×
ContextoExato
Responsive image

Olímpio: “Traidor, Bolsonaro defendeu o filho bandido na CPI da Lava Toga”

Olímpio: “Traidor, Bolsonaro defendeu o filho bandido na CPI da Lava Toga”Foto: Portal 247

“Eu não gosto de ladrão. Para mim ladrão de esquerda é ladrão. De direita, é ladrão

Tacio Lorran Metrópoles - 26/05/2020 - 15:37:13

O senador Major Olímpio (PSL-SP) não vai mais disputar cargos políticos após o seu mandato de parlamentar se encerrar. O anúncio foi feito por meio de um áudio divulgado no WhatsApp, obtido pelo Metrópoles.

Olímpio se disse “enojado com a política”. Ele chamou o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) de traidor por tentar defender “filho bandido”, em referência a Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ).

“Eu não gosto de ladrão. Para mim ladrão de esquerda é ladrão. De direita, é ladrão. Se for filho do presidente ladrão roubando junto com o presidente, eu vou dizer”, disse.

O senador contou que Bolsonaro brigou com ele pois “não queria que eu assinasse a CPI da Lava Toga do STF para proteger filho bandido”. A comissão foi arquivada por falta de votos necessários .

Por fim, o senador criticou a negociação do presidente da República com o chamado “Centrão”. Ele pontuou, em seguida, que o “major não é traíra”, mas sim o “próprio Bolsonaro”.

“Eu estou tão enojado com a política, do que eu vi, do que eu senti, do que não estou concordando, que eu não quero mais disputar eleição para nada. […] Quem está traindo, tropeçando nas palavras, é o próprio Bolsonaro”, completou.

Comentários para "Olímpio: “Traidor, Bolsonaro defendeu o filho bandido na CPI da Lava Toga”":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório