×
ContextoExato

Contexto Exato

Brasil - Brasília - Distrito Federal - 12 de agosto de 2022

Novo regimento para reforçar a segurança na rede pública de educação em Brasília

Novo regimento para reforçar a segurança na rede pública de educação em Brasília

Foto: Correio Braziliense

Secretário Rafael Parente lançou projeto de combate à violência

Por Mariana Machado-correio Braziliense - 30/05/2019 - 05:44:29

“Eu estava atrás da escola com uma amiga. A gente ia para casa quando um cara de bicicleta chegou e mandou entregar o celular. Ele tinha uma arma no cós da calça, acho que uma faca.” O relato é de uma aluna do 7º ano do Centro de Ensino Fundamental (CEF) 25 de Ceilândia. O roubo aconteceu na terça-feira, por volta do meio-dia. Cenas como essa são recorrentes nos arredores da unidade de ensino.

Para reforçar a segurança, ontem, a Secretaria de Educação lançou a bandeira Educação para a Paz, que altera o regimento escolar. Com isso, o comportamento do aluno passa a ter influência direta no boletim. A cada advertência, ele perde pontos e, quando é elogiado, ganha. O regimento deve ser publicado no Diário Oficial do Distrito Federal até sexta-feira e passará a valer de imediato.

A pasta também anunciou um conjunto de medidas, que incluem o investimento de R$ 28,7 mil para compra de 16 câmeras de vigilância por escola. Até o fim do ano que vem, todos os Centros de Ensino Médio (CEM), Centros Educacionais (CED) e Centros de Ensino Fundamental (CEF) deverão ter os equipamentos instalados nas áreas externas. A Polícia Militar escalou mais 180 oficiais para integrar o Batalhão Escolar. Para a mãe da adolescente assaltada na porta da escola, a novidade é bem-vinda. “Eu levo minha filha para a aula, no caminho do trabalho, mas, na saída, não tem como. Então, eu apoio esse reforço no policiamento.”

O Sindicato dos Professores (Sinpro), no entanto, faz críticas. “Professores, conselho escolar e alunos não foram consultados para participar do processo de construção”, afirma o diretor do sindicato Samuel Fernandes. “As escolas precisam ser melhoradas de uma forma geral, com a contratação de orientadores educacionais. São eles que fazem a mediação e prevenção de conflitos”, argumenta.

De acordo com o chefe da pasta, Rafael Parente, o novo regimento é uma forma de mostrar aos estudantes que atitudes erradas têm consequências. “A segurança é a maior preocupação de pais e alunos. Armas e drogas nas escolas não serão mais tolerados”, afirma. Para o relator do projeto no Conselho de Educação do DF, Luis Claudio Megiorin, presidente da Associação de Pais e Alunos das Instituições de Ensino do DF (Aspa), trata-se de uma atitude prática. “Chega de muitas ações só educativas sem algo efetivo. Hoje, temos real risco dentro das escolas”, declara.


Controle de acesso


Um sistema desenvolvido por dois professores do CED 6 do Gama faz parte do novo pacote de ações da Educação. Até o fim de 2020, todos os CEM, CEF e CED terão equipamentos para controle de acesso. Os alunos receberão carteirinhas com códigos de barra para passar em um leitor ótico ao entrar e sair do colégio. Imediatamente, os pais receberão, nos celulares, notificações sobre a circulação dos estudantes.

O investimento será de R$ 2.610 por escola. “Com isso, criamos mecanismo de proteção ao estudante e municia o gestor para resolver problemas mais rapidamente”, explica o professor de física Hugo Alves Dutra, 38, um dos desenvolvedores do projeto.

Comentários para "Novo regimento para reforçar a segurança na rede pública de educação em Brasília":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório
Últimas Notícias
PF mira grupo que fez 245 saques para desviar recursos do Fundeb e do SUS em AL

PF mira grupo que fez 245 saques para desviar recursos do Fundeb e do SUS em AL

Saiba como identificar os recenseadores do IBGE

Saiba como identificar os recenseadores do IBGE

Margareth Dalcolmo é eleita para integrar a Academia Nacional de Medicina

Margareth Dalcolmo é eleita para integrar a Academia Nacional de Medicina

Dia Internacional da Juventude busca pontes com outras faixas etárias

Dia Internacional da Juventude busca pontes com outras faixas etárias

Ato na UnB marca leitura de carta em defesa da democracia e do sistema eleitoral

Ato na UnB marca leitura de carta em defesa da democracia e do sistema eleitoral

Em Brasília, estudantes vão às ruas em protesto contra o governo Bolsonaro

Em Brasília, estudantes vão às ruas em protesto contra o governo Bolsonaro

Casas sustentáveis: Entenda como esse modelo de residência gera economia

Casas sustentáveis: Entenda como esse modelo de residência gera economia

Trabalho remoto é o futuro na área da tecnologia

Trabalho remoto é o futuro na área da tecnologia

Alexandre diz que atos por democracia reforçam 'orgulho do sistema eleitoral'

Alexandre diz que atos por democracia reforçam 'orgulho do sistema eleitoral'

Celso de Mello: Manifesto representa 'severa advertência ao presidente Bolsonaro'

Celso de Mello: Manifesto representa 'severa advertência ao presidente Bolsonaro'

"Carta bate com o que faço aqui", diz professor que levou documento para Londres

Jovens ainda sofrem com recuperação lenta do mercado de trabalho, diz OIT

Jovens ainda sofrem com recuperação lenta do mercado de trabalho, diz OIT

José Carlos Dias destaca união do capital e trabalho e lê carta da Fiesp

José Carlos Dias destaca união do capital e trabalho e lê carta da Fiesp

Ação contra fraude notifica cinco postos de combustível no DF

Ação contra fraude notifica cinco postos de combustível no DF

Saiba o que são e como preparar as PANCs, plantas alimentícias não convencionais

Saiba o que são e como preparar as PANCs, plantas alimentícias não convencionais

Alvaro Vargas Llosa: 'O idiota latino-americano se reinventou'

Alvaro Vargas Llosa: 'O idiota latino-americano se reinventou'

'Os manifestos geram poder para a resistência', afirma Celso Lafer

'Os manifestos geram poder para a resistência', afirma Celso Lafer

No DF, políticos e militantes de esquerda têm sido vítimas de violência nas ruas

No DF, políticos e militantes de esquerda têm sido vítimas de violência nas ruas

DF é condenado a indenizar aluno que sofreu reação alérgica após ingerir alimento

DF é condenado a indenizar aluno que sofreu reação alérgica após ingerir alimento

MPDFT apoia criação de Frente Nacional de Combate a Cartéis

MPDFT apoia criação de Frente Nacional de Combate a Cartéis

Deputados distritais derrubam veto e demitidos da CEB recuperam emprego

Deputados distritais derrubam veto e demitidos da CEB recuperam emprego