×
ContextoExato

Brasil - Brasília - Distrito Federal - 18 de dezembro de 2018


Limpeza de tártaro em cães, a importância de se fazer periodicamente

Limpeza de tártaro em cães, a importância de se fazer periodicamente

A higiene bucal canina é um cuidado que deve fazer parte da rotina

Por Vet Quality / Foto: Pixabay - 24/03/2018 - 09:10:52

Uma boa alimentação, passeios, tosas, banhos e visitas ao veterinário devem ser hábitos para quem tem um cão. Sim, mas existe outro fator que também deve ser acompanhado pelos tutores, o cuidado com a saúde bucal do seu animal

Procedimentos como a escovação dos dentes e a limpeza de tártaro em cães são fundamentais para garantir o bem-estar dos animais, afastar o mau hálito e até mesmo prevenir doenças graves.

Saiba mais, lendo o post que preparamos para você!

Tártaro canino

O cálculo dentário, conhecido como tártaro canino, é caracterizado pelo acúmulo e calcificação da placa bacteriana nos dentes do animal. Em outras palavras, a placa bacteriana que permanece por um longo período grudada nos dentes do cão começa a endurecer, tornando-se cada vez mais difícil de ser removida.

Isso gera a necessidade de fazer a limpeza de tártaro em cães, e quando não feita, pode levar à perda dos dentes.

Higiene bucal canina, qual sua importância?

O tártaro, quando não tratado, pode avançar para os tecidos que dão suporte aos dentes e chegar aos vasos sanguíneos, levando as bactérias aos outros órgãos do cão e causando complicações graves, como a meningite, problemas nos rins e doenças cardíacas em pets.

Outro problema bastante preocupante é o risco do cão perder um ou mais dentes. Além do fator estético, a função mastigatória do animal também fica comprometida, o que pode prejudicar a sua alimentação e levá-lo a um quadro de desnutrição.

Portanto, podemos afirmar que a limpeza de tártaro em cães é fundamental para prevenir doenças e garantir a sua qualidade de vida.

Limpeza de tártaro em cães, qual a frequência ideal?

Não devemos esperar o animal acumular uma grande quantidade de tártaro para, só então, tratá-lo. A melhor maneira de prevenir o seu surgimento é através da escovação canina diária. Caso não seja possível, deve-se fazer a limpeza periódica com o médico veterinário.

Durante as consultas em uma clínica veterinária, o profissional poderá verificar as condições bucais do animal e indicar o melhor momento para o tratamento.

A limpeza de tártaro em cães deve ser realizada em um hospital veterinário, pois pode envolver anestesia. O processo é simples e pouco invasivo.

Vale lembrar que, quando criamos uma rotina de visitas para a remoção do tártaro canina, o animal se acostuma e passa a entender que ficará tudo bem após o procedimento. Assim, as idas ao consultório veterinário serão mais tranquilas e nada traumáticas.

Como prevenir o tártaro canino?

Prevenir é sempre a melhor opção, e a melhor forma é por meio da escovação dos dentes. A escovação faz parte dos cuidados com a higiene para cachorros cães e deve ser feita com regularidade. O ideal é realizar o procedimento diariamente e deve-se acostumar o cão desde filhote, pois sabemos que muitos cães podem ficar estressados e dificultar o processo caso não tenham sido treinados desde jovens.

Creme dental para cachorro

No mercado, existem escovas e cremes especializados e com sabor. Seu cão, com certeza, será mais receptivo à escovação se a pasta de dentes tiver gostinho de carne. O creme dental dos humanos pode causar intoxicação, portanto, está proibido.

Agora que você já conhece a importância da limpeza de tártaro em cães, inclua esse hábito na rotina do seu companheiro! Para você, qual atitude é mais importante para prevenir doenças em cães? Deixe a sua resposta nos comentários!

Comentários para "Limpeza de tártaro em cães, a importância de se fazer periodicamente":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório