×
ContextoExato

Contexto Exato

Brasil - Brasília - Distrito Federal - 21 de maio de 2022

Maria Ivatônia dos Santos toma posse como desembargadora do TJ do DF

Maria Ivatônia dos Santos toma posse como desembargadora do TJ do DFFoto: Tribunal de Justiça do Distrito Federal e dos Territórios – TJDFT

A nova magistrada

Tribunal De Justiça Do Distrito Federal E Dos Territórios – Tjdft - 13/12/2019 - 07:10:21

O Tribunal de Justiça do Distrito Federal e dos Territórios - TJDFT empossou nesta quinta-feira, 12/12, Maria Ivatônia Barbosa dos Santos, a primeira desembargadora negra da Justiça local. A solenidade, conduzida pelo Presidente do Tribunal, desembargador Romão C. Oliveira, foi prestigiada por autoridades, magistrados, servidores, familiares e amigos da nova desembargadora.

Após apresentar uma breve biografia da empossada, o Presidente destacou que espera que a magistrada seja tão feliz como desembargadora desta Corte quanto foi até hoje na qualidade de juíza do 1º Grau e de juíza substituta de 2º Grau. “Tenho certeza que a santidade caminha com nossa desembargadora. Uma pessoa pura, perfeita, talhada para a magistratura. Certamente prestará um grande serviço ao Distrito Federal”, ressaltou o desembargador. Durante a cerimônia, a nova magistrada da Justiça do DF realizou a leitura do juramento de posse e foi condecorada com a Ordem do Mérito Judiciário do Distrito Federal e dos Territórios, em seu grau máximo – Grão Colar.


Além do Presidente do TJDFT, compuseram a mesa de honra da solenidade: a Procuradora-Geral de Justiça do DF, Fabiana Costa; o Consultor Jurídico do DF, Rodrigo Becker, representando o Governador do DF, Ibaneis Rocha; o Presidente da Associação dos Magistrados do DF, juiz Fábio Esteves; e o Secretário-Geral da OAB/DF, Márcio de Souza Oliveira, representando o Presidente da entidade Délio Lins.

A nova desembargadora do TJDFT foi eleita de forma unânime em sessão do Pleno do TJDFT, no dia 19/11. A magistrada ocupa a vaga decorrente da aposentadoria do desembargador Marco Antônio da Silva Lemos.


Natural de Arraias/TO, a ex-delegada da Polícia Civil de Goiás ingressou na magistratura do DF em 07/05/1993, como juíza de direito substituta. Em 02/02/1996, foi promovida a juíza de direito, e, em 15/4/2014, tomou posse no cargo de juíza de direito substituta de 2º grau.

Graduada em Direito pela Universidade Católica de Goiás – UCG, a magistrada é pós-graduada em Direito Constitucional Eleitoral pela Universidade de Brasília – UnB, em Direito Penal e Direito Administrativo pela Universidade Católica de Brasília e em Direito Penal, Direito Processual Penal e Direito Constitucional pela Universidade Católica de Goiás.

Como juíza substituta, atuou na 2ª Vara de Entorpecentes e Contravenções Penais/DF. Foi titular da Auditoria Militar e da 2ª Vara Criminal de Taguatinga; diretora do Fórum de Taguatinga e do Fórum Desembargador José Júlio Leal Fagundes; e coordenadora da Central de Guarda de Objetos de Crime (CEGOC) - tendo sido condecorada com a Medalha do Mérito Policial Civil Juscelino Kubitschek de Oliveira pelos relevantes serviços prestados à frente da CEGOC; entre outras atividades.

No Tribunal Regional Eleitoral do DF, a magistrada ocupou os cargos de desembargadora eleitoral titular e substituta, bem como de Ouvidora, e foi condecorada com a medalha do Mérito Eleitoral do Distrito Federal na classe jurista. Além disso, foi coordenadora da Revista da Escola da Magistratura do Distrito Federal.

Clique aqui e confira as fotos da solenidade no Flickr do TJDFT.

Fotos: Samuel Figueira - Proforme/Divulgação TJDFT


Comentários para "Maria Ivatônia dos Santos toma posse como desembargadora do TJ do DF":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório
Alcoólicos Anônimos só para mulheres tem impacto positivo

Alcoólicos Anônimos só para mulheres tem impacto positivo

Dados são de estudo realizado por pesquisadores da USP

Influenciadora digital compartilha a rotina de viver com a Doença de Crohn

Influenciadora digital compartilha a rotina de viver com a Doença de Crohn

Lorena fala que durante a adolescência se sentia isolada e até excluída, mas viu na internet um refúgio. Ela revela que demorou um tempo para falar sobre a doença e sua deficiência.

Especialista em finanças lança obra voltada a mulheres que querem independência financeira

Especialista em finanças lança obra voltada a mulheres que querem independência financeira

Para a escritora, a obra é necessária porque ajuda as mulheres a trilhar um caminho de mentalidade financeira abundante

No Dia das Mães, mulheres falam sobre adoção monoparental no Brasil

No Dia das Mães, mulheres falam sobre adoção monoparental no Brasil

A chamada adoção solo tem as mesmas regras do processo biparental

Mujeres Fuertes: Mães venezuelanas recebem apoio para conquistar autonomia no Brasil

Mujeres Fuertes: Mães venezuelanas recebem apoio para conquistar autonomia no Brasil

Conciliar família, trabalho e estudo é uma tarefa inevitável para mulheres mundo afora. Em Manaus, mães venezuelanas têm ganhado apoio em sua jornada

Bolsonaro sanciona Plano de Enfrentamento à Violência contra a Mulher

Bolsonaro sanciona Plano de Enfrentamento à Violência contra a Mulher

Lei integra a Política Nacional de Segurança Pública e Defesa Social

Filme recupera a luta feminista pós-ditadura

Filme recupera a luta feminista pós-ditadura

O filme dá ideia perfeita da trajetória e das dificuldades dessa luta.

Meninas melhoram desempenho em matemática e se igualam a meninos

Meninas melhoram desempenho em matemática e se igualam a meninos

É o que revela estudo feito pela Unesco

Banco Mundial e cidades brasileiras em parceria contra violência de gênero

Banco Mundial e cidades brasileiras em parceria contra violência de gênero

Em 2006, a lei brasileira Maria da Penha trouxe o reconhecimento e a responsabilização criminal da violência contra a mulher, mas ainda existem muitos desafios a serem superados

Mulheres negras são 65% das trabalhadoras domésticas no país

Mulheres negras são 65% das trabalhadoras domésticas no país

Maioria recebe menos que um salário mínimo e não tem carteira assinada

Professoras da USP criam projeto de mentoria para mulheres economistas

Professoras da USP criam projeto de mentoria para mulheres economistas

Objetivo é ajudar jovens profissionais a entrar no mercado de trabalho