×
ContextoExato

Contexto Exato

Brasil - Brasília - Distrito Federal - 16 de outubro de 2021

Lei suspende obrigatoriedade da prova de vida para benefícios do INSS até o final deste ano

Lei suspende obrigatoriedade da prova de vida para benefícios do INSS até o final deste anoFoto: Marcelo Casal/Agência Brasil

Para entrar em vigor, no entanto, o INSS precisa publicar uma portaria para regulamentar a medida

Brasil De Fato | São Paulo (sp) - 07/10/2021 - 11:09:03

A medida depende ainda de portaria do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS)

O Diário Oficial da União desta quarta-feira (6) divulgou a promulgação de um artigo da lei 14.199/2021 que suspende a obrigatoriedade da prova de vida para os beneficiários do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) até final deste ano de 2021. A medida depende ainda de portaria do INSS.


A determinação governamental é que a exigência da prova de vida para aposentados e pensionistas seja retomada em 2022.



:: Renan Calheiros, ao BdF: CPI pedirá indiciamento de Bolsonaro e analisa denúncia por genocídio ::


E a posição do governo?


A suspensão havia sido vetada pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido), mas o Congresso Nacional derrubou o veto, no dia 27 de setembro, e manteve a interrupção até 31 de dezembro.

Como justificativa, o capitão reformado informou aos parlamentares que “a suspensão da comprovação poderia implicar na manutenção e no pagamento indevido de benefícios que deveriam ser cessados”. Ele também argumentou que a prova de vida pode ser realizada por biometria, sem a necessidade de se deslocar até uma das agências do INSS.

Regulamentação

Até o momento da publicação desta matéria, o INSS não tinha divulgado portaria para regulamentar a medida. Também não há informações até o momento sobre a situação de quem teve o benefício cortado neste ano por falta de prova de vida.


:: O coro desafinado das empresas: rituais motivacionais e engenharia da humilhação do trabalhador ::


Provas seguem

O INSS lembra que, apesar da suspensão da obrigatoriedade da prova de vida, não há nenhum impedimento para aqueles que quiserem comprovar que estão vivos.

Os beneficiários com mais de 80 anos ou que tenham 60 anos ou mais e possuem algum tipo de dificuldade de locomoção podem fazer o procedimento em domicílio. Para isso, é necessário fazer um agendamento pelo número 135 ou pelo aplicativo “ Meu INSS ”.

Os beneficiários com biometria cadastrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e no Departamento Estadual de Trânsito (Detran) podem fazer a prova de vida digital, também por meio do aplicativo.

Edição: Daniel Lamir

Comentários para "Lei suspende obrigatoriedade da prova de vida para benefícios do INSS até o final deste ano":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório
Idec lança guia com orientações para internautas sobre direitos nas mídias digitais

Idec lança guia com orientações para internautas sobre direitos nas mídias digitais

O material foi inicialmente desenvolvido pelo Observatorio Latinoamericano de Regulación, Medios y Convergencia

Entregadores de apps afirmam que a greve agora é por tempo indeterminado até terem respostas

Entregadores de apps afirmam que a greve agora é por tempo indeterminado até terem respostas

Em contexto de alta no preço do combustível, entregadores reivindicam melhores taxas de entrega, o fim da coleta dupla e dos bloqueios de conta sem justificativa

Greves de entregadores contra apps de delivery se espalham e já duram dias

Greves de entregadores contra apps de delivery se espalham e já duram dias

Divididos em bloqueios pela cidade, entregadores em Jundiaí estão de braços cruzados desde sábado (9)

Economia edita portaria e remaneja R$ 70 bi para pagar servidores e aposentados

Economia edita portaria e remaneja R$ 70 bi para pagar servidores e aposentados

Se não fossem os recursos da desvinculação dos fundos, a capacidade de honrar os pagamentos seria muito baixa, segundo apurou o Estadão/Broadcast. Sem a portaria, haveria risco real de

Pensão por morte e auxílio maternidade poderão ser solicitados junto a certidões

Pensão por morte e auxílio maternidade poderão ser solicitados junto a certidões

De acordo com a entidade, a iniciativa favorecerá mais de 1,8 milhão de pessoas que estão na fila do INSS aguardando a liberação desses dois benefícios.

TJDFT aumenta valor de indenização após suspensão de serviço telefônico por mais de 1 mês

TJDFT aumenta valor de indenização após suspensão de serviço telefônico por mais de 1 mês

A decisão foi unânime.

Nascidos em fevereiro e março podem sacar auxílio emergencial

Nascidos em fevereiro e março podem sacar auxílio emergencial

Parcela foi depositada em 22 e 23 de setembro

Articulação frágil e alta rejeição enfraquecem previsões do governo para reforma administrativa

Articulação frágil e alta rejeição enfraquecem previsões do governo para reforma administrativa

Deputados de oposição em protesto contra a PEC 32 no plenário da Câmara, em agosto deste ano

“Cada deputado precisa ser pressionado para que vote contra a PEC 32”, defende Rogério Correia

“Cada deputado precisa ser pressionado para que vote contra a PEC 32”, defende Rogério Correia

Rogério Correia: “Impeachment é uma necessidade do Brasil. Nós não podemos aguentar Bolsonaro até 2022”

Trabalhadores nascidos em janeiro podem sacar auxílio emergencial

Trabalhadores nascidos em janeiro podem sacar auxílio emergencial

Parcela havia sido depositada em 21 de setembro

“Tem um recorte racial de quem encarcera e um recorte racial e de classe de quem é encarcerado

“Tem um recorte racial de quem encarcera e um recorte racial e de classe de quem é encarcerado

A juíza gaúcha Karla Aveline de Oliveira atua na 4ª Vara do Juizado da Infância e Juventude de Porto Alegre (RS)