×
ContextoExato

Contexto Exato

Brasil - Brasília - Distrito Federal - 28 de junho de 2022

Liderança da UE diz que crime no AM é fruto da postura de Bolsonaro; aliados criticam presidente

Liderança da UE diz que crime no AM é fruto da postura de Bolsonaro; aliados criticam presidenteFoto: Reprodução Brasil 247

Aliados de Bolsonaro acham que presidente errou

Agência Onu News De Noticias - 16/06/2022 - 15:53:56

Para eurodeputada alemã, "assassinatos são também uma consequência da difamação dos ativistas humanos e ambientais pelo presidente Bolsonaro". No Brasil, aliados do presidente dizem que declarações do mesmo sobre o caso não foram propícias.

Após a triste notícia divulgada ontem (15) de que o indigenista, Bruno Pereira, e o jornalista britânico, Dom Phillips, foram assassinados no Amazonas, autoridades nacionais e internacionais começara a se posicionar sobre o assunto.

De acordo com a coluna de Jamil Chade no portal UOL, a eurodeputada alemã e vice-presidente da Delegação do Parlamento Europeu para o Brasil, Anna Cavazzini, deixou claro que as mortes de Pereira e Phillips terão um impacto direto na relação já deteriorada do país com o bloco europeu. A autoridade ainda sugeriu que a violência é resultado direto do comportamento do presidente, Jair Bolsonaro (PL).

"As mortes do jornalista Dom Phillips e do ativista dos direitos indígenas Bruno Pereira são notícias terríveis. As autoridades brasileiras devem investigar imediatamente os antecedentes destes assassinatos e levar os responsáveis à Justiça. [...] Estes assassinatos são também uma consequência da difamação dos ativistas humanos e ambientais pelo presidente Bolsonaro e do desmantelamento da legislação ambiental e de direitos humanos", denunciou.

Cavazzini é a presidente da Comissão de Comércio e Globalização do Parlamento e uma das principais vozes de questionamento em relação ao acordo Mercosul-UE.

Para eurodeputada, a questão vai além da morte dos dois homens: "Este e o futuro governo brasileiro devem fazer todos os possíveis para assegurar que os ativistas dos direitos humanos, ambientais e climáticos sejam mais bem protegidos no futuro", completou.

Aliados de Bolsonaro acham que presidente errou

No Brasil, ministros das alas militar e política, aliados do presidente e ouvidos hoje (16) pela coluna de Bela Megale em O Globo, consideram que Bolsonaro errou ao fazer afirmações como as que Phillips era "malvisto" na região onde desapareceu e que deveria ter "redobrado a atenção consigo próprio" antes de fazer uma "excursão". Além disso, o mandatário destacou que ele e Bruno saíram para uma "aventura não recomendada".

Para esses integrantes do governo, esse é o "momento de Bolsonaro demonstrar solidariedade às famílias e não de culpá-los ". Eles apontam que o presidente anda em uma "fase difícil" e que tem se posicionado de maneira negativa em diferentes frentes.

As falas do chefe do Executivo brasileiro foram intensamente repudiada por organizações jornalísticas e indigenistas, já que Bruno e Dom estavam no local para realizar um trabalho de denúncia e tinham amplo conhecimento técnico sobre a região.

Comentários para "Liderança da UE diz que crime no AM é fruto da postura de Bolsonaro; aliados criticam presidente":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório
G7 quer investir US$ 600 bilhões em programa mundial para conter avanço chinês

G7 quer investir US$ 600 bilhões em programa mundial para conter avanço chinês

No campo tecnológico, a iniciativa contempla o desenvolvimento e a expansão da tecnologia das comunicações e a informação trabalhando com "provedores confiáveis", que forneçam 5G e 6G, conforme apontou a Casa Branca.

Abuso de entorpecentes e tráfico têm impacto sobre crises humanitárias e de saúde

Abuso de entorpecentes e tráfico têm impacto sobre crises humanitárias e de saúde

Drogas ilegais apreendidas.

Suprema Corte dos EUA suspende legalização do aborto

Suprema Corte dos EUA suspende legalização do aborto

Decisão foi tomada por seis votos a três e abre margem para que estados possam vetar o procedimento.

China pede solidariedade e abertura à medida que o mundo enfrenta mudanças

China pede solidariedade e abertura à medida que o mundo enfrenta mudanças

A comunidade internacional deve defender a Carta das Nações Unidas e se esforçar para manter a paz em um mundo volátil, disse ele.

Vitória de Gustavo Petro fortalece avanço da esquerda na América do Sul

Vitória de Gustavo Petro fortalece avanço da esquerda na América do Sul

Segundo analistas, trata-se de uma "mudança de maré" provocada pelo descontentamento com governantes anteriores.

Major Carvalho, apelidado de 'Pablo Escobar' brasileiro, é preso na Hungria

Major Carvalho, apelidado de 'Pablo Escobar' brasileiro, é preso na Hungria

A Polícia Federal brasileira informou que a prisão decorreu das investigações desenvolvidas no âmbito da Operação Enterprise

Itamaraty parabeniza Gustavo Petro por vitória eleitoral na Colômbia

Itamaraty parabeniza Gustavo Petro por vitória eleitoral na Colômbia

Jair Bolsonaro na abertura do Fórum de Investimentos Brasil 2022, em 14 de junho de 2022 © Alan Santos / Palácio do Planalto / CCBY 2.0

222 milhões de crianças afetadas pela crise precisam urgentemente de assistência educacional

222 milhões de crianças afetadas pela crise precisam urgentemente de assistência educacional

A Educação Não Pode Esperar

Ball Corporation avança em investimentos na América do Sul com nova fábrica de latas de alumínio no Peru

Ball Corporation avança em investimentos na América do Sul com nova fábrica de latas de alumínio no Peru

A empresa, líder global em embalagens sustentáveis de alumínio, anunciou abertura que vai gerar mais de 100 empregos diretos e 300 indiretos.

ACNUR solicita apoio urgente para ajudar quase 16 mil pessoas forçadas a se deslocar em Burkina Faso

ACNUR solicita apoio urgente para ajudar quase 16 mil pessoas forçadas a se deslocar em Burkina Faso

Milhares de burquinenses que se deslocaram pelo massacre em Seytenga encontraram segurança além da fronteira com o Níger.

Estados Unidos alertaram sobre projeto de bagagem gratuita vetado por Bolsonaro

Estados Unidos alertaram sobre projeto de bagagem gratuita vetado por Bolsonaro

Acordo foi assinado em março de 2011, no governo Dilma Rousseff, e entrou em vigor em maio de 2018, na gestão de Michel Temer, após aprovação pelo Congresso.