×
ContextoExato
Responsive image

MPL organiza protesto contra reajuste das tarifas do transporte no DF

MPL organiza protesto contra reajuste das tarifas do transporte no DFFoto: Tony Winston/Agência Brasília

Manifestação contra aumento de 10% deve começar às 18h, na Praça do Índio

Destak - 14/01/2020 - 16:35:54

Está previsto para o fim da tarde desta terça-feira (14), um protesto contra o aumento de 10% nas tarifa de ônibus urbanos e metrô do Distrito Federal. O Movimento Passe Livre (MPL) é o organizador da manifestação, divulgada em um forma de evento no Facebook. No fim desta manhã, quase 1 mil pessoas haviam confirmado presença e 2 mil se disseram interessadas em participar. O ato será na Praça do Índio, na 703/704 Sul, às 18h.

O reajuste entrou em vigor na segunda-feira. As passagens de metrô e de integração subiram de R$ 5para R$ 5,50; as tarifas dos ônibus que custavam R$ 3,50 passaram a R$ 3,85, e as tarifas de R$ 2,50 subiram para R$ 2,75.

Segundo o Governo do Distrito Federal (GDF), o aumento diminui o déficit dos custos dos transportes. Segundo o secretário de Transporte e Mobilidade, Valter Casimiro, a dívida do GDF com empresas de ônibus chega a R$ 247 milhões, relativos à gratuidades e isenções.

CLDF protesta

Na segunda-feira (13), a Câmara Legislativa do Distrito Federal (CLDF) enviou ofício ao governador Ibaneis Rocha (MDB) solicitando a suspensão do reajuste das passagens de ônibus. A decisão foi anunciada pelo presidente em exercício da Câmara, deputado Delmasso (Republicanos), após reunião com deputados da oposição, presidentes de comissões e assessores parlamentares.

O Legislativo vai solicitar que o aumento seja suspenso até a realização de um estudo técnico sobre qual tarifa deveria ser aplicada no sistema de transporte público. Também foi anunciada a criação de um Grupo de Trabalho para iniciar o estudo, que terá como base para uma análise técnica feita no final do governo Rollemberg e as recomendações da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) dos Transportes da legislatura passada.


Passagem cara

Segundo Delmasso, o estudo apontou que as passagens deveriam ser reduzidas em 2,5%, em média, com base nos valores cobrados em 2018. Os participantes da reunião chegaram ao consenso de que a tarifa técnica precisa ser revista.

RELACIONADO

Polícia do DF prende homem que matou mulher ao brincar de ‘roleta russa’

Plano de desestatização da CEB começa a avançar

Pátio Brasil recebe feira de cervejas artesanais

A primeira reunião do grupo será nesta próxima quarta-feira (15), quando serão ouvidas as demandas da sociedade civil sobre o preço das passagens de ônibus. E na quinta-feira, a reunião será com técn

Comentários para "MPL organiza protesto contra reajuste das tarifas do transporte no DF":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório