×
ContextoExato

Contexto Exato

Brasil - Brasília - Distrito Federal - 27 de outubro de 2021

OMS lança recomendações sobre certificados digitais da Covid-19

OMS lança recomendações sobre certificados digitais da Covid-19Foto: ONU News/ Elizabeth Scaffidi

OMS lembra que pessoas sem smartphones não podem ser excluídas

Agência Onu News De Noticias - 31/08/2021 - 16:35:58

Agência da ONU destaca que pessoas sem smartphones ou computador não podem ser deixadas de lado; Organização Mundial da Saúde é contra a exigência de provas de que a pessoa foi vacinada para para poder viajar.

A Organização Mundial da Saúde, OMS, está divulgando orientações sobre os certificados digitais da Covid-19. Neste tipo de arquivo eletrônico, podem ser registradas várias informações: se a pessoa já teve a doença e há quanto tempo se recuperou; se o resultado de um teste de Covid-19 foi negativo ou se a pessoa já foi vacinada contra o coronavírus.

Homem de 76 anos mostra seu cartão de vacinação após receber a vacina de Covid-19 em Gana

Unicef/Francis Kokoroko

Homem de 76 anos mostra seu cartão de vacinação após receber a vacina de Covid-19 em Gana

Segundo a OMS, certificados de vacinação não são algo novo e os documentos digitais podem ser utilizados da mesma maneira do que os registros em papel. A agência destaca que as cadernetas de vacinação de papel podem ser danificadas, perdidas e existe maior risco de fraude.

Evitar a exclusão digital

Ao mesmo tempo, a agência defende que os certificados digitais não podem excluir as pessoas que não têm um smartphone ou um computador.

A sugestão da OMS é a criação de um elo entre as opções de papel e eletrônica, com um código de barras impresso na caderneta de vacinação, por exemplo.

Além disso, a agência deixa claro que não apoia a exigência de uma prova de vacinação contra a Covid-19 para as pessoas que vão viajar.

Duas jovens aguardam para serem vacinadas em Cabo Verde

UN Cabo Verde

Duas jovens aguardam para serem vacinadas em Cabo Verde

Turismo

Em algumas situações, a OMS considera ser necessário que países obtenham informações sobre a vacinação, para evitar que os viajantes tenham que fazer quarentena ou um teste de Covid na chegada ao país.

Mas para a OMS, este não deve ser o objetivo principal dos certificados digitais de vacinação da Covid-19. A agência lançou um guia para os países sobre recomendações técnicas para a emissão desses documentos eletrônicos.

Segundo a OMS, os Estados-membros precisam ser flexíveis e encontrar uma solução que leve em conta as necessidades diversas dos cidadãos ao redor do mundo. O conteúdo do guia é útil tanto para os países que já disponibilizam os certificados digitais, quanto para as nações que estão desenvolvendo esse tipo de sistema.

Assista também a este trecho da entrevista com a vice-diretora de Vacinação da OMS, Mariângela Simão:

Comentários para "OMS lança recomendações sobre certificados digitais da Covid-19":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório
Golpe de Estado no Sudão: Premiê é liberado, Alemanha deixará de prestar ajuda ao país africano

Golpe de Estado no Sudão: Premiê é liberado, Alemanha deixará de prestar ajuda ao país africano

China diz que Taiwan não tem 'direito nenhum de se juntar às Nações Unidas'

Biden será 1º presidente dos EUA a participar da cúpula da ASEAN em 4 anos

Biden será 1º presidente dos EUA a participar da cúpula da ASEAN em 4 anos

Erdogan muda de ideia quanto a expulsão de embaixadores após escândalo diplomático

Ministério Público da Argentina recomenda suspensão de trigo transgênico discutido no Brasil

Ministério Público da Argentina recomenda suspensão de trigo transgênico discutido no Brasil

Iniciativas tentam barrar o trigo transgênico no Brasil e na Argentina; trigo HB4 já é cultivado em cinco províncias do país vizinho.

China vai defender paz mundial, diz presidente Xi no aniversário do retorno à ONU

China vai defender paz mundial, diz presidente Xi no aniversário do retorno à ONU

Ministros e líderes partidários são detidos no Sudão

Rússia bate novo recorde de mortes por Covid-19

Rússia bate novo recorde de mortes por Covid-19

A Rússia foi o primeiro país do mundo a autorizar uma vacina contra covid-19 com o lançamento do Sputnik V em agosto de 2020

Moscou adotará medidas de lockdown para conter alta da Covid-19

Moscou adotará medidas de lockdown para conter alta da Covid-19

Regras entram em vigor a partir do dia 28

130ª Feira de Cantão: China continua a abertura e compartilha oportunidades com o mundo

130ª Feira de Cantão: China continua a abertura e compartilha oportunidades com o mundo

Em sua carta, Xi observou que a feira fez contribuições significativas para facilitar o comércio internacional, o intercâmbio externo-interno e o desenvolvimento econômico desde sua criação em 1957

Paraguai reforça segurança na fronteira com Brasil

Paraguai reforça segurança na fronteira com Brasil

Congressistas americanos pedem recuo na relação com Brasil

Desenvolvimento é a força motriz da erradicação da pobreza na China

Desenvolvimento é a força motriz da erradicação da pobreza na China

Entre 1990 e 2010, no contexto da arrancada industrial, proporção de população pobre chinesa passou de 66,3% para 11,2%, de acordo com o Banco Mundial

China emite selos comemorativos da COP15

China emite selos comemorativos da COP15

Foto tirada em 11 de outubro de 2021 mostra os detalhes de um selo comemorativo para a 15ª reunião da Conferência das Partes da Convenção das Nações Unidas sobre Diversidade Biológica (COP15) realizada em Kunming, Província de Yunnan, sudoeste da China.

ONG austríaca denuncia Jair Bolsonaro a tribunal internacional por 'crimes contra a humanidade'

ONG austríaca denuncia Jair Bolsonaro a tribunal internacional por 'crimes contra a humanidade'

O tribunal não tem obrigação de julgar todos os casos apresentados.