×
ContextoExato

Contexto Exato

Brasil - Brasília - Distrito Federal - 28 de novembro de 2021

Magistrados emitem nota de repúdio após Flávio atacar juiz que autorizou operações contra Queiroz

Magistrados emitem nota de repúdio após Flávio atacar juiz que autorizou operações contra QueirozFoto:

Flávio ataca juiz e governador para afastar a atenção de Queiroz

Marcio Dolzan-estadão/tribuna Da Internet - 20/12/2019 - 11:48:28

A Associação dos Magistrados do Estado do Rio de Janeiro (Amaerj) divulgou nota na noite desta quinta-feira, dia 19, repudiando declarações do senador Flávio Bolsonaro (sem partido), que acusou a filha do juiz Flavio Itabaiana de Oliveira Nicolau, da 27° Vara Criminal de ser funcionária fantasma do governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel (PSC). O magistrado foi responsável por autorização operação de buscas e apreensões que mirou endereços ligados ao parlamentar e seus ex-assessores.

PRESSÃO – “O descabido ataque ao magistrado representa uma tentativa, que será vã, de pressão contra o Judiciário. As decisões tomadas pelo doutor Flávio Itabaiana Nicolau são absolutamente coerentes com o modo de atuação da Justiça fluminense, a mais produtiva do país há dez anos consecutivos, com os rumos do inquérito e com as investigações desenvolvidas pelas autoridades competentes”, diz trecho da nota.


Em vídeo divulgado nas redes sociais para ‘esclarecer’ as acusações do Ministério Público no caso das ‘rachadinhas’, Flávio Bolsonaro afirmou que o juiz Itabaiana Nicolau ‘virou motivo de chacota no judiciário do Rio’ por ter autorizado, em abril, a quebra de sigilo fiscal e bancário de mais de 90 pessoas. Segundo o parlamentar, Nicolau autorizou a ação ‘sem nenhuma fundamentação’.

###

VEJA A NOTA NA ÍNTEGRA

A Associação dos Magistrados do Estado do Rio de Janeiro (AMAERJ) repudia as ofensas dirigidas ao juiz Flávio Itabaiana Nicolau, da 27ª Vara Criminal do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro (TJ-RJ), pelo senador Flávio Bolsonaro.

O descabido ataque ao magistrado representa uma tentativa, que será vã, de pressão contra o Judiciário. As decisões tomadas pelo doutor Flávio Itabaiana Nicolau são absolutamente coerentes com o modo de atuação da Justiça fluminense, a mais produtiva do país há dez anos consecutivos, com os rumos do inquérito e com as investigações desenvolvidas pelas autoridades competentes.

As declarações do senador Flávio Bolsonaro atingem a todos os juízes e desembargadores do Estado do Rio de Janeiro.

O Poder Judiciário é um sólido pilar do Estado Democrático de Direito. A Magistratura brasileira é independente. Qualquer tentativa de intimidação à Justiça e a seus magistrados será firmemente repudiada por esta Associação e seus dirigentes.

A AMAERJ manifesta apoio integral ao magistrado titular da 27ª Vara Criminal, de ações, por todos conhecidas, competente, independente, equilibrada e firme.

###
NOTA DA REDAÇÃO – Flávio tenta se defender atacando, mas até agora não explicou a prática da rachadinha e os funcionários fantasmas do seu gabinete. Até quando pensa que a cortina de fumaça que tenta produzir irá durar ? (Marcelo Copelli)


Comentários para "Magistrados emitem nota de repúdio após Flávio atacar juiz que autorizou operações contra Queiroz":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório
Ministério Público de MG recorre de decisão que transfere julgamento de Brumadinho

Ministério Público de MG recorre de decisão que transfere julgamento de Brumadinho

A defesa dos acusados alegou que, na denúncia apresentada pela Promotoria, há elementos que indicam interesse jurídico da União na ação. É o caso de possíveis danos a sítios arqueológicos, que são bens da União.

Vale a pena criar novo Fundo Amazônia? Especialista responde

Vale a pena criar novo Fundo Amazônia? Especialista responde

Criado em 2008, Fundo Amazônia financiado majoritariamente por Alemanha e Noruega não recebe repasses desde 2019. Em entrevista com Sputnik Brasil, especialista analisou o que governo poderia fazer com a estrutura.

Pesquisa mostra brasileiros mais preocupados com pobreza e pandemia

Pesquisa mostra brasileiros mais preocupados com pobreza e pandemia

Poluição e escassez de água potável também preocupam

Segundo dia de aplicação do Enem é amanhã

Segundo dia de aplicação do Enem é amanhã

É recomendado que se leve o Cartão de Confirmação da Inscrição

Dos pasquins à internet: Jornalismo negro atravessou séculos em luta contra o racismo

Dos pasquins à internet: Jornalismo negro atravessou séculos em luta contra o racismo

Anos à frente da mídia tradicional na cobertura das desigualdades do Brasil, mídia preta enfrenta desafios históricos

Vale, Tüv Süd e 19 pessoas são indiciadas pela Polícia Federal pela tragédia de Brumadinho

Vale, Tüv Süd e 19 pessoas são indiciadas pela Polícia Federal pela tragédia de Brumadinho

Inquérito segue agora para o MPF; gestores e diretores das empresas multinacionais estão entre os indiciados

Brasil ‘não pode ser atraente para o turismo antivacina’, diz diretor da Anvisa

Brasil ‘não pode ser atraente para o turismo antivacina’, diz diretor da Anvisa

“Agora, o Brasil não pode ser atraente para o turismo antivacina. Isso não é razoável, não é aceitável, e nós iremos às ultimas consequências defendendo as nossas posições embasadas em ciência para proteger o nosso cidadão”, complementou o diretor da Anvisa.

Campanha Natal Sem Fome do MST arrecada recursos para doação de alimentos; Saiba como ajudar

Campanha Natal Sem Fome do MST arrecada recursos para doação de alimentos; Saiba como ajudar

Para contribuir com a campanha, é possível doar recursos financeiros que irão auxiliar na produção das cestas

Decisão do STJ impede obra de resort em Restinga de Maricá no Rio

Decisão do STJ impede obra de resort em Restinga de Maricá no Rio

A ação suspende qualquer empreendimento nesta área ambiental

Banco Central regulamenta Pix Saque e Pix Troco

Banco Central regulamenta Pix Saque e Pix Troco

Novas modalidades estarão disponíveis na próxima segunda-feira

Senado aprova BR do Mar, projeto que visa impulsionar navegação em portos nacionais

Senado aprova BR do Mar, projeto que visa impulsionar navegação em portos nacionais

A proposta foi aprovada pelos senadores, mas voltará à Câmara dos Deputados uma vez que o texto sofreu alteração. Posteriormente, segue para sanção do presidente, Jair Bolsonaro.