×
ContextoExato

Contexto Exato

Brasil - Brasília - Distrito Federal - 27 de novembro de 2021

Mensalidade dos pequenos planos empresariais sobe e preocupa consumidores

Mensalidade dos pequenos planos empresariais sobe e preocupa consumidoresFoto: Idec

Reajuste abusivo pode ser revisto na Justiça

Estadão Conteúdo - 25/10/2021 - 10:09:16

Os planos de saúde coletivos, que atendem pequenos empresários e trabalhadores inscritos como MEI (Microempreendedor Individual), estão mais caros do que os demais planos de saúde, de acordo com dados da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS)

Segundo a ANS, os pequenos planos de saúde coletivos, que atendem até 29 pessoas, tiveram aumento de 9,84% em 2021, enquanto os planos coletivos com mais de 30 pessoas subiram 5,55%. Já os planos individuais tiveram queda de 8,19%.


O reajuste é apenas um dos riscos para consumidores que optam por esse tipo de plano de saúde, destaca Elton Fernandes, ad vogado especialista em plano de saúde. O especialista alerta que o cancelamento unilateral do contrato também é uma prática comum entre as operadoras, o que coloca em risco os tratamentos médicos dos consumidores a longo prazo.


Reajuste abusivo pode ser revisto na Justiça

Parte expressiva das operadoras de saúde deixaram de ofertar planos individuais e familiares no mercado, incentivando que os consumidores adiram a planos empresariais a fim de permitir reajustes maiores que aqueles aplicados aos planos individuais e familiares, alerta Elton Fernandes.


E as regras para a aplicação de reajustes são falhas, afirma o advogado. Enquanto os planos individuais têm aumento definido pela ANS, os planos coletivos por adesão ou empresariais ficam livres para definir o índice de reajuste sem interferência da agência.


O advogado explica que o cálculo que define o valor do reajuste dos planos de saúde coletivos considera a sinistralidade: o que foi gasto com procedimentos médicos e o que foi pago pelos consumidores nas mensalidades.


Já nos planos com mais de 30 vidas, a conta é feita anualmente em cada contrato. O especialista ainda ressalta que os mais prejudicados são os beneficiários. A boa notícia, de acordo com o advogado, é que a Justiça tem sido favorável aos consumidores.

'A Justiça tem analisado casos de plano de saúde empresarial e em centenas de casos tem determinado a revisão desses percentuais, obrigando as operadoras a seguirem os índices de reajuste arbitrados pela ANS para os planos familiares e individuais', informa.


Nesse caso, é necessário entender quantas pessoas compõem o contrato, qual o vínculo entre elas e avaliar se é um plano realmente empresarial ou um falso coletivo. Além disso, é importante apresentar um histórico dos últimos pagamentos e a cópia do contrato, explica Elton Fernandes.


O especialista ainda reforça: com uma ação judicial é possível reduzir o reajuste abusivo de todo o contrato, diminuindo o valor da mensalidade, e recuperar o valor pago indevidamente nos últimos três anos.


Cancelamento unilateral do plano de saúde empresarial é ilegal, alerta especialista

O reajuste abusivo não é o único risco para os beneficiários dos planos de saúde coletivos. O cancelamento unilateral dos contratos, por exemplo, é outra prática comum entre os planos empresariais e que gera reclamações entre os consumidores, relata Elton Fernandes.


Em muitos casos, o cancelamento acontece quando o beneficiário está no meio de um tratamento importante, ou então, completa a maior idade, informa o advogado Elton Fernandes, com ampla experiência na defesa dos consumidores.


O especialista ressalta que essa conduta também pode ser revista judicialmente. 'Muitas decisões têm garantido a proibição de que a operadora cancele um contrato, exceto quando há comprovação de inadimplência ou fraude', comenta.


Website: https://www.eltonfernandes.com br

Comentários para "Mensalidade dos pequenos planos empresariais sobe e preocupa consumidores":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório
Covid-19: TJDFT confirma que paciente com risco de trombose tem direito à vacina específica

Covid-19: TJDFT confirma que paciente com risco de trombose tem direito à vacina específica

A autora de 44 anos apresentou relatório médico que comprova trombofilia hereditária, causada por mutação genética que aumenta de duas a seis vezes o risco de doença vascular arterial e em até quatro vezes o risco de trombose venosa

Passageira que fraturou coluna após queda em ônibus deve ser indenizada

Passageira que fraturou coluna após queda em ônibus deve ser indenizada

A decisão foi unânime.

Cirurgias reparadoras em transexuais devem obedecer ordem de prioridade do SUS

Cirurgias reparadoras em transexuais devem obedecer ordem de prioridade do SUS

Conheça os termos da Portaria 2803/13, do Ministério da Saúde.

Conselho mantém lei que altera contribuição previdenciária de servidores e pensionistas do DF

Conselho mantém lei que altera contribuição previdenciária de servidores e pensionistas do DF

A decisão foi unânime.

Ex-cônjuge que não recebe pensão alimentícia não tem direito a ser incluída em plano de saúde

Ex-cônjuge que não recebe pensão alimentícia não tem direito a ser incluída em plano de saúde

Processo em segredo de justiça.

Distrito Federal deverá custear exame genético para tratamento neurológico em criança

Distrito Federal deverá custear exame genético para tratamento neurológico em criança

Cabe recurso da decisão.

Invasão de perfil em rede social gera dever de indenizar

Invasão de perfil em rede social gera dever de indenizar

Dono de perfil hackeado no Instagram deverá ser indenizado após empresa agir com desídia (negligência) ao não permitir exclusão de contas falsas vinculadas. A decisão é do juiz titular do 2º Juizado Especial Cível de Brasília.

Procon orienta sobre compras na Black Friday

Procon orienta sobre compras na Black Friday

Informações sobre loja ou empresa é fundamental

SLU suspende edital para cooperativas de recicláveis por sugestão do MPDFT e MPC/DF

SLU suspende edital para cooperativas de recicláveis por sugestão do MPDFT e MPC/DF

Representação recebida pela Prodema alegava que o chamamento público estaria direcionado para excluir integrantes da Central de Cooperativas de Materiais Recicláveis do DF

Prodecon obtém decisões que garantem abatimento em mensalidades durante pandemia

Prodecon obtém decisões que garantem abatimento em mensalidades durante pandemia

Faculdades devem restituir aos alunos percentual referente à redução de gastos obtida com a mudança do sistema de aulas para ensino a distância

Como trocar de plano de saúde sem carência

Como trocar de plano de saúde sem carência

Primeira portabilidade pode ser feita após dois anos no plano original