×
ContextoExato

Contexto Exato

Brasil - Brasília - Distrito Federal - 22 de outubro de 2021

Magazine Luiza fecha acordo de R$ 44 milhões para comprar lojas da rede Armazém Paraíba no PA e MA

Magazine Luiza fecha acordo de R$ 44 milhões para comprar lojas da rede Armazém Paraíba no PA e MAFoto: Unidade do Magazine Luiza no Ribeirão Shopping — Foto: Divulgação

Negócio marcará a entrada da companhia na região Norte do país

Portal G1 Com Informações Reuters - 02/05/2019 - 12:04:08

O Magazine Luiza assinou memorando de entendimento com a Sociedade Comercial Irmãs Claudino S.A. (SOCIC), que administra a rede Armazém Paraíba, para adquirir o direito de explorar 48 pontos comerciais no Pará e Maranhão por R$ 44 milhões, segundo comunicado ao mercado nesta quinta-feira (2).

"Essa operação marcará a entrada do Magalu na região Norte do país, com a abertura de lojas no Estado do Pará, além de reforçar sua presença no Estado do Maranhão", disse a varejista, acrescentando que, depois das inaugurações, o Magazine passará a ter presença em 17 Estados, com mais de 1 mil pontos físicos.

O Magazine Luiza também informou que irá investir em um novo centro de distribuição na região, "com o objetivo de atender melhor os clientes online e offline, em linha com sua estratégia multicanal".

A empresa disse que, além da venda ao consumidor, as lojas localizadas no Pará e no Maranhão funcionarão como pequenos centros de distribuição, oferecendo serviços como o "Retira Loja".

"Faremos uma entrada expressiva no Estado, vamos ganhar clientes nos pontos físicos e no online", afirmou Fabrício Garcia, vice-presidente do Magazine Luiza, no comunicado. "Em todas as regiões que chegamos com pontos físicos, nossas vendas digitais aumentam de forma significativa."

O Magazine diz que espera em conjunto com a Sociedade Comercial Irmãs Claudino S.A. "em breve" assinar os contratos definitivos para a implementação da operação, que está sujeita à aprovação do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade).

No começo da semana, o Magazine Luiza anunciou acordo para comprar a Netshoes por cerca de US$ 62 milhões, transformando a empresa de comércio eletrônico em uma subsidiária do grupo e reforçando sua aposta no varejo online.

Comentários para "Magazine Luiza fecha acordo de R$ 44 milhões para comprar lojas da rede Armazém Paraíba no PA e MA":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório
15º Fórum da OMT/PATA sobre Tendências e Perspectivas do Turismo tem início em Guilin, no sul da China

15º Fórum da OMT/PATA sobre Tendências e Perspectivas do Turismo tem início em Guilin, no sul da China

O fórum é uma ponte importante para Guangxi realizar a cooperação turística e aprimorar os intercâmbios humanísticos com países estrangeiros

Transportadores de combustíveis iniciam greve apoiada por FUP e sindicatos

Transportadores de combustíveis iniciam greve apoiada por FUP e sindicatos

Outra greve, de cargas em geral, está prevista para começar no dia 1º de novembro

O que é preciso para o Brasil virar potência no agronegócio e elevar sua rentabilidade?

O que é preciso para o Brasil virar potência no agronegócio e elevar sua rentabilidade?

A Sputnik Brasil conversou com a economista especializada em agronegócio e professora da Fundação Armando Álvares Penteado e da FATEC São Paulo dra. Anapaula Iacovino Davila para compreender o perigo de depender das exportações de commodities, bem como o que isso significa para o país

Crise dos fertilizantes pode afetar abastecimento interno do Brasil

Crise dos fertilizantes pode afetar abastecimento interno do Brasil

Em encontro com apoiadores no Guarujá, presidente Bolsonaro citou o pó de rocha como opção para agricultura

Consumidor brasileiro gosta de 'regalias' por isso low cost não 'vingam', diz especialista

Consumidor brasileiro gosta de 'regalias' por isso low cost não 'vingam', diz especialista

A Sputnik Brasil conversou com dois especialistas sobre os novos acordos da Embraer e as expectativas de retomada no setor aéreo após o impacto da pandemia do novo coronavírus.

Fenafisco: Alteração no ICMS é desleal e não resolve alta dos combustíveis

Fenafisco: Alteração no ICMS é desleal e não resolve alta dos combustíveis

"É medida paliativa e falsa solução para o elevado preço dos combustíveis, resultado da política de preços da Petrobras", diz a nota.

Conselheira do Cade pede reanálise de operação entre BRF e Marfrig

Conselheira do Cade pede reanálise de operação entre BRF e Marfrig

Pelas regras do Cade, a Superintendência-Geral - área responsável por investigações e instruções de processos - pode aprovar operações que entenda não oferecer riscos à concorrência.

Previsão de crescimento pra América Latina em 2021 salta, mas Brasil vê projeção despencar, diz FMI

Previsão de crescimento pra América Latina em 2021 salta, mas Brasil vê projeção despencar, diz FMI

Relatório "Perspectiva Econômica Mundial" foi divulgado nesta terça- feira (12) pelo Fundo Monetário Internacional e traça prognóstico pras diferentes economias

Para Guterres, Nobel da Paz é lembrete de que nenhuma sociedade é livre sem jornalistas

Para Guterres, Nobel da Paz é lembrete de que nenhuma sociedade é livre sem jornalistas

Jornalista Maria Ressa durante diálogo sobre liberdade de imprensa, na internet, organizado pela Unesco em maio

Cúpula Mundial da Economia Verde de 2021 termina com a 7ª Declaração de Dubai

Cúpula Mundial da Economia Verde de 2021 termina com a 7ª Declaração de Dubai

A WGES terminou com Sua Ex.ª Saeed Mohammed Al Tayer, vice-presidente do Conselho Supremo de Energia de Dubai, diretor executivo e CEO da DEWA e presidente da WGES, anunciando a Declaração de Dubai de 2021

Brasileiro já usa mais lenha do que gás na cozinha

Brasileiro já usa mais lenha do que gás na cozinha

Apenas neste ano, a Petrobras já reajustou o preço do GLP em 47 53%. Desde o início de 2020, a alta acumulada é de 81,5%.