×
ContextoExato

Brasil - Brasília - Distrito Federal - 23 de outubro de 2018


ONU elogia decisão de reabrir fronteira do Brasil a venezuelanos

ONU elogia decisão de reabrir fronteira do Brasil a venezuelanos

Venezuelanos abrigados em praça em Boa Vista são realocados para abrigos com ajuda do Acnur

Da Assessoria De Imprensa / Da Onu News / Foto: Acnur / Reynesson Damasceno - 08/08/2018 - 09:28:15

Passagem havia sido temporariamente fechada, por liminar da justiça em Roraima; desde 2017, Brasil já recebeu mais de 52 mil venezuelanos; porta-voz do Acnur, William Spindler, disse decisão é aplaudida pelo Agência da ONU para Refugiados, Acnur;

As Nações Unidas saudaram a decisão do Poder Judiciário, no Brasil, de ordenar a reabertura da fronteira do país com a Venezuela.

Segundo agências de notícias, a passagem havia sido fechada, na segunda-feira, por decisão de uma liminar de um juiz federal no estado de Roraima. A medida foi enviada ao Superior Tribunal Federal e revertida, na manhã desta terça-feira, pelo Tribunal Regional Federal, da Primeira Região, TRF-1. 

Apoio

De Genebra, o porta-voz da Agência da ONU para Refugiados, Acnur, disse que a decisão foi acertada.

William Spindler explicou que até o momento o Brasil tem mantido suas fronteiras abertas, de forma generosa, a milhares de venezuelanos que estão chegando ao país por causa da situação em que se encontra a Venezuela.

O porta-voz disse ainda que é fundamental que o Brasil continue recebendo o apoio para abrigar os venezuelanos, que neste momento precisam da ajuda internacional.

Uma equipe do Acnur está na cidade fronteiriça de Pacaraima monitorando a situação após o fechamento temporário.

Solicitação

Durante o encerramento, cerca de 210 venezuelanos não conseguiram terminar a solicitação de asilo, mas tampouco foram deportados.

De acordo com o Acnur, mais de 52 mil venezuelanos entraram no Brasil desde 2017 por causa da crise político-econômica em seu país. Estima-se que pelo menos 40 mil tenham ingressado no Brasil pelo estado de Roraima, que faz fronteira com a Venezuela.

Com a chegada dos venezuelanos, autoridades locais declararam um estado de emergência por causa da pressão sobre a infraestrutura da cidade.

No início do ano, o Acnur pediu US$ 46 milhões a doadores para implementar seu plano de resposta regional para os venezuelanos nos países de acolhida, como o Brasil.

O Acnur informa que dos 52 mil venezuelanos que entraram no Brasil, quase metade pediu solicitação de refúgio.

Comentários para "ONU elogia decisão de reabrir fronteira do Brasil a venezuelanos":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório