×
ContextoExato
Responsive image

Orquestra Sinfônica do Teatro Nacional rege janeiro de música húngara, jazz e ópera

Orquestra Sinfônica do Teatro Nacional rege janeiro de música húngara, jazz e óperaFoto: Facebook

Canal no YouTube da OSTNCS apresenta concertos inesquecíveis. A programação ocorre às 20h, sempre às terças-feiras

Agência Brasília* | Edição: Freddy Charlson - 12/01/2021 - 17:07:10

A Orquestra Sinfônica do Teatro Nacional Claudio Santoro (OSTNCS) relembra, em janeiro, no seu canal no YouTube, a sofisticada combinação de jazz e ópera na apresentação do Corpo Sinfônico em 2016, quando teve a participação do pianista holandês Mike del Ferro. Há, também, um tributo à música húngara. A programação ocorre às 20h, sempre às terças-feiras.

“Representantes máximos da música erudita húngara, Zoltán Kodály e Béla Bartók – assim como Heitor Villa-Lobos fez no Brasil – dedicaram-se a explorar a música folclórica em seu país e inserir esses elementos em suas composições produzindo obras de caráter nacionalista e de identidade própria”, explica o regente da OSTNCS, Claudio Cohen.

Virtuose holandesa

Sobre o pianista holandês Mike del Ferro, um dos principais instrumentistas de jazz da atualidade, Cohen diz: “Nesse concerto, no qual o tema é Jazz Meets Opera , ele faz junções de temas populares com clássicos, como, por exemplo, a ópera Carmen, de Bizet”.

Ouvido pela reportagem da Secretaria de Cultura e Economia Criativa (Secec), Mike del Ferro disse que sua experiência com os músicos clássicos brasilienses foi “muito boa”. “O concerto Jazz Meets Opera demanda dos músicos sólida habilidade rítmica, incomum na Europa e presente no Brasil em razão da riqueza da herança musical do país. Fiquei impressionado com a qualidade da orquestra”, afirmou o também compositor e arranjador que começou a tocar aos 9 anos e cujo pai, Leonardo del Ferro (1921-1992), cantou e gravou com a soprano grega Maria Callas (1923-1977) na década de 1950.

Experiência

Há 35 anos como músico da orquestra, o contrabaixista Alex Queiroz fala sobre a experiência de tocar com o pianista holandês: “Esse encontro se faz na expansão das fronteiras da criatividade, ali acontece a mistura dos elementos de estilos tão distintos… Isso traz à cena a formação jazzística do trio piano, baixo e bateria, acompanhado por uma orquestra sinfônica. O resultado é um ambiente mais descontraído, pela liberdade que o jazz permite”, explica.

“A OSTNCS inicia a temporada de janeiro em seu canal virtual, mostrando um pouco da interação com outras nações, por meio de seus concertos internacionais, atuando do erudito ao popular. Convido os apreciadores da boa música a prestigiar, nesta terça-feira (12), mais uma de nossas apresentações memoráveis”, arremata o maestro Cohen.

Programação de janeiro:

Canal do YouTube da OSTNCS, às 20h

Dia 12

Zoltán Kodály – Danças de Galanta

Béla Bartók – concerto no. 1 para violino e Orquestra

Solista Antal Zalai (violino)

(Cine Brasília 24/10/2017)

Dia 19

Karl Goldmark – Concerto para violino e Orquestra

Solista Antal Zalai (violino)

(Cine Brasília 24/10/2017)

Dia 26

Pianista Mike Del Ferro e OSTNCS em concerto ( Jazz meets opera )

(Teatro Pedro Calmon 08/03/2016).


*Com informações da Secretaria de Cultura e Economia Criativa

Comentários para "Orquestra Sinfônica do Teatro Nacional rege janeiro de música húngara, jazz e ópera":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório