×
ContextoExato

Contexto Exato

Brasil - Brasília - Distrito Federal - 20 de janeiro de 2022

MPDFT promove curso voltado à qualificação no atendimento à população LGBTQIA+

MPDFT promove curso voltado à qualificação no atendimento à população LGBTQIA+Foto: GM/Mpdft

O curso tem como objetivo aprimorar o atendimento prestado às pessoas LGBTQIA+, tornando-o mais humanizado.

Assessoria Especial De Imprensa Do Mpdft - 17/11/2021 - 10:42:13

Com foco na qualidade do atendimento prestado às pessoas LGBTQIA+, o Núcleo de Direitos Humanos (NDH) do Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT), promove entre os dias 1 e 3 de dezembro, a 2ª edição do curso Atendimento Humanizado ao Público LGBTQIA+.

O curso tem como objetivo aprimorar o atendimento prestado às pessoas LGBTQIA+, tornando-o mais humanizado. De acordo com o NDH, o conteúdo vai contribuir com a ampliação do conhecimento das equipes técnicas, especialmente dos profissionais do serviço público em suas diversas áreas de atuação, na perspectiva da integralidade do cuidado centrado no respeito à identidade de gênero e à orientação sexual, e nas necessidades e especificidades desse grupo.

A iniciativa recebe o apoio da Secretaria de Educação e Desenvolvimento Corporativo (Secor) e é voltada aos membros, servidores, estagiários, equipes das Secretarias do Distrito Federal, profissionais da rede de enfrentamento à LGBTfobia e público externo interessado.

O curso será dividido em três módulos. Na quarta-feira, 1º de dezembro, serão debatidos os conceitos fundamentais de gênero e sexualidade. Na quinta-feira (2/12), serão abordados os marcos legais de proteção aos direitos LGBTQIA+ e o enfrentamento legal da violência contra esse público. No encerramento, o curso tratará da rede de proteção e do atendimento adequado e humanizado à população LGBTQIA+.

Entre os expositores estão a assistente social do MPDFT, Izis Morais Lopes dos Reis; o médico de família e comunidades da Secretaria de Saúde, Luiz Fernando Marques; o delegado da Polícia Civil do DF e presidente da Renosp LGBTI+, Anderson Cavichioli; a delegada-chefe da Decrin, Ângela Maria dos Santos; o diretor de Serviços Especializados a Famílias e Indivíduos da Secretaria de Desenvolvimento Social, Felipe Areda; e o assistente social do Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas), Kayodê da Silva Silvério.

A atividade será realizada de forma on-line, por meio do Youtube da Secor MPDFT. As vagas são ilimitadas e as inscrições podem ser feitas na página EaD do MPDFT. Os integrantes do MPDFT interessados em emitir certificado devem registrar a participação na plataforma EaD pela intranet. O documento será emitido para pessoas inscritas que cumprirem, no mínimo, 75% da carga horária da capacitação.

Comentários para "MPDFT promove curso voltado à qualificação no atendimento à população LGBTQIA+":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório
TJSP mantém condenação de dois homens por racismo e injúria contra Maju Coutinho

TJSP mantém condenação de dois homens por racismo e injúria contra Maju Coutinho

Depois, ainda segundo a Promotoria, os réus se reuniam para derrubar páginas do Facebook de pessoas consideradas por eles 'inimigas'

Entenda como o preconceito impede o desenvolvimento das empresas

Entenda como o preconceito impede o desenvolvimento das empresas

Empresas que promovem a diversidade e inclusão se destacam no mercado

"Somos todos seres humanos incompletos e imperfeitos", diz escritor LGBT

Saulo Sisnando levanta a bandeira de que o amor é único e universal

Vacinação infantil: Cada segundo conta, toda vida importa

Vacinação infantil: Cada segundo conta, toda vida importa

Para Bolsonaro e Queiroga, tem mais valor a opinião de leigos do que o conhecimento da Anvisa e de sociedades científicas do mundo inteiro.

Minas Gerais implementa carteira de identidade do autista

Minas Gerais implementa carteira de identidade do autista

Estado usa assinatura eletrônica Gov.br para emissão do documento

União do mesmo gênero cresce e fica mais jovem

União do mesmo gênero cresce e fica mais jovem

A maior aceitação das famílias aos LGBTI+, embora o preconceito ainda seja um problema grave, também está por trás do rejuvenescimento dos noivos

A luta antirracista de Aranha: De goleiro chamado de macaco a escritor

A luta antirracista de Aranha: De goleiro chamado de macaco a escritor

A palavra ganhou um sentido ainda mais potente e atual no livro

Vídeo: Desigualdade em vacinas pelo mundo atrasa fim da pandemia

Vídeo: Desigualdade em vacinas pelo mundo atrasa fim da pandemia

Nações Unidas chamam atenção para desigualdade na distribuição das doses da vacina.

'A economia prateada já move R$ 1,6 trilhão por ano'

'A economia prateada já move R$ 1,6 trilhão por ano'

Apesar do crescimento, essa população não tem sido atendida de forma satisfatória, diz o diretor-superintendente do Sebrae-SP, Wilson Poit.

Operação foca em rede de extremistas que cultua racismo e homofobia

Operação foca em rede de extremistas que cultua racismo e homofobia

Os investigadores dizem ter identificado, a partir da quebra de sigilo de dados e telefônicos autorizados pela Justiça, grupos que "se autodeclaram nazistas e ultranacionalistas, associados para praticar e incitar atos criminosos".

Distrito Federal é condenado a indenizar mulher por excesso em abordagem policial

Distrito Federal é condenado a indenizar mulher por excesso em abordagem policial

A decisão foi unânime.