×
ContextoExato

Contexto Exato

Brasil - Brasília - Distrito Federal - 22 de maio de 2022

Leonardo Sakamoto: 'Brasil pode ficar indiferente à vida como Bolsonaro'

Leonardo Sakamoto: 'Brasil pode ficar indiferente à vida como Bolsonaro'Foto:

Na análise do jornalista, ao defender sua estratégia de infecção como solução, Bolsonaro ajudou a detonar empregos e a economia.

Portal Brasil 247 - 02/01/2021 - 16:49:37

"Como sua natureza beligerante o torna incapaz de articular a federação em prol de um objetivo comum, Bolsonaro não preparou o país para a mais importante guerra de sua história. Abraçou o inimigo, defendendo que a melhor forma de para-lo é deixando que ganhe, infectando rapidamente a população para criar imunidade. Sim, Bolsonaro vem apostando na estratégia da "seleção natural", com os mais fortes sobrevivendo", escreveo o jornalista Leonardo Sakamoto em seu blog.

Na análise do jornalista, ao defender sua estratégia de infecção como solução, Bolsonaro ajudou a detonar empregos e a economia.

"Com o fim do auxílio emergencial, milhões de brasileiros estão saindo às ruas para procurar serviço. E, por mais que o país esteja registrando a recuperação de vagas formais, há 14,1 milhões que procuram serviço, mas não encontram, segundo a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílio (PNAD) Contínua. Número que vai continuar a crescer, até porque a melhor estratégia que o governo tem para reduzir esse exército é flexibilizar ainda mais as proteções trabalhistas", aponta Sakamoto.

Segundo ele, a estratégia de Bolsonaro provocando aglomerações é insuflar a população desempregada a p´rotestar contra as medidas de isolamento sob a tese de que o país precisa voltar à normalidade. "Quer que a população proteste contra todo e qualquer político que coloque entraves a isso em nome da saúde coletiva", frisou.

E acrescenta: "As imagens dele, neste final de ano, servindo de exemplo para que pessoas se aglomerem vão nesse sentido. Vida normal, quem reclamar é frouxo ou mala. Faz um cálculo macabro, de que 200 mil mortos não são nada comparado a 14 milhões de desempregados ou 210 milhões de habitantes".

E conclui: "O risco dessa estratégia de Bolsonaro que vem se mostrando resiliente é que o Brasil saia dessa crise mais à sua imagem e semelhança. Um país insensível à dignidade humana, com cada um lutando, como ele, por sua própria alegria e sobrevivência. E que se dane o resto".

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários para "Leonardo Sakamoto: 'Brasil pode ficar indiferente à vida como Bolsonaro'":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório
Projeto da ONU busca preservar a floresta amazônica no Maranhão

Projeto da ONU busca preservar a floresta amazônica no Maranhão

Unep Grid Arendal/Riccardo Pravettoni Plantações na Amazônia brasileira

Crise climática pode ser combatida com monetização de reflorestamento

Crise climática pode ser combatida com monetização de reflorestamento

Brasil tem vantagem competitiva com créditos de carbono

“É difícil lidar com um sistema que engessa a gente”, diz curadora indígena que deixou o Masp

“É difícil lidar com um sistema que engessa a gente”, diz curadora indígena que deixou o Masp

Sandra Benites pediu demissão do museu depois que seis fotos sobre o MST e a luta indígenas foram vetadas de uma mostra

Como os indígenas preservam o pirarucu

Como os indígenas preservam o pirarucu

Comunidades adotam o plano de manejo que gera renda e salva o gigante amazônico da extinção

Santa Catarina é destaque na geração de empregos no país

Santa Catarina é destaque na geração de empregos no país

Ampla oferta não garante contratação imediata

Pandemia evidencia violação de direitos humanos na agropecuária

Pandemia evidencia violação de direitos humanos na agropecuária

Antes da crise sanitária, 19,2% do total de pessoas empregadas na América Latina já estava em emprego rural

Biogás ganha protagonismo no setor de energia do Brasil através de investimentos e novas regulações

Biogás ganha protagonismo no setor de energia do Brasil através de investimentos e novas regulações

Segundo associações de gás brasileiras, 25 novas usinas têm orçamento de mais de R$ 55 bilhões para, até 2030, ofertar 30 milhões de m3/dia do combustível. O biogás também é uma alternativa para volatilidade do preço do óleo diesel.

Mais de 20% de médicos recém-formados migram para outros estados

Mais de 20% de médicos recém-formados migram para outros estados

'A migração interna de médicos é determinada por questões econômicas, sociais e demográficas, há fatores individuais e profissionais associados à decisão de mudar', afirma Mauro Ribeiro, presidente do CFM

Grupo MM fala dos desafios do mercado de eventos na retomada ao mundo presencial

Grupo MM fala dos desafios do mercado de eventos na retomada ao mundo presencial

O desafio agora, segundo Meire é reformatar o mercado, a partir das novas ferramentas e tecnologias que foram criadas durante a pandemia

Ibama remove servidor que investigou maus tratos a girafas no RJ; Categoria denuncia retaliação

Ibama remove servidor que investigou maus tratos a girafas no RJ; Categoria denuncia retaliação

Mudança de cargo foi determinada por militar indicado por Bolsonaro; servidores veem desmonte da fiscalização

Projeto visa criar florestas economicamente sustentáveis

Projeto visa criar florestas economicamente sustentáveis

No projeto, o planejamento de restauro das florestas originais das comunidades atendidas já foi iniciado.