×
ContextoExato

Brasil - Brasília - Distrito Federal - 17 de novembro de 2018


ONU apoia projetos do setor privado para promover desenvolvimento sustentável

ONU apoia projetos do setor privado para promover desenvolvimento sustentável

Foz do Mazagão Velho, no Amapá, onde a UNESCO e o Fundo Vale promovem a pesca sustentável.

Da Assessoria De Imprensa / Da Onu - Br / Foto: Unesco / Fundo Vale / Milena Argenta - 08/11/2018 - 09:49:38

Projetos apoiados pela ONU fazem parte de uma nova publicação sobre o que o setor privado do Brasil tem feito pelo desenvolvimento sustentável. Elaborado pelo Pacto Global das Nações Unidas, o documento reúne 19 iniciativas empresariais em áreas como água e saneamento, educação, comunicação, florestas, clima e agronegócio. Entre as estratégias, está um  programa da UNESCO e do Fundo Vale para promover a pesca responsável na costa amazônica.

A inciativa PeSCA visa melhorar a renda e a qualidade de vida de pescadores de 30 comunidades do litoral do Pará, Maranhão e Amapá. Outro objetivo é garantir que a cadeia produtiva dos recursos pesqueiros locais seja responsável do ponto de vista ecológico, econômico e social.

Uma das ações do projeto foi a capacitação técnica dos pescadores, a fim de ensiná-los a negociar o valor do pescado de forma sustentável. O programa também produziu duas análises de cada estado, com base em pesquisas de campo na região: o Diagnóstico Sociocultural, Econômico e Ambiental e o Diagnóstico das Cadeias Produtivas.

Outra frente de atuação do PeSCA foi a juventude, por meio da iniciativa “Jovens Protagonistas na Sustentabilidade”. O subprojeto promove o engajamento de adolescentes das comunidades que, em muitos casos, são filhos de pescadores.

Todo o programa foi elaborado coletivamente, com o envolvimento direto de representantes do governo federal, das autoridades do Pará, Amapá e Maranhão, de prefeituras, universidades, institutos de pesquisa, ONGs, lideranças comunitárias e pescadores.

PNUD
Outra iniciativa incluída na publicação do Pacto Global é o Projeto Oeste 2030: Cooperação para o Desenvolvimento Sustentável. Fruto de uma parceria entre a Itaipu Binacional e o Programa da ONU para o Desenvolvimento (PNUD), essa estratégia difunde os Objetivos Globais das Nações Unidas em 54 municípios do oeste do Paraná. A proposta é estimular a atuação conjunta do setor público e privado e da sociedade civil em prol dessas metas.

O projeto do PNUD se estrutura em três eixos. O primeiro, Diálogos, cria espaços onde governo municipal, cidadãos e empresas podem se reunir e definir uma agenda de prioridades para a cidade, alinhada à Agenda 2030 da ONU. Ao longo de dois anos de existência do programa, já foram realizadas mais de 150 reuniões, com a participação de mais de 2 mil pessoas.

O segundo eixo, Avaliação e Monitoramento, consiste em criar ferramentas para as discussões e para a elaboração de projetos e políticas públicas. Como resultado das atividades realizadas nesse segmento, foi criada a plataforma Oeste 2030, que deve disponibilizar para os municípios mais de 60 indicadores sobre os Objetivos Globais. O terceiro, previsto para 2019, é o eixo de Formação, que vai formar gestores e líderes locais na utilização desse e outros instrumentos.

Acesse a publicação do Pacto Global na íntegra clicando aqui  (em português).

Comentários para "ONU apoia projetos do setor privado para promover desenvolvimento sustentável":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório