho das mulheres no enfrentamento às desigualdades sociais que pioraram com a pandemia

Mulheres da comunidade Aratu, em João Pessoa, aguardam por alimentos durante ação de solidariedade em 1° de maio de 2021.

NYT traz perfil de Luiza Trajano destacando antirracismo e ascensão política

NYT traz perfil de Luiza Trajano destacando antirracismo e ascensão política

A reportagem cita que Luiza Trajano fez movimentos

Mãe de criança baleada na Baixada Fluminense desabafa:

Mãe de criança baleada na Baixada Fluminense desabafa: "Pago imposto para ver meu filho morto?"

"Ninguém sabe a dor que estou passando", disse Ana Clara Santos, mãe de Kevin Lucas, de seis anos

Constituinte do Chile elege pesquisadora de saúde pública como nova presidenta

Constituinte do Chile elege pesquisadora de saúde pública como nova presidenta

Da esquerda para a direita: a ex-presidenta Elisa Loncón e a nova mandatária: María Elisa Quinteros

Secretaria de Cultura do DF libera para download o catálogo da Mulher Negra

Secretaria de Cultura do DF libera para download o catálogo da Mulher Negra

Ação homenageia a trajetória artística de 30 agentes culturais do DF