×
ContextoExato
Responsive image

Mais da metade dos idosos não têm plano de saúde no Distrito Federal

Mais da metade dos idosos não têm plano de saúde no Distrito FederalFoto: Pixabay

Ranking da morte

Correioweb - 19/04/2020 - 10:38:37

Quando se fala em grupo de risco para a Covid-19 pela idade no Distrito Federal, esse número chega a 303.017 pessoas. São idosos, com 60 anos ou mais, segundo pesquisa da Codeplan, com dados de 2018. Esse contingente representa 10,5% da população total do Distrito Federal. A maioria (59,7%) tem entre 60 e 69 anos. São mulheres (57%) e aproximadamente 40% vivem em Ceilândia, Plano Piloto e Taguatinga. É justamente o Plano Piloto que concentra o maior número de casos do novo coronavírus. São 175 de 670. O levantamento também mostra que mais da metade (53,2%) dos idosos não têm plano de saúde e precisa da rede pública para atendimento médico-hospitalar. Desses, 10,8% moram em Ceilândia. Por outro lado, em regiões administrativas, como Plano Piloto (88,7%), Lago Sul (91,9%), Lago Norte (86,2%), Sudoeste/Octogonal (89,7%) e Park Way (82%), mais de 80% da população contam com assistência privada.


Visita dos animais de estimação

Entre os projetos de lei discutidos pelos distritais na semana passada, há uma proposta destinada a quem tenha uma forte ligação com seus animais de estimação. Projeto dos deputados Eduardo Pedrosa (PTC) e Robério Negreiros (PSD), aprovado pela Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), assegura o direito de liberação de entrada de pets em hospitais públicos para visitas a pacientes internados, com condições e horários pré-determinados pelos estabelecimentos. Na justificativa da proposta, os autores acentuam os fins terapêuticos da medida na recuperação de pacientes.

Crescendo

A quantidade de idosos no Distrito Federal tem crescido, acompanhando a tendência demográfica mundial e nacional. Segundo projeções do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a população idosa do DF pode chegar a 565 mil, em 2030. Sinal de que é preciso investir em políticas públicas para essa parcela da população. Segundo a Codeplan, ações nas áreas de previdência, saúde, proteção social e de integridade como, também, de reinserção no mercado de trabalho.

 (Minervino Junior/CB/D.A Press - 2/8/19 )

Cuidado com o Dia das Mães

Se o comércio abrir em 3 de maio como esperam os empresários e comerciantes, haverá tempo para as compras do dia das mães. O receio é de que o novo coronavírus ganhe força a partir daí e a data não tenha motivos de comemoração.

 (Edy Amaro/Esp. CB/D.A Press - 15/5/19 )

Vamos olhar Brasília

Estão abertas até 21 de abril as inscrições para o Prêmio Olhar Brasília de Fotografia, organizado pelas jornalistas Márcia Zarur e Samanta Sallum. São cinco categorias à escolha, para amadores e profissionais. Cada participante pode concorrer com uma única foto. Na categoria Cor, todos podem participar. É para quem fez um belo registro da cidade com o celular ou com uma câmera fotográfica. Cada categoria terá três vencedores, que ganharão premiações em dinheiro entre R$ 300 e R$ 1 mil. As inscrições são gratuitas! Saiba mais e conheça as outras categorias no site www.olharbrasilia.com. As fotos selecionadas farão parte também de uma exposição em homenagem aos 60 anos de Brasilia, prevista para o segundo semestre. Mas o resultado do concurso será revelado em maio, pelas redes sociais. Não precisa sair de casa para fazer uma foto bonita. Pode ser alguma imagem guardada ou um clique da janela ou da porta de casa. Importante é registrar as cores e o amor por Brasília.

Ranking da morte

O Distrito Federal está em 13° lugar no ranking do número de casos confirmados do Ministério da Saúde. Com 796 casos, está atrás de São Paulo, Rio de Janeiro, Ceará, Pernambuco, Amazonas, Bahia, Minas Gerais, Maranhão, Santa Catarina, Espírito Santo, Paraná e Rio Grande do Sul. Em relação a mortes, o DF aparece em 15°, empatado com Rio Grande do Norte e Rio Grande do Sul, que também contam 24 vítimas fatais. A surpresa é o desempenho dos vizinhos. Goiás tem metade dos infectados (378) e 18 mortos.


Só papos

 (Ed Alves/CB/D.A. Press)


“Como você tem dinheiro limitado, você vai ter que fazer escolhas. Vai ter que definir onde você vai investir. Eu tenho uma pessoa mais idosa que tem uma doença crônica avançada e ela teve uma complicação. Para ela melhorar eu vou gastar praticamente o mesmo dinheiro que eu vou gastar em um adolescente que está com problema. O mesmo dinheiro que eu vou investir. É igual. Só que essa pessoa é um adolescente, que vai ter a vida inteira pela frente e outra é uma pessoa idosa, que pode estar no final da vida”

Ministro da Saúde, Nelson Teich, em vídeo destinado a médicos da área de oncologia

 (Mariane Silva/Esp. CB/D.A Press - 10/2/20)

“Parece que instalamos a pena de morte no Brasil para aqueles que são mais velhos e que ajudaram a construir a nossa história. Isso não é desrespeito, isso é desumanidade. Governo que não protege o cidadão não serve para ser Governo”

Superintendente regional do Sebrae-DF, Valdir Oliveira

Mandou bem

O Governo do Distrito Federal pretende tornar o uso da máscara de proteção individual obrigatória para os toda população a partir de 3 de maio. A ideia do governador Ibaneis Rocha é implementar a medida para reduzir a chance de contágio de Covid-19.

Mandou mal

Devido à pandemia do novo coronavírus, o PIB da China encolheu 6,8% nos primeiros três meses deste ano. Não havia retração como essa no país desde que os dados começaram a ser publicados em 1992. Imagine o que vai acontecer com o Brasil...

Enquanto isso...

Na sala de Justiça

Nesta semana, o Tribunal de Justiça do DF realiza a primeira posse por videoconferência de sua história. O desembargador Romeu Gonzaga Neiva assume a Presidência na quarta-feira, com transmissão no site do TJDFT e no YouTube, sem a tradicional fila de cumprimentos. São os tempos do coronavírus.

A pergunta que não quer calar….

Não teria uma forma de manter a economia funcionando e as pessoas em confinamento por mais tempo? Não seria uma boa ideia mirar os exemplos de outras cidades que abriram tudo e precisaram voltar ao lockdown depois de muitas mortes pela Covid-19?

Comentários para "Mais da metade dos idosos não têm plano de saúde no Distrito Federal":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório