×
ContextoExato
Responsive image

MP do DF e PCDF vão investigar agressão a jornalistas

MP do DF  e PCDF vão investigar agressão a jornalistasFoto: CorreioWeb

Sem golpe

Ana Maria Campos - Eixo Capital - 05/05/2020 - 08:20:41

Depois de uma reunião ontem, à procuradora-geral de Justiça do DF, Fabiana Costa Barreto, decidiu requisitar à Polícia Civil do DF a abertura de investigação sobre as agressões sofridas pelo fotógrafo Dida Sampaio, do Estado de S.Paulo na Praça dis Três Poderes, ocorridas domingo. Ele foi alvo de chutes, socos e impedido de fazer o seu trabalho, enquanto registrava imagens do presidente Jair Bolsonaro em protesto contra o STF, o Congresso e o ex-ministro Sergio Moro. Fabiana foi acionada pelo procurador-geral da República, Augusto Aras, que pediu a abertura de investigação sobre o caso. O Núcleo de Controle da Atividade Policial (NCap) vai requisitar a abertura de inquérito. Mas, depois de uma ocorrência registrada no domingo à noite, tendo Dida Sampaio como vítima, a Polícia Civil do DF já havia iniciado uma apuração. O fotógrafo fez fotos de três prováveis agressores. As imagens mostram manifestantes vestidos com camisetas em que havia referências a Bolsonaro.

 (Arthur Menescal/Esp. CB/D.A Press)

Sem golpe

Candidato ao Palácio do Buriti nas últimas eleições, o General Paulo Chagas rebateu as declarações do presidente Jair Bolsonaro sobre contar apoio das Forças Armadas. Pelo Twitter, ele se ressltou: “Estar ao lado do povo é estar ao lado da lei e da ordem. Não sou porta-voz das FFAA, mas asseguro que elas estarão sempre ao lado da lei e da ordem e não apoiarão nenhum golpe, tenha ele a origem que tiver”.

A pergunta que não quer calar….

A população tem o direito de conhecer a íntegra do depoimento do ex-ministro Sérgio Moro à Polícia Federal ou se trata de assunto sigiloso por envolver o presidente da República?

Só papos

 (Ed Alves/CB/D.A Press)

“Democracia, liberdades — inclusive de expressão e de imprensa — Estado de Direito, integridade e tolerância caminham juntos e não separados”

Ex-ministro da Justiça e Segurança Pública Sergio Moro

 (Sergio Lima/AFP)

“Isso é óbvio. Mas onde estava o ex-ministro da Justiça quando cidadãos eram ou ainda são presos e esculachadas nas ruas sem a menor necessidade? Jamais vi um ex-ministro ‘agir’ mais fora do que quando dentro de um governo!”

Vereador Carlos Bolsonaro filho 02 do presidente Jair Bolsonaro

Comentários para "MP do DF e PCDF vão investigar agressão a jornalistas":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório