×
ContextoExato

Contexto Exato

Brasil - Brasília - Distrito Federal - 30 de novembro de 2021

Metroviários franceses temem "segunda-feira negra" nos transportes

Metroviários franceses temem Foto: Agência Brasil

Empresas orientam usuários a evitar seus serviços por causa da greve

Por Agência Brasil* Brasília - 08/12/2019 - 16:38:10

A Sociedade Nacional de Ferrovias Francesas (SNCF) orientou os usuários a não usar seus serviços amanhã (9), antecipando o que seria uma "segunda-feira negra", no quinto dia da greve dos metroviarios. A paralisação é por tempo indeterminado e reivindica a retirada do projeto oficial de reforma da Previdência.


"Se não comunicarmos aos nossos clientes, com muita ênfase, que eles não devem ir às estações amanhã, poderemos ter problemas de segurança", disse o gerente-geral da rede suburbana da região de Paris, Alain Krakovitch, em relação a mais um dia de protesto contra os projetos de reforma do presidente Emmanuel Macron.


A greve deve afetar particularmente a rede SNFC, os subúrbios e a Administração Autônoma de Transporte Parisiense (RATP), que neste sábado (7) só pôde cumprir 15% de seus serviços na área suburbana, despachando apenas um em cada seis trens de alta velocidade e um em cada 10 do serviço interurbano.


O panorama deste domingo (8) mostrou 14 das 16 linhas do metrô de Paris paralisadas. Para a segunda-feira, espera-se a prestação de serviços mínimos, em nível provavelmente semelhante aos de ontem. Nesse contexto, a própria SNCF enviou mensagem de texto aos telefones celulares dos usuários, recomendando que eles "não chegassem às estações".

Enquanto isso, a RATP solicitou a todos os usuários que possam adiar sua viagem que o façam, devido ao "alto risco de saturação da rede". Desde o início da greve, muitos parienses rcorrera, a bocoicletas árra ir ase locomover.

Dez linhas de metrô serão completamente fechadas e as linhas 4, 7, 8 e 9 serão severamente interrompidas. Apenas as linhas automáticas 1 e 14 funcionarão normalmente, como as linhas Orlyval, Orlybus e Roissybus.


A greve dos metroviários contra o projeto de reforma previdenciária de Macron começou quinta-feira (5). A proposta do presidente que visa unificar os mais de 40 regimes previdenciários existentes atualmente em uma única estrutura que, segundo Macron, favoreceria a igualdade entre os trabalhadores.

*Com informações da Télam e outras agências internacionais

Comentários para "Metroviários franceses temem "segunda-feira negra" nos transportes":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório
A África não pode ser penalizada por identificar e reportar nova variante, diz Guterres

A África não pode ser penalizada por identificar e reportar nova variante, diz Guterres

Em nota, o secretário-geral, António Guterres, elogiou a comunidade médico-científica da África do Sul por reportar a emergência ao mundo, de forma rápida

França afirma que não será refém da política britânica para imigração

França afirma que não será refém da política britânica para imigração

Ministro francês disse que país deve “limitar atratividade econômica”

Variante Ômicron chega a quatro continentes; Holanda confirma 13 casos

Variante Ômicron chega a quatro continentes; Holanda confirma 13 casos

"Não é improvável que mais casos apareçam na Holanda", disse o ministro da Saúde da Holanda, Hugo de Jonge. "Isso pode ser a ponta do iceberg".

Rússia afirma que se opõe à politização dos Jogos Olímpicos de Inverno de Beijing

Rússia afirma que se opõe à politização dos Jogos Olímpicos de Inverno de Beijing

A Rússia se opõe à politização dos próximos Jogos Olímpicos de Inverno em Beijing, disse a porta-voz do Ministério das Relações Exteriores da Rússia, Maria Zakharova, na quinta-feira.

Nova variante da Covid-19 tem grande número de mutações, afirma OMS

Nova variante da Covid-19 tem grande número de mutações, afirma OMS

Cidadão faz o teste de Covid-19 na África do Sul

Vazyme participa da Medica 2021 na Alemanha para acelerar sua expansão no mercado global

Vazyme participa da Medica 2021 na Alemanha para acelerar sua expansão no mercado global

Como inovadora em tecnologia, a Vazyme vê seu investimento contínuo em P&D de soluções inovadoras como uma prioridade máxima

Governo da China emite plano de cinco anos para proteção e utilização de principais sítios históricos

Governo da China emite plano de cinco anos para proteção e utilização de principais sítios históricos

Foto aérea tirada em 6 de julho de 2021 mostra uma vista ao longo do Grande Canal na cidade de Cangzhou, da Província de Hebei, no norte da China.

Covid-19: Europa retoma medidas restritivas em meio a protestos

Covid-19: Europa retoma medidas restritivas em meio a protestos

Manifestações foram violentas em alguns países

Mais recente ressurgimento da Covid-19 na China entra em fase final, diz autoridade

Mais recente ressurgimento da Covid-19 na China entra em fase final, diz autoridade

Profissionais médicos acenam para os pacientes curados que receberam alta da ala de isolamento em Dalian, Província de Liaoning, no nordeste da China, em 19 de novembro de 2021

Acidentes de trânsito são a maior causa de morte de pessoas de 5 a 29 anos

Acidentes de trânsito são a maior causa de morte de pessoas de 5 a 29 anos

Dia Mundial em Memória das Vítimas de Acidentes de Trânsito também reconhece o trabalho crucial de serviços de emergência

Protesto na Holanda contra medidas de combate à covid deixa feridos

Protesto na Holanda contra medidas de combate à covid deixa feridos

Centenas de manifestantes incendiaram carros