×
ContextoExato
Responsive image

"Não vou admitir ser um presidente pato manco"

Foto: O Antagonista

Segundo o presidente, a medida do ministro do STF foi uma “afronta” ao Executivo.

O Antagonista - 30/04/2020 - 10:54:09

Assim como já havia feito mais cedo, ao deixar o Palácio da Alvorada, Jair Bolsonaro criticou, na entrevista à Rádio Guaíba, a decisão de Alexandre de Moraes de suspender a posse de Alexandre Ramagem na PF.

Segundo o presidente, a medida do ministro do STF foi uma “afronta” ao Executivo.

“Não vou admitir ser um presidente pato manco, refém de decisões monocráticas de quem quer que seja. Não é um recado. É uma constatação ao senhor Alexandre de Moraes”, afirmou Bolsonaro.

Leia também: Bom jornalismo: sua vacina contra fake news. Imunize-se

“Tudo tem limite. Essa decisão do senhor Alexandre de Moraes, não engoli ela no dia de ontem. É uma afronta à pessoa do presidente da República.”

Comentários para ""Não vou admitir ser um presidente pato manco"":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório