×
ContextoExato

Contexto Exato

Brasil - Brasília - Distrito Federal - 29 de janeiro de 2022

MP de Jair Bolsonaro permitirá redução de salários em até 70%

MP de Jair Bolsonaro permitirá redução de salários em até 70%Foto: Rafaela Felicciano - Metrópoles

A nova medida deve ser publicada ainda nesta quarta e faz parte do programa de proteção do governo contra crise do coronavírus

Luciana Lima - Metrópoles - 01/04/2020 - 15:57:01

Anunciada nesta quarta-feira (01/04), a nova medida provisória que trata da redução de salários durante a pandemia do coronavírus permitirá diminuir a jornada ou os salários em até 70%. Em troca, o trabalhador vai receber uma parcela do seguro-desemprego, que deverá custar R$ 51,2 bilhões aos cofres públicos. A regra valerá para empregadores que não demitirem funcionários durante a crise.

A MP foi anunciada junto com o pacote de ações de “proteção”, na ordem de R$ 200 bilhões, apresentado pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e pelo ministro da Economia, Paulo Guedes (foto em destaque), no Palácio do Planalto.

O pacote inclui os R$ 98 bilhões previstos para o auxílio emergencial de R$ 600 que contemplará cerca de 54 milhões de trabalhadores informais.

“O presidente nos incumbiu da missão de defender a saúde e o emprego dos brasileiros, o presidente pediu que lançasse uma camada para os informais. Essa camada foi ampliada também para microempreendedores e para alguns formais que possam sofrer o impacto da crise”, assinalou o titular da Economia.

“Nós separamos então recursos de R$ 98 bilhões para atingir 54 milhões de brasileiros de forma que eles tenham recursos nos próximos três meses para enfrentar esta primeira onda”, completou Guedes, durante o pronunciamento.

Comentários para "MP de Jair Bolsonaro permitirá redução de salários em até 70%":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório
Chacina de Unaí completa 18 anos, e mandantes do crime ainda estão soltos

Chacina de Unaí completa 18 anos, e mandantes do crime ainda estão soltos

As operações do último ano flagraram situações de trabalho análogo ao escravo em 23 dos 27 estados. Minas Gerais, mais uma vez, foi o estado com mais ações fiscais

Tribunal anula autorizações para exploração mineral em terras indígenas no Pará

Tribunal anula autorizações para exploração mineral em terras indígenas no Pará

A ANM fica proibida de liberar novas autorizações de pesquisa mineral, permissão de lavra garimpeira e concessão de lavra mineral na região, no perímetro que abrange as terras indígenas Parakanã, Trocará e suas adjacências.

Em vez dos esperados 33%, governo quer reajuste de 7,5% para professores

Em vez dos esperados 33%, governo quer reajuste de 7,5% para professores

Voo com brasileiros deportados dos EUA chega a Belo Horizonte

Eletricitários entram em greve em defesa da Eletrobras Pública e de direitos

Eletricitários entram em greve em defesa da Eletrobras Pública e de direitos

Se privatizar a Eletrobras haverá aumento da conta de luz e precarização dos serviços, diz integrante de Coletivo

Moradores denunciam ação policial em chacina que matou quatro pessoas na Chapada dos Veadeiros

Moradores denunciam ação policial em chacina que matou quatro pessoas na Chapada dos Veadeiros

Armas e plantas de maconha que teriam sido apreendidas pela Polícia Militar no local da chacina

Processo criminal da tragédia em Brumadinho pode voltar à estaca zero

Processo criminal da tragédia em Brumadinho pode voltar à estaca zero

Possível federalização do caso anularia setenças da Justiça estadual

Há 13 anos no topo da lista, Brasil continua sendo o país que mais mata pessoas trans no mundo

Há 13 anos no topo da lista, Brasil continua sendo o país que mais mata pessoas trans no mundo

De outubro de 2020 a setembro de 2021 foram registrados 375 assassinatos no mundo, o que representa um aumento de 7% em relação ao ano anterior

Intolerância religiosa:

Intolerância religiosa: "Brasil vive negação de direitos", afirma especialista

Violência aumentou nos últimos anos e políticas de combate foram enfraquecidas

Garimpo ilegal em alta no PA: Lama escurece águas do

Garimpo ilegal em alta no PA: Lama escurece águas do "Caribe Amazônico" em Alter do Chão

Faixa de areia separa águas barrentas e claras no balneário turístico de Alter do Chão (PA)

Mais de 500 coletores de sementes atuam na recuperação da Amazônia e do Cerrado

Mais de 500 coletores de sementes atuam na recuperação da Amazônia e do Cerrado

Rede de Sementes do Xingu já recuperou mais de 6 mil hectares de floresta na bacia do rio Xingu e Araguaia

Desejos de Ano Novo: Fora Bolsonaro, Democracia e Justiça Ambiental para todos

Desejos de Ano Novo: Fora Bolsonaro, Democracia e Justiça Ambiental para todos

Em Minas Gerais, as fortes chuvas elevam o risco do rompimento de barragens com rejeitos da mineração, a exemplo do que aconteceu nas cidades de Mariana, em 2015, e de Brumadinho, em 2019