×
ContextoExato

Contexto Exato

Brasil - Brasília - Distrito Federal - 12 de agosto de 2022

Mestre em Economia ganha prêmio do Serviço Florestal Brasileiro

Mestre em Economia ganha prêmio do Serviço Florestal Brasileiro

Foto: Agência Brasil

Edson conta que o PIB Florestal dá uma visão, ainda que mínima, de como os setores estão demandando, consumindo e ofertando energia, por exemplo.

Por Yara Aquino - Agência Brasil Brasília - 31/05/2019 - 17:46:52

Um projeto que trata de alternativas para a definição de um Produto Interno Bruto (PIB) Florestal foi o vencedor da categoria profissional do 6° Prêmio Serviço Florestal Brasileiro em Estudos de Economia e Mercado Florestal. A premiação nas categorias profissional e estudante foi entregue hoje (30), em Brasília, na Confederação Nacional da Indústria (CNI).


O vencedor é Edson Rodrigo Toledo Neto, mestre em Economia e engenheiro florestal. “Na prática tentamos traduzir como o capital natural é tratado dentro do sistema das contas nacionais. A conta de florestas não é simples de ser constituída dentro do sistema de contas e para obtenção do PIB”, explicou.

Edson Rodrigo Toledo Neto, 1º lugar na categoria profissional, durante cerimônia de entrega do 6º Prêmio Serviço Florestal Brasileiro em Estudos de Economia e Mercado Florestal, na Confederação Nacional da Indústria (CNI).

Edson Rodrigo Toledo Neto, 1º lugar na categoria profissional, durante cerimônia de entrega do 6º Prêmio Serviço Florestal Brasileiro em Estudos de Economia e Mercado Florestal (Antonio Cruz/Agência Brasil)

Edson conta que o PIB Florestal dá uma visão, ainda que mínima, de como os setores estão demandando, consumindo e ofertando energia, por exemplo.

“A importância do trabalho é conseguir traduzir a oferta e demanda”, afirmou. O título do trabalho é “Alternativas para definição do PIB Florestal a partir do sistema de contas nacionais.”

Manejo da madeira

O plantio de florestas para a extração de madeira de forma planejada e sustentável para gerações de renda no noroeste do Estado do Rio de Janeiro foi o tema da vencedora do terceiro lugar na categoria estudante. A autora do projeto, Carla Johanna Lessa, desenvolveu o programa a partir de sua realidade local, no noroeste fluminense. A área tem atividade mais voltada ao agronegócio e também forte demanda por madeira e potencial de plantio de florestas.


A estudante avaliou que inserir o cultivo florestal poderia impulsionar o desenvolvimento econômico da região. “Isso de forma que sejam respeitadas todas questões ambientais, leis e, ao mesmo tempo, propicie benefícios ambientais à comunidade em geral”, contou.


Em um ano e meio de pesquisa, Carla conversou com comerciantes da região para compreender a logística da comercialização da madeira para comprovar a viabilidade de implementar a atividade.

Carla Johanna Lessa Silva, 3º lugar na categoria estudante, durante cerimônia de entrega do 6º Prêmio Serviço Florestal Brasileiro em Estudos de Economia e Mercado Florestal, na Confederação Nacional da Indústria (CNI).

Carla Johanna Lessa Silva, 3º lugar na categoria estudante, durante cerimônia de entrega do 6º Prêmio Serviço Florestal Brasileiro (Antonio Cruz/Agência Brasil)

Com o trabalho concluído, ela gostaria de colocar as ideias em prática para beneficiar a população local. “Precisamos de apoios governamentais e também temos o setor privado que é o produtor. Às vezes você chegar para um produtor e dizer para ele plantar floresta pode ser meio difícil ele encarar essa situação, mas é todo um processo de conscientização dessas pessoas”, explicou.

O projeto de Carla foi o trabalho da conclusão de curso na faculdade e tem o título “A estratégia do manejo da madeira e nível de planejamento urbano e regional: o caso do noroeste fluminense”.

O presidente do Serviço Florestal Brasileiro, Valdir Colatto, ressaltou a importância das pesquisas apresentadas nesta edição do prêmio, que tem temas como concessões florestais e Produto Interno Brasileiro - PIB – Verde.


Ele disse que é preciso harmonizar as áreas produtivas e do meio ambiente. “Vamos buscar harmonizar a produção, esse processo, e caminhar juntos que todos nós vamos ganhar com isso”, disse.

O prêmio

O prêmio foi idealizado pelo Serviço Florestal Brasileiro e visa estimular pesquisas em temas relacionados à economia e mercado, como foco em estudos sobre a produção florestal sustentável, seus desafios e as perspectivas socioeconômicas e ambientais.


Foram premiados três projetos na categoria profissional e três na estudante. Os valores pagos aos premiados vão de R$ 5 mil a R$ 25 mil.

Edição: Kleber Sampaio

Comentários para "Mestre em Economia ganha prêmio do Serviço Florestal Brasileiro":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório
Últimas Notícias
Bolsonaro nomeia 17 desembargadores federais para composição do TRF6

Bolsonaro nomeia 17 desembargadores federais para composição do TRF6

Mantida decisão que afastou improbidade na compra de ingressos pela Terracap

Mantida decisão que afastou improbidade na compra de ingressos pela Terracap

Análise de dados indica limites de trabalho para prevenir burnout

Análise de dados indica limites de trabalho para prevenir burnout

Tribunal abre processo seletivo para estágio de níveis médio e superior

Tribunal abre processo seletivo para estágio de níveis médio e superior

ABI abre inscrições para concurso de 10 microbolsas de R$ 3 mil para jornalistas e pesquisadores

ABI abre inscrições para concurso de 10 microbolsas de R$ 3 mil para jornalistas e pesquisadores

Indústria se une contra decisão de Moraes que suspende corte no IPI

Indústria se une contra decisão de Moraes que suspende corte no IPI

Quase 34 milhões de pessoas não têm acesso à internet no Brasil, diz pesquisa

Quase 34 milhões de pessoas não têm acesso à internet no Brasil, diz pesquisa

Quase metade dos brasileiros fazem bico para completar renda

Quase metade dos brasileiros fazem bico para completar renda

Alta de alimentos é mais que o dobro da inflação em 2022

Alta de alimentos é mais que o dobro da inflação em 2022

STJ reabre investigação sobre a Chacina do Parque Bristol

STJ reabre investigação sobre a Chacina do Parque Bristol

A 1ª fábrica de hidrogênio verde do Brasil em escala industrial está chegando

A 1ª fábrica de hidrogênio verde do Brasil em escala industrial está chegando

Busca do FBI na casa de Trump foi baseada em denúncia, diz jornal

Busca do FBI na casa de Trump foi baseada em denúncia, diz jornal

Incêndios florestais se espalham e peixes morrem em meio a seca na Europa

Incêndios florestais se espalham e peixes morrem em meio a seca na Europa

Defesa da democracia na USP expõe a diversidade e novos atores sociais

Defesa da democracia na USP expõe a diversidade e novos atores sociais

Artistas fazem festa para os 80 anos de Milton Nascimeto

Artistas fazem festa para os 80 anos de Milton Nascimeto

MP aciona TCU para barrar salários de até R$ 1 milhão recebido por militares

MP aciona TCU para barrar salários de até R$ 1 milhão recebido por militares

PF mira grupo que fez 245 saques para desviar recursos do Fundeb e do SUS em AL

PF mira grupo que fez 245 saques para desviar recursos do Fundeb e do SUS em AL

Saiba como identificar os recenseadores do IBGE

Saiba como identificar os recenseadores do IBGE

Margareth Dalcolmo é eleita para integrar a Academia Nacional de Medicina

Margareth Dalcolmo é eleita para integrar a Academia Nacional de Medicina

Dia Internacional da Juventude busca pontes com outras faixas etárias

Dia Internacional da Juventude busca pontes com outras faixas etárias

Ato na UnB marca leitura de carta em defesa da democracia e do sistema eleitoral

Ato na UnB marca leitura de carta em defesa da democracia e do sistema eleitoral