×
ContextoExato

Contexto Exato

Brasil - Brasília - Distrito Federal - 22 de maio de 2022

Não titular terras quilombolas é uma estratégia política", diz coordenador da Conaq

Não titular terras quilombolas é uma estratégia políticaFoto: José Eduardo Bernardes

Biko Rodrigues fala sobre relação do Estado com territórios quilombolas no primeiro ano de governo Bolsonaro

José Eduardo Bernardes Brasil De Fato | São Paulo - 29/12/2019 - 10:41:44

Durante a campanha presidencial de 2018, o presidente Jair Bolsonaro disse em mais de uma ocasião que não faria demarcações de territórios indígenas e quilombolas.

A regra, seguida à risca pelas entidades responsáveis neste primeiro ano de governo, restringiu também o acesso à terra para trabalhadores rurais que lutam pela reforma agrária.


Em entrevista ao Brasil de Fato, Denildo Rodrigues, dirigente da Coordenação Nacional de Articulação das Comunidades Negras Rurais Quilombolas (Conaq), afirma que quilombolas de todo o país seguem em luta, desafiando a falta de titulações, os ataques às populações tradicionais e as invasões aos territórios.

Rodrigues, conhecido como Biko, citou o caso emblemático da comunidade quilombola vizinha à da Base de Alcântara, no Maranhão, que vive sob a especulação de cessão de sua área para interesses militares dos Estados Unidos.

::Comunidades quilombolas de Alcântara (MA) temem futuro com presença dos EUA na região::

"A luta das comunidades quilombolas e dos negros do Brasil não é de agora. Ela começa lá na África e quando o primeiro navio negreiro desembarcou aqui no país", argumentou o coordenador da Conaq.

O Estado brasileiro reconhece cerca de 3 mil comunidades. No entanto, a Conaq alerta que este número é muito maior e pode chegar a mais de 6 mil comunidades em todo o Brasil.

Nascido no Vale do Ribeira, no interior do estado de São Paulo, e morador do Quilombo de Ivaporunduva, Biko explicou que a morosidade em reconhecer os territórios é uma "estratégia política".

"Determinados setores da sociedade não querem que estes territórios sejam demarcados. O agronegócio tem terras sobrepostas aos territórios quilombolas, os grandes latifundiários, as empresas mineradoras, a especulação imobiliária. Todas elas têm representação no Congresso e no Executivo", assevera.

Confira a entrevista completa com Biko Rodrigues:



Edição: Rodrigo Chagas

Comentários para "Não titular terras quilombolas é uma estratégia política", diz coordenador da Conaq":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório
Aprenda a sentir medo sem ser controlado por ele

Aprenda a sentir medo sem ser controlado por ele

Livro do escritor e ativista Gareth Higgins chega ao Brasil pela Latitude, selo da VR Editora

10 artistas que emplacaram apenas uma música de sucesso

10 artistas que emplacaram apenas uma música de sucesso

Ter uma carreira estável na música é bastante difícil, e esses artistas, infelizmente, não conseguiram manter o sucesso com novos trabalhos

Relançamento da coletânea 'Exílios e Poeiras' traz obra menos conhecida de Joyce

Relançamento da coletânea 'Exílios e Poeiras' traz obra menos conhecida de Joyce

Há notas melancólicas também nos 36 poemas que Joyce publicou em seu primeiro livro

Livro reúne 70 obras do pintor José Antonio da Silva

Livro reúne 70 obras do pintor José Antonio da Silva

Trata-se de uma obra fundamental para conhecer aspectos da vida e obra de Silva raramente explorados em outras publicações.

Revista portuguesa publica artigo de Juiz do TJDFT sobre inovação

Revista portuguesa publica artigo de Juiz do TJDFT sobre inovação

No texto, o magistrado do TJDFT trata da abordagem do New Public Service, no âmbito dos estudos ligados à Administração

Verdades que ninguém te conta: A importância de falar sobre a maternidade real

Verdades que ninguém te conta: A importância de falar sobre a maternidade real

Livro recém-lançado pela Editora MOL em parceria com a Tip Top reúne relatos de mulheres sobre os desafios reais que chegam com a vida de mãe, como as mudanças no corpo e os julgamentos externos

Bolsonaro veta integralmente Lei Aldir Blanc, que previa R$ 3 bilhões anuais ao setor cultural

Bolsonaro veta integralmente Lei Aldir Blanc, que previa R$ 3 bilhões anuais ao setor cultural

Texto de autoria da deputada Jandira Feghali (PCdoB-RJ) calcula que medida alcançaria 4.176 municípios brasileiros

Cópia restaurada de 'Deus e o Diabo na Terra do Sol' será exibida em Cannes

Cópia restaurada de 'Deus e o Diabo na Terra do Sol' será exibida em Cannes

A última versão digitalizada do filme é de 2002 e tem qualidade inferior à atual

Autora estreante lança livro criado a partir do desejo de se comunicar durante a pandemia

Autora estreante lança livro criado a partir do desejo de se comunicar durante a pandemia

“Quando escrevo, é para me lembrar da esperança que eu mesma sei que tenho”, diz Nathália Ferreira

Eu acredito no livro!

Eu acredito no livro!

Numa necessidade rápida, até podemos contar com um trago de águas quase podres, mas para a vida, para beber água viva, o livro é o único lugar onde nos encontraremos com a civilização, com o melhor dela

Ribeirão Preto celebra a literatura nacional com o 'Revolução Poética na Fábrica'

Ribeirão Preto celebra a literatura nacional com o 'Revolução Poética na Fábrica'

Serão cindo dias de programação gratuita, reunindo 14 autores de referência do universo cultural brasileiro