×
ContextoExato
Responsive image

O DF é a primeira unidade da federação a ter um sandbox

O DF é a primeira unidade da federação a ter um sandboxFoto: CorreioWeb

Base do governo desarticulada

Ana Maria Campos - Correioweb - 05/08/2020 - 08:00:52

A Câmara Legislativa derrubou o veto do GDF ao projeto de autoria da deputada Júlia Lucy (Novo), que permite a criação de áreas em que novas empresas possam se estabelecer de forma experimental, sem se submeterem a regulamentações que restrinjam seu funcionamento. Essas áreas são chamadas de sandbox. Com a nova lei, empresas poderão, em certos locais, testar produtos e serviços em um ambiente de mercado, sem, por exemplo, precisar de alvará e regras para horário de funcionamento. Para conseguir o benefício, a empresa deverá solicitar a autorização temporária ao Governo para o desenvolvimento experimental, para a realização de pesquisas aplicadas ou pesquisas básicas orientadas que possibilitem a criação de novos materiais, produtos, sistemas, dispositivos e serviços. “Nessas áreas, atividades econômicas de baixo risco poderão funcionar sem amarras burocráticas que geram tantos entraves à economia”, defende Júlia Lucy. Trata-se de uma iniciativa pioneira em todo o país. A ideia que esse local seja no Setor Comercial Sul e o GDF discute internamente se leva para o Biotic.

Base do governo desarticulada

A sessão de ontem da Câmara Legislativa mostrou que há um buraco na articulação do Executivo com a Câmara Legislativa. Houve muitas críticas a projetos do governo e pouca gente para defender iniciativas como a volta às aulas em meio à pandemia e a privatização dos estacionamentos em quadras residenciais e comerciais do DF.

Siga o dinheiro

R$ 331 milhões

Foi o montante autorizado para destinação do programa de enfrentamento à covid-19, segundo levantamento do gabinete do deputado Chico Vigilante (PT). Desse montante, R$ 235 milhões foram empenhados e R$ 68 milhões, liquidados. O total destinado representa cerca de 10% dos recursos previstos no Fundo de Saúde do DF, que, para este ano, representam R$ 3,7 bilhões.

 (Minervino Júnior/CB/D.A Press)

Contra o tabu

Projeto da deputada distrital Arlete Sampaio (PT) prevê a distribuição gratuita de absorventes em escolas e em Unidades Básicas de Saúde para mulheres em situação de vulnerabilidade e estudantes da rede pública no Distrito Federal. De acordo com a proposta, protocolada ontem, o GDF deverá garantir esses cuidados. Para Arlete, é preciso combater o tabu em torno do tema, o que leva muitas estudantes a abandonarem as escolas quando começa o período menstrual.

 (Breno Fortes/CB/D.A Press)

Sobradinho e Lago Sul têm mais casos de coronavírus

Ceilândia ainda é a cidade com mais casos de contaminação e mortes por covid-19. São 14.119 contaminados, segundo boletim de ontem da Secretaria de Saúde, e 316 óbitos. Mas as maiores incidências, considerando-se a proporção de doentes em relação à população ocorrem em Sobradinho (foto) e Lago Sul, com, respectivamente 5.824,49 e 5.313,32 a cada cem mil habitantes.

Recuperados

Segundo dados da Codeplan, divulgados pela CBN, Ceilândia, Plano Piloto e Taguatinga tiveram os melhores desempenhos na recuperação. Em Ceilândia, 80,3% estão curados. No Plano Piloto, são 76,7%. Já em Taguatinga, foram 78,3%.

 (Ed Alves/CB/D.A Press)

Mais um caso da covid-19

Policial Militar do DF, o ministro-chefe da Secretaria-geral da Presidência da República, Jorge de Oliveira, é mais um componente da equipe de Jair Bolsonaro contaminado com covid-19. É o oitavo caso no ministério, sem contar o próprio presidente e a primeira-dama, Michele Bolsonaro, além de 23 integrantes da comitiva presidencial que viajou aos Estados Unidos em março, que também foram contaminados com o novo coronavírus. São números para as estatísticas do Distrito Federal. Felizmente todos se recuperaram.


Só papos

 (Marcelo Ferreira/CB/D.A Press)

“Nosso maior problema é que a centro-direita não demonstra nenhum compromisso com a justiça social e nem mesmo com a democracia. Estão à vontade com um extremista chucro no poder”

Ex-prefeito de São Paulo Fernando Haddad, candidato do PT à Presidência em 2018

 (Vinicius Cardoso/Esp. CB/D.A Press)


“Problema mesmo é a hipocrisia da quadrilha petista que acusa os outros de não terem compromisso com a democracia enquanto faz live com ditadores. Ninguém cai nesse papo, não. O PT governou na base da ditadura da propina”

Deputado federal Kim Kataguiri (DEM-SP)

Comentários para "O DF é a primeira unidade da federação a ter um sandbox":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório