×
ContextoExato

Contexto Exato

Brasil - Brasília - Distrito Federal - 27 de outubro de 2021

No Dia Mundial da Paz, Dakar reúne 49 países antes do Rally

No Dia Mundial da Paz, Dakar reúne 49 países antes do RallyFoto: Marian Chytka

Acampamento na Arábia Saudita terá brasileiros e mosaico de bandeiras

Por Juliano Justo - Tv Brasil E Rádio Nacional - São Paulo - 31/12/2020 - 17:09:43

Apesar da pandemia, a prova de 2021 terá 321 veículos inscritos com representantes de 49 países. Nas UTVs, o Brasil conta com dupla Reinaldo Varela/Maykel Justo e navegador Gustavo Gugelmin. Entre os carros, Marcelo Gastaldi/Lourival Roldan e Guilherme Spinelli/Youssef Haddad também correrão o Rally Dakar.

Neste primeiro de janeiro, Dia Mundial da Paz, os organizadores do Rally Dakar promoverão um acampamento na cidade de Jedá, na Arábia Saudita, representando a maior concentração de nacionalidades em atividade no planeta. “É uma espécie de ONU do esporte”, pontua Reinaldo Varela, que tenta o bicampeonato do Dakar. Ele e Gugelmin venceram em 2018. O evento também é um mosaico da atual fase do planeta. Entre os países presentes, alguns enfrentam situações de conflito em suas fronteiras, que já causaram milhares de mortes. É o caso de Rússia e Ucrânia, que vivem dias de tensão e desconfiança devido ao suposto apoio dos russos a grupos separatistas no país vizinho.

Situação semelhante à dos gigantes China e Índia, que em 2020 viram incursões armadas em suas fronteiras e, nos últimos meses, assuntam o mundo ao posicionar mais de 100 mil soldados na região dos Himalaias. “Em contraposição a tudo isso, é de um simbolismo muito bonito o fato de essas bandeiras se cruzarem nas trilhas do Dakar, no melhor espírito de esportividade e até fraternidade. Porque faz parte da ética do Dakar ajudar um competidor em sérios apuros. E isso não é raro”, diz o navegador Maykel Justo. “Mais do que isso, todos convivemos em paz e clima de colaboração nos acampamentos e refeitórios, até mesmo pela questão da covid”, completa o navegador.

Com largada no próximo domingo, dia três de janeiro, e disputada inteiramente na Arábia Saudita, a 43ª edição do Dakar terá em seus 7.646km um total de 4.767km de especiais (trechos cronometrados em alta velocidade). Os restantes 2.879km são correspondentes aos deslocamentos entre os pontos de largada e chegada em cada um dos doze dias. O roteiro da prova começa e termina Jedá. Mesmo com todos os problemas enfrentados pela pandemia global do novo coronavírus (covid-19), a edição de 2021 do rally tem 321 veículos inscritos, número apenas 6,1% menor que o da última prova (342 veículos) e 4,2% inferior que a média dos últimos cinco anos (335 veículos). Divididos entre pilotos, navegadores e mecânicos, o Rally Dakar 2021 reúne representantes de 49 países.

O Brasil vai com força na categoria UTVs com a dupla Reinaldo Varela/Maykel Justo e o navegador Gustavo Gugelmin (que neste ano compete em parceria com o piloto americano Austin Jones), além das duplas Marcelo Gastaldi/Lourival Roldan e Guilherme Spinelli/Youssef Haddad que disputarão a categoria Carros. “Um ponto importante para o bom grid do Dakar é que ele reúne as equipes e fábricas mais profissionais do rally mundial. E nesse nível o impacto econômico é menor”, opina Reinaldo Varela, único brasileiro contratado por uma equipe de fábrica que compete no Dakar, a canadense Can-Am. “Além disso, nesse momento, o mundo está lidando melhor com a pandemia e tem a perspectiva da chegada próxima da vacina. Psicologicamente, acho que isso ajudou bastante”, continua Varela.

Além do Brasil, outros nove países latino-americanos estão representados: Argentina, Bolívia, Chile, Colômbia, El Salvador, Equador, México, Peru e Uruguai. Mas há nacionalidades com grande tradição nos rallies que surpreendem pela pequena representatividade, casos da Suécia e Noruega. Potência destacada das indústrias automobilística e motociclística, o Japão também está muito ausente. O arquipélago conta com apenas um piloto na categoria Carros (Akira Miura) e o trio Teruhito Sugawara/Hirokazy Somemiya/Yuji Mochizuki em um caminhão.






Comentários para "No Dia Mundial da Paz, Dakar reúne 49 países antes do Rally":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório
O zebrinha voltou

O zebrinha voltou

Hoje circulando com as cores dos demais ônibus das operadoras, os zebrinhas vão voltar a ter as listras brancas e vermelhas para serem mais facilmente identificados pelos usuários

Flexibilizado uso de máscaras em ambientes abertos no Distrito Federal

Flexibilizado uso de máscaras em ambientes abertos no Distrito Federal

Medida passa a valer a partir de 3 de novembro. Proteção facial segue obrigatória em ambientes fechados como no transporte público

Protesto de advogados em Brasília exige juízes de volta ao trabalho presencial

Protesto de advogados em Brasília exige juízes de volta ao trabalho presencial

Iniciativa da advogada Thais Riedel fez até a inerte OAB-DF se mexer

Parecer dá razão a Paco Britto em acusação de propaganda eleitoral

Parecer dá razão a Paco Britto em acusação de propaganda eleitoral

O vice-governador compartilhou nas redes um vídeo sobre sua participação no evento.

Ibaneis Rocha viaja a Portugal para negociar edições da Web Summit

Ibaneis Rocha viaja a Portugal para negociar edições da Web Summit

Brasília no páreo para sediar o maior evento de tecnologia do planeta

PDOT: Seduh conclui oficinas temáticas e retoma debate com Comitê Participativo

PDOT: Seduh conclui oficinas temáticas e retoma debate com Comitê Participativo

Ordenamento territorial é debatido a cada dez anos.

CPI que investigará sonegação de bancos no DF tem composição definida

CPI que investigará sonegação de bancos no DF tem composição definida

O autor do requerimento para dar início às investigações, deputado Delmasso, espera resultados similares aos obtido por CPI paulistana que "colocou de volta nos cofres públicos cerca de R$ 3 bilhões”

Ativista por moradia popular denuncia perseguição em Santa Maria, no DF

Ativista por moradia popular denuncia perseguição em Santa Maria, no DF

Ativista Mona Lisa, do Coletivo Mais de Nós, denuncia ter sofrido perseguição após apoiar luta por moradia popular

Estudantes cobram da Capes pagamento de bolsas

Estudantes cobram da Capes pagamento de bolsas

UNE protocolou um ofício cobrando uma urgente reunião com a presidência da CAPES

Com autorização da Aneel, conta de luz no DF terá reajuste de 11,6%

Com autorização da Aneel, conta de luz no DF terá reajuste de 11,6%

A tarifa residencial no DF, que ocupava o 51º lugar do ranking nacional sendo uma das mais baixas do país, passa a ocupar a 36º posição.

Biotic sedia lançamento do programa ‘Centelha’ no DF

Biotic sedia lançamento do programa ‘Centelha’ no DF

Presente à cerimônia de lançamento, o vice-governador Paco Britto assegurou que o Centelha será um programa-modelo no DF