×
ContextoExato

Contexto Exato

Brasil - Brasília - Distrito Federal - 04 de dezembro de 2021

Manaus: Os 352 anos da porta de entrada da Amazônia brasileira

Manaus: Os 352 anos da porta de entrada da Amazônia brasileiraFoto: Assessoria de Comunicação do Ministério do Turismo

Viaje com a gente e saiba um pouco mais sobre o rico e diversificado turismo na capital do Amazonas

Assessoria De Comunicação Do Ministério Do Turismo - 24/10/2021 - 09:50:28

Porta de entrada da Amazônia brasileira, Manaus (AM) completa neste domingo (24.10) 352 anos de sua fundação. Repleta de atrativos turísticos, a capital amazonense soube como ninguém aproveitar as belezas naturais da região, além de uma singular culinária para atrair visitantes. Para nos apresentar esta bela cidade, a Agência de Notícias do Turismo convidou o guia local André Albuquerque que aponta o que há de melhor na terra dos manauaras. Vamos juntos embarcar nesta viagem?

“O turista quando vier a Manaus não pode deixar de visitar o Porto de Manaus, o maior porto flutuante do mundo”. Logo de cara, André nos presenteou com um dos principais pontos turísticos da cidade. “O porto foi projetado pelos ingleses na época do ciclo da borracha onde a cidade de Manaus tinha um grande destaque econômico no país por conta da produção e venda da borracha de ótima qualidade. Com isso, todos os olhos europeus estavam voltados à nossa cidade”, pontuou.

Ainda no mesmo local, o guia destaca uma visita à uma grande obra arquitetônica totalmente europeia, chamada de Alfândega e Guardamoria. “O prédio possui uma construção muito bonita, totalmente pré-fabricada em estilo eclético com alguns elementos medievalistas e renascentistas”, disse. Construído no século XX, logo após o surgimento do Porto de Manaus, foi tombado como patrimônio histórico nacional em 1987 e é um dos principais atrativos da capital amazonense a ser visitado.

Para quem curte um tour de natureza, Manaus oferece ao turista o Encontro das Águas, confluência entre os rios Negro e Solimões, bem como o Arquipélago de Anavilhanas, palco de mergulhos com botos-cor-de-rosa. Outras atrações que chamam a atenção são a Praia de Ponta Negra, cartão-postal da cidade, e as construções que remetem ao Ciclo da Borracha, período marcado pela extração e comercialização do látex, produzido a partir das seringueiras.

Também não podemos esquecer do imponente Teatro Amazonas, palco de grandes espetáculos. Localizado no Largo de São Sebastião, no Centro de Manaus, o local mantém viva boa parte da história do ciclo da borracha, época áurea da capital amazonense. Inaugurado no dia 31 de dezembro de 1896 e tombado como Patrimônio Histórico Nacional em 1966, o Teatro Amazonas preserva parte da arquitetura e decoração originais. O estilo arquitetônico é renascentista, com detalhes ecléticos. Na área externa, a famosa cúpula chama a atenção pela exuberância, composta por 36 mil peças nas cores da bandeira brasileira, importadas da Alsácia, na França.

E para quem gostar e quiser aprender um pouco mais sobre a riqueza cultural da capital amazonense, o Centro Cultural dos Povos da Amazônia é o local certo. O espaço visa valorizar, difundir e disseminar as informações geradas e produzidas sobre os países da Amazônia Continental, formada por Bolívia, Brasil, Colômbia, Equador, Guiana, Peru, Suriname, Venezuela e a Guiana Francesa.

CULINÁRIA – Ir a Manaus e não comer o Sanduíche de Tucumã é quase uma afronta. O prato é típico da capital amazonense e pode ser encontrado em diversos pontos da cidade. Outros que devem constar na sua lista são a moqueca de Pirarucu e a costela de Tambaqui. Para beber, peça aquele suco de taperebá geladinho. Já deu água na boca, né? Para a sobremesa, deliciosas frutas tropicais, como cupuaçu, pitomba, graviola, tucumã, pupunha, entre outras.

Por Victor Maciel


Comentários para "Manaus: Os 352 anos da porta de entrada da Amazônia brasileira":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório
Balneário Camboriú reabre praia após alargar faixa de areia

Balneário Camboriú reabre praia após alargar faixa de areia

Na contramão de pelo menos 19 capitais, preocupadas com o avanço da covid-19 no exterior e a chegada da variante Ômicron, Camboriú decidiu manter as festas públicas de réveillon.

Santuário do Caraça projeta aquecimento no turismo para 2022

Santuário do Caraça projeta aquecimento no turismo para 2022

"A Hora do Lobo" é uma das principais atrações à noite no Caraça

Trilha Transmantiqueira passa a integrar a RedeTrilhas

Trilha Transmantiqueira passa a integrar a RedeTrilhas

Percurso é o quinto a ser incorporado e será mais um produto competitivo do Brasil no turismo de natureza

Ministério do Turismo divulga municípios escolhidos para “Brasil, essa é a nossa praia!”

Ministério do Turismo divulga municípios escolhidos para “Brasil, essa é a nossa praia!”

Praia do Preá, no município de Cruz, selecionado para o projeto.

Novos lugares para passear em São Paulo

Novos lugares para passear em São Paulo

Entre as opções, o Estadão selecionou novos locais - entre bar, restaurante, teatro e cinema. Tudo isso para você se animar a sair de casa.

Geoparque Seridó passa por avaliação para integrar rede mundial da Unesco

Geoparque Seridó passa por avaliação para integrar rede mundial da Unesco

Membros do Ministério do Turismo acompanham visita técnica que pode fazer do local o segundo do país reconhecido internacionalmente

Ministério do Turismo lança websérie Rotas Criativas do Brasil

Ministério do Turismo lança websérie Rotas Criativas do Brasil

O primeiro vídeo aborda a riqueza e diversidade da gastronomia de Belém, capital do Pará

Vivências no litoral dominam memória de férias do brasileiro, indica pesquisa

Vivências no litoral dominam memória de férias do brasileiro, indica pesquisa

Pôr do sol na Praia da Paúba, em São Sebastião (SP).

Novo Airão atrai turistas e investidores Turismo

Novo Airão atrai turistas e investidores Turismo

Faixas de areia branquinha se formam no período de seca do rio.

MTur prestigia abertura do II Fórum Luso-Brasileiro de Turismo e Negócios

MTur prestigia abertura do II Fórum Luso-Brasileiro de Turismo e Negócios

Gilson Machado Neto e Carlos Brito (Embratur) participam da abertura do fórum.

Museu da História e Cultura Afro-Brasileira é inaugurado no Rio de Janeiro

Museu da História e Cultura Afro-Brasileira é inaugurado no Rio de Janeiro

Espaço funcionará de quinta a sábado, com entrada franca